Estudo garante que mais sexo não traz felicidade

Fazer mais sexo não torna as pessoas mais felizes, de acordo com um estudo da Carnegie Mellon University. A pesquisa defende que os habituais momentos a dois no quarto podem causar “falta de espontaneidade, romance e desejo”.

A equipa de cientistas pediu a 64 casais, com idades compreendidas entre os 36 e os 65 anos, para duplicarem a quantidade de sexo que faziam, enquanto controlavam um outro grupo de 64 casais que mantinham a mesma frequência de relações sexuais.

Depois, os casais responderam a perguntas online para medir comportamentos de saúde, níveis de felicidade e a ocorrência (tipo e prazer sexual). Os que tinham feito mais sexo do que o normal diziam que tinham perdido o desejo um pelo outro.

“Em vez de se focarem na frequência com que têm relações sexuais, os casais devem concentrar-se no ambiente que proporciona o desejo e que faz com que o sexo que praticam seja ainda melhor”, referiu Tamar Krishnamurti, investigador da universidade.

Já outro investigador, George Loewenstein disse que se fizesse outro estudo tomava medidas diferentes: “Se fizéssemos o estudo de novo, iríamos encorajar os indivíduos a adotar um estado de espírito mais sexual, em quartos de hotel ou com lençóis egípcios, em vez de direcioná-los para terem relações sexuais”.

Apesar dos resultados, Loewenstein, acredita “que a maioria dos casais têm pouco sexo” e que “o aumento só poderia ser benéfico”.

Move

PARTILHAR

RESPONDER

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade alemã

Um "rio" de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, nesta segunda-feira. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade que …

Formações rochosas ancestrais destruídas no Utah. Vandalismo ou fraude?

Misteriosos vídeos apareceram recentemente na Internet que mostram formações rochosas antigas protegidas no deserto do Utah a ser destruídas com explosivos. Os vídeos levantam mais perguntas do que dão respostas. Num primeiro, vê-se um arco rochoso …

Bruno de Carvalho foi a personalidade portuguesa mais pesquisada no Google em 2018

O futebol liderou as pesquisas no Google em 2018. Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, foi a personalidade portuguesa mais pesquisada. Entretanto, a palavra mais pesquisada por portugueses foi "Mundial". Destituído da liderança do Sporting e …

McDonalds vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem adaptar-se e tornar-se resistentes. Quando se trata de reduzir o …

Além de Amália e Eusébio, quem está afinal sepultado no Panteão Nacional?

Do fado de Amália Rodrigues ao espetáculo futebolístico de Eusébio, o Panteão Nacional é morada última de vários talentos nacionais, que marcaram a História de Portugal e levaram a imagem do país além fronteiras. Mas …

Espanha anuncia aumento do salário mínimo para 900 euros

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou a subida de 22% no salário mínimo - de 735,90 para 900 euros. Num discurso no parlamento espanhol, Pedro Sánchez sublinhou que a subida será de 22%, a maior desde …

Ex-advogado de Trump condenado a três anos de prisão

Michael Cohen, antigo advogado do Presidente norte-americano, foi esta quarta-feira condenado a três anos de prisão. Esta é a sentença mais pesada já atribuída nos processos saídos das investigações sobre as suspeitas de interferência da …

Demissão em bloco dos chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia

Os chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia, em Lisboa, consideram que houve "quebra do compromisso" feito pela instituição de contratar mais médicos. O anúncio, feito esta quarta-feira, refere que os médicos consideram que …

Lidl aumenta salário mínimo para 670 euros

O Lidl decidiu aumentar “para 670 euros o valor do ordenado de entrada” no primeiro ano na empresa, acima do salário mínimo nacional, que é de 600 euros. O Lidl Portugal anunciou esta terça-feira que …

Sindicato dos estivadores prolonga greve até 2019

O Sindicato Nacional dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) vai avançar com o pré-aviso para que a greve às horas extraordinárias dos estivadores do Porto de Setúbal continue em 2019 por tempo indeterminado. A greve às …