Estátua descoberta por exploradores nazis é feita de um meteorito

d.r. Elmar Buchner / BBC

Homem de Ferro, a estátua descoberta por uma expedição nazista, foi esculpida num meteorito.

Homem de Ferro, a estátua descoberta por uma expedição nazi, foi esculpida num meteorito.

Uma estátua antiga descoberta por uma expedição alemã na década de 1930 foi originalmente esculpida num meteorito raro, extremamente valioso.

Investigadores que analisaram recentemente a estatueta, com mais de mil anos, dizem que o objecto, que tem uma suástica no peito, é feito de uma forma rara de ferro com alto teor de níquel.

Os cientistas acreditam que o material seja uma parte do meteorito Chinga, que caiu na Terra há cerca de 15 mil anos.

A descoberta foi publicada no Journal Meteoritics and Planetary Science.

A estátua, de 24 centímetros de altura e 10 quilos, é chamada de Homem de Ferro.

Origem desconhecida

A história deste objecto de valor inestimável parece-se mais com a de um filme de Indiana Jones do que com uma pesquisa científica.

A estátua foi descoberta no Tibete em 1938 pelo cientista alemão Erns Schafer.

A expedição de Schafer tinha apoios dos nazis, em particular de Heinrich Himmler, o chefe da SS.

Himmler, dizem, acreditava que a raça ariana tinha tido origem no Tibete e gostava de recuperar objectos da região.

Levada para a Alemanha, a estátua tornou-se parte de uma colecção privada e ficou fora da vista do público até 2007, altura em que foi vendida a um coleccionador.

O novo dono procurou saber cientificamente as origens da sua aquisição e, para isso, procurou a opinião do perito Elmar Buchner, da Universidade de Estugarda.

“Tive a certeza absoluta de que era um meteorito assim que a vi, mesmo a dez metros de distância”, diz Buchner à BBC.

O indício, segundo Buchner, eram pequenas marcas semelhantes a impressões digitais causadas pela fusão do metal à superfície.

“É rico em níquel e em cobalto. Menos de 0,1% de todos os meteoritos e menos de 1% dos meteoritos de ferro são ataxites, que é o tipo mais raro de meteorito que se pode encontrar.”

Em muitas culturas, desde o início dos tempos que os meteoritos são um sinal de actividade divina. O antigo povo inuíte fabricava facas e jóias com meteoritos de ferro.

Mas identificar as suas origens exactas é, muitas vezes, extremamente difícil.

Os cientistas alemães e austríacos que trabalharam no Homem de Ferro com Buchner ficaram surpreendidos por poder situar a estátua num evento específico na história dos meteoritos.

Elmar Buchner / Universidade de Estugarda

Acredita-se que a estátua, com uma suástica no peito, retrata o deus Vaisravana

Acredita-se que a estátua, com uma suástica no peito, retrata o deus Vaisravana

Valor inestimável

Os investigadores acreditam que a estátua foi esculpida num pedaço do meteorito Chinga que caiu na fronteira da região da Sibéria oriental e da Mongólia há cerca de 15 mil anos.

Os escombros da queda só foram descobertos em 1913 por caçadores de ouro, mas o fragmento individual de que a estátua foi feita foi descoberto muitos séculos antes.

“Ficamos muito surpreendidos com o resultado”, disse Buchner. “Ok, é um meteorito, mas o que me surpreendeu foi que pudemos também constatar que era do Chinga”.

Acredita-se que a estátua retrata o deus Vaisravana. Os cientistas acreditam que pertence à cultura pré-budista Bon, que existiu na Ásia há cerca de mil anos.

“Se estivermos certo e a estátua tiver sido feita pela cultura Bon no século XXI, ela tem um valor absolutamente inestimável e é absolutamente única no mundo“, revela Buchner.

Nem a pessoa que esculpiu a peça nem os nazis tinham qualquer ideia de que o material era uma substância rara.

Para manter o elemento hollywoodesco da história, Buchner acrescenta que a estátua tem uma certa aura.

“É extremamente impressionante, antes era quase toda dourada. E isso representa um grande mistério.”

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …

Viseiras de Leiria despertam cobiça. Bélgica e EUA queriam comprar toda a produção

Várias empresas de moldes e plásticos da região de Leiria estão a fabricar viseiras de protecção contra a Covid-19. Uma adaptação em tempos de pandemia que está a levantar atenção no estrangeiro, com EUA e …

Apple vai começar a produzir um milhão de máscaras por semana

O presidente da Apple, Tim Cook, anunciou que a empresa poderá produzir um milhão de máscaras por semana a partir do próximo fim de semana. Tim Cook explicou, na sua conta da rede social Twitter, que …

Robert Weighton é o homem mais velho do mundo. Tem 112 anos

Com 112 anos completados no dia 29 de março, o britânico Robert Weighton tornou-se o homem mais velho do mundo. Robert Weighton nasceu no dia 29 de março de 1908, em Kingston-Upon-Hull, no Yorkshire. Ao longo …

ISEG prevê queda do PIB entre 4% e 8% em 2020

O Grupo de Análise Económica do instituto da Universidade de Lisboa revelou o intervalo indicativo de variação do PIB usando duas evoluções diferenciadas da crise, com duração mínima de dois meses. A economia portuguesa deverá ter …

Boris Johnson nos cuidados intensivos

O primeiro-ministro britânico, que está infetado com covid-19, foi transferido esta segunda-feira para os cuidados intensivos. Boris Johnson, que está infetado com covid-19, foi transferido esta segunda-feira para a unidade de cuidados intensivos, depois de …