Estivadores de Setúbal atrasaram a economia portuguesa

André Areias / Lusa

Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), as “ações sindicais no porto de Setúbal, em novembro e dezembro, restringiram as exportações de automóveis”.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) culpa os estivadores de Setúbal de atrasarem a economia portuguesa. Os protestos dos trabalhadores precários, em novembro e dezembro do ano passado, prejudicaram significativamente a exportação de automóveis. Essa diminuição de exportações traduziu-se num impacto negativo no crescimento do país.

No estudo sobre Portugal incluído no novo panorama sobre as economias desenvolvidas, divulgado esta terça-feira, a OCDE destaca que existem outros problemas no setor portuário que podem condicionar a atividade das empresas portuguesas e limitar o crescimento económico do país como um todo. Neste âmbito, sublinha os contratos de concessão demasiado longos a operadores privados.

Segundo a organização, a expansão das exportações portuguesas, o motor do crescimento nos últimos anos, deverá registar o pior momento da última década (desde 2009, quando cederam 10%), avançando uns meros 2,4% neste ano (há seis meses, a OCDE previa uma expansão de 4,3% nas vendas nacionais ao exterior).

Com o andamento das exportações a cair, adianta o Diário de Notícias, o crescimento da economia teve de ser revisto em baixa, de 2,1% para 1,8%. Em todo o caso, está em linha com a nova previsão do governo no Programa de Estabilidade (1,9%).

Apesar de afirmar que o crescimento das exportações deverá desacelerar devido ao abrandamento da atividade económica dos principais parceiros comerciais (Espanha e Alemanha), a OCDE identifica também problemas internos que atrapalham o comércio externo português.

“O crescimento das exportações abrandou no final de 2018, e tal foi, em parte, reflexo das ações sindicais levadas a cabo no porto de Setúbal, em novembro e dezembro, que restringiram temporariamente as exportações de automóveis”, realça.

As observações deste organismo surgem na véspera de mais uma reunião entre o Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) e os operadores portuários de Setúbal, para chegar a um acordo de contrato coletivo de trabalho que aumente os salários e garanta a integração efetiva dos precários que ainda subsistem.

As partes reúnem-se esta quarta-feira no escritório de advogados Macedo Vitorino & Associados, em Lisboa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Esses malandros!…
    Berardos, BPN, BES, PPP,s, privatizações manhosas, etc, etc – nada disso atrasou a economia portuguesa; os malandros dos estivadores é que estragaram tudo!…

RESPONDER

Extrema-direita recebida no parlamento entre o silêncio e o ataque frontal

A agência Lusa questionou diretamente nove dos partidos com assento parlamentar (PS, PSD, BE, PCP, CDS, PAN, CDS, PEV, Iniciativa Liberal e Livre) sobre se a entrada da extrema-direita na Assembleia da República, com o …

União Europeia anuncia 540 milhões para investir no "Nosso Oceano"

A União Europeia vai anunciar esta quarta-feira compromissos no valor de 540 milhões de euros para manter os oceanos limpos, assim como um mapa para acompanhar o que se faz nesse sentido, na abertura da …

Escócia e Gales querem eleições se houver adiamento do Brexit

Os chefes dos governos da Escócia e de Gales defenderam hoje eleições antecipadas no Reino Unido no caso de uma extensão do prazo de saída do país da União Europeia. “Quero que se realizem eleições gerais. …

Governo grego apresenta legislação mais restritiva do direito de asilo

O Governo grego enviou na terça-feira ao parlamento uma proposta de lei que endurece os procedimentos para concessão de asilo, reforça os poderes de detenção e acelera as deportações, noticiou a imprensa. A proposta, de 250 …

Libertadores. Jesus veta acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino

Escreve a imprensa brasileira que Jorge Jesus vetou o acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino que antecede o jogo com o Grémio para a Libertadores, que vai decidir um dos finalistas da competição. …

Caso do bebé sem rosto. Médico suspenso não viu que menina tinha duas vaginas, um rim e espinha bífida

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos suspendeu preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu, em Setúbal, com malformações graves. Entretanto, surgem novos dados sobre suspeitas atribuídas ao médico noutros …

Rede de imigração ilegal no SEF. Denúncias de corrupção eram antigas, mas ficaram na gaveta

A inspectora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que foi detida nesta semana, por pertencer alegadamente a uma rede de imigração ilegal, já tinha sido identificada num inquérito interno desta entidade, devido às mesmas …

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …