EUA não estiveram envolvidos no golpe na Turquia, “ponto final”

Sedat Suna / EPA

Golpe de estado militar em curso na Turquia - população protesta contra o Golpe

População em protesto contra o recente Golpe de Etsado na Turquia

O embaixador dos Estados Unidos na Turquia assegurou que o seu país não teve qualquer papel na tentativa de golpe do mês passado e disse-se exasperado com as persistentes acusações contra Washington, noticiou hoje a imprensa turca.

John Bass disse estar “profundamente perturbado e ofendido pelas acusações” contra os Estados Unidos desde a tentativa de golpe de 15 de julho, noticiou na sua edição online o jornal Hurriyet, que participou, como outros ‘media’, na conferência de imprensa do embaixador, na sexta-feira em Istambul.

“Apenas quero voltar a dizer, como já disse e como foi dito por Washington, que o governo dos Estados Unidos não planeou, dirigiu, apoiou ou teve qualquer conhecimento prévio de quaisquer atividades que tenham ocorrido na noite de 15 para 16 de julho”, disse.

John Bass acrescentou estar “profundamente perturbado e ofendido com as acusações” contra o seu país.

A Turquia atribuiu a tentativa de golpe ao clérigo exilado nos Estados Unidos Fethullah Gulen e advertiu Washington de que as relações diplomáticas serão afetadas se Washington recusar extraditá-lo.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, também descreveu a tentativa de golpe como “um enredo escrito no estrangeiro”, referindo-se a um envolvimento de países estrangeiros.

Poucos dias depois do golpe, o ministro do Trabalho turco, Suleyman Soylu, foi mais longe e afirmou que “os Estados Unidos estão por trás do golpe”.

Já esta semana, um antigo chefe do Estado-Maior do Exército, Ilker Basbug, disse que a CIA, Agência Central de Informações norte-americana, também esteve por trás da tentativa de golpe.

“Francamente, se tivéssemos sabido, teríamos dito imediatamente ao governo turco”, disse o embaixador.

Os Estados Unidos querem uma Turquia “forte, próspera, democrática e confiante”, prosseguiu.

“Quem pensar que os Estados Unidos beneficiam de alguma forma de uma Turquia dividida e desestabilizada está a fazer uma leitura profundamente errada da história”, concluiu o embaixador.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A “catarse” operada por Erdogan, presidente turco, foi de tal dimensão que não deixa dúvidas a ninguém dos propósitos, dos atuais ocupantes do poder. Como é possível, num curto espaço de tempo, deter/prender tanta gente que, na maioria, obedeciam a ordens da hierarquia, nos vários sectores, quer militar, quer sociedade civil, estava tudo premeditado para, sob a capa da democracia, instalar de facto, o poder do ditador e seus seguidores. A União Europeia, os seus líderes, não podem tolerar o que se está a passar na Turquia, este país, com a atual “liderança” não pode integrar a UE aliás, a arrogância de Erdogan, não merece o respeito de uma Europa de valores, democrática e livre. ACORDEM líderes europeus se é que a Europa ainda tem líderes para dizer ao sr. Erdogan, BASTA!!!!!!!

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …