Estudo em 68 doenças conclui que a homeopatia é eficaz em 0 delas

“A homeopatia é um beco-sem-saída terapêutico” declarou um cientista britânico, depois de ter feito uma análise sistemática na qual concluiu que o controverso tratamento não é mais eficaz do que placebos.

A conclusão foi tirada pelo professor Paul Glasziou, investigador da Universidade Bond, no Reino Unido, num estudo desenvolvido em conjunto com o Conselho de Saúde e Pesquisa Médica Nacional.

Na sua análise, o investigador analisou 176 estudos sobre homeopatia, para determinar a validade e eficácia dos respectivos tratamentos.

Num total de 57 revisões sistemáticas, feitas aos 176 estudos, e focando-se em 68 doenças diferentes, o professor Paul Glasziou não encontrou nenhuma prova de que a homeopatia fosse mais eficaz que o uso de placebos.

A homeopatia é uma medicina alternativa baseada na ideia de diluir substâncias em água.

De acordo com um overview do NHS, o sistema de saúde britânico, “os praticantes acreditam que quanto mais diluída uma substância for, maior o seu poder para tratar os sintomas” da doença.

“Muito remédios homeopáticos consistem em substâncias que foram diluídas muitas vezes em água até que não haja nada ou quase nada nela da substância original”, acrescenta o relatório.

No Reino Unido, dois hospitais do NHS fornecem tratamento homeopático.

Paul Glasziou concluiu agora também que “não há efeito discerníveis convincentes além do placebo” e que “não há prova confiável de pesquisas em humanos de que a homeopatia tenha sido eficaz para tratamento na gama de doenças considerada”.

Num artigo no blog do British Medical Journal, o cientista diz estar “aliviado por ter acabado a árdua jornada de recolher provas” de eficácia da homeopatia.

“Comecei esta jornada com uma atitude de eu não sei, curioso para saber se estes tratamentos poderiam funcionar…”, diz.

“Mas perdi o interesse depois de ver as 57 análises sistemáticas que continham 176 estudos individuais, que não encontraram nenhum efeito convincente discernível do placebo”, conclui Glasziou.

“Posso compreender porque é que Samuel Hahnemann, o fundador da homeopatia, estava insatisfeito com as práticas médicas do século 18, como sangrias e purgas, e porque motivo tentou encontrar uma alternativa melhor”, diz ainda o cientista.

“Mas acho que ele estaria agora muito desiludido com o fracasso colectivo da homeopatia, que em vez de seguir as suas inovadoras investigações, se encaminhou para um beco-sem-saída terapêutico”, considera o cientista.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Lixo espacial cadente iluminou os céus na Austrália

Na sexta-feira passada, pedaços de lixo espacial de um foguetão russo iluminaram os céus na Austrália. Os especialistas dividem-se na possibilidade de bocados dele caírem na Terra. Na sexta-feira passada, num final de tarde como tantos …

Cientistas criaram uma borracha que até rasga (mas concerta-se sozinha)

Investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, desenvolveram um novo tipo de borracha que consegue regenerar sozinha. A equipa de investigadores da universidade australiana criou um novo tipo de borracha e um catalisador que, em conjunto, podem …

Dez anos depois, voltou a ser avistado um guepardo do noroeste africano

Naturalistas na Argélia filmaram um guepardo do noroeste africano, uma subespécie listada na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como estando em "perigo crítico", pela primeira vez em dez anos. De acordo …

NASA dedica novo telescópio a Nancy Grace Roman, a "mãe" do Hubble

A NASA renomeou o telescópio Wide Field Infrared Probing Telescope (WFIRST) em homenagem a Nancy Grace Roman, a mãe do Hubble. A NASA batizou o seu telescópio espacial de última geração, atualmente em desenvolvimento, - o …

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …