Estados Unidos ameaçam Europa com mais taxas alfandegárias

David Maxwell / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Esta segunda-feira, os Estados Unidos ameaçaram penalizar com taxas alfandegárias mais elevadas 11 mil milhões de dólares de importações provenientes da União Europeia.

Numa retaliação ao que Washington diz serem os apoios públicos ilegais dados pela Europa à construtora aeronáutica Airbus, os Estados Unidos ameaçaram, esta segunda-feira à noite, penalizar com taxas alfandegárias mais elevadas 11 mil milhões de dólares de importações provenientes da União Europeia.

O anúncio foi feito na véspera de um encontro de alto nível em Bruxelas entre a União Europeia e a China, em que o comércio internacional será o tema em cima da mesa, com os mercados ainda à espera que a China e os Estados Unidos cheguem a um acordo que reduza o risco de uma guerra comercial.

Robert Lighthizer, representante norte-americano para o comércio internacional, anunciou que irá dar início a um processo na Organização Mundial do Comércio contra a União Europeia de retaliação contra as ajudas públicas dadas à Airbus e que causaram “efeitos adversos aos Estados Unidos”.

Na lista de produtos que constituem 11 mil milhões de dólares das importações norte-americanas provenientes da União Europeia estão bens relacionados com a indústria aeroespacial (aviões, helicópteros e suas componentes) e diversos produtos alimentares (vinhos, azeites e queijos).

Segundo o Público, as discussões entre os EUA e a UE sobre as ajudas à indústria aeroespacial duram já há 14 anos. Os Estados Unidos queixam-se dos subsídios concedidos pelos países europeus à Airbus e a UE queixa-se das ajudas recebidas pela Boeing por via de benefícios fiscais nos EUA.

Ambas as partes abriram processos na Organização Mundial do Comércio, tendo-se vindo a assistir a longas discussões, sem que se tenha chegado a conclusões definitivas. Até hoje, altura em que, segundo Lighthizer, “chegou o tempo da ação”.

Segundo o representante, o objetivo dos EUA é “chegar a acordo com a UE“, acabando “com todos os subsídios inconsistentes com as regras da OMC”. “Quando a UE acabar com estes subsídios, as taxas alfandegárias adicionais impostas podem ser levantadas.”

Se estas sanções económicas avançarem, Portugal poderá vir a sr prejudicado, já que os Estados Unidos são o principal parceiro comercial português fora da União Europeia e o quinto a nível global, com as exportações nacionais a cresceram de 3,4 mil milhões de euros em 2013 para 4,66 mil milhões de euros em 2017, o que representa um aumento de 8,6% em cinco anos, adianta o Dinheiro Vivo.

As maiores empresas nacionais exportadoras para os EUA são a Amorim, Petróleos de Portugal, Bosch, Browning Viana, Continental, Hovione, IKEA Portugal, Navigator e Netsjets Transportes Aéreos. Entre os maiores investidores nacionais no mercado norte-americano estão a EDP Renováveis, Hovione, grupo Amorim, Portucel e o grupo Pestana.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Os Estados Unidos são o principal parceiro comercial português fora da União Europeia e o quinto a nível global, mas…onde está o dinheiro? A maioria das famílias portuguesas continua pobre! Às tantas não precisamos assim tanto dos Americanos como se possa pensar, afinal pobre é pobre, e Portugal irá continuar um dos Países mais pobres da Europa, não estou a ver isso mudar tão depressa pois é uma questão cultural.

  2. Venham lá essas taxas, ontem já era tarde. Assim pode ser que a UE Aprenda a não ser subserviente e cãozinho amestrado dos EUA. Está na altura de a UE romper de vez com os EUA, e pode inclusive dizer aos EUA que retire todos os militares e material de guerra da UE. ONtem já era tarde. Mas nós cidades eleitores europeus podemos acelerar a sua retirada ao votar nas europeias em partidos anti NATO. Eu voto.

RESPONDER

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …

PS propõe que independentes possam usar símbolos e siglas nas freguesias

A líder parlamentar do PS anunciou, este sábado, que o partido vai apresentar duas alterações à lei eleitoral autárquica através de um projeto de lei que deverá entrar no Parlamento na segunda-feira. Em declarações ao jornal …