Estar demasiado tempo sentado tira-nos anos de vida

Um novo estudo concluiu que estar muito tempo sentado reduz drasticamente a nossa longevidade. Para mudar isso, os investigadores sugerem que as pessoas se levantem de 30 em 30 minutos.

Diversos estudos já concluíram que estar sentado durante todo o dia é prejudicial à saúde. Infelizmente, essa é a realidade da maioria das pessoas, que têm profissões que as obrigam a isso mesmo.

Um novo estudo norte-americano, liderado pelo investigador Keith Diaz, do Departamento de Medicina da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, quis analisar a associação entre o sedentarismo e a mortalidade.

“Estudos anteriores sugeriram que os padrões sedentários, ou seja, se um indivíduo acumula tempo sentado através de vários períodos curtos ou menos longos de tempo, podem ter impacto na saúde”, explica.

Para explorar ainda mais essa teoria, Diaz e os seus colegas analisaram uma amostra de 7.895 adultos com mais de 45 anos. Os participantes faziam parte de uma investigação nacional sobre raça e influências regionais nos riscos de derrame.

De acordo com os dados obtidos, agora publicados na revista científica Annals of Internal Medicine, 77% dos participantes passavam mais de 12 horas por dia sentados. Ao longo de um período médio de acompanhamento de quatro anos, 340 pessoas morreram e a equipa calculou o risco de mortalidade para os diferentes padrões sedentários e o tempo sedentário total.

Os cientistas descobriram que havia um risco duas vezes maior de mortalidade em pessoas que eram mais sedentárias, isto é, que passavam mais de 13 horas por dia sentadas, e que se levantavam em períodos regulares de 60 a 90 minutos de cada vez, comparativamente com aqueles com o tempo menos sedentário.

Por sua vez, os participantes que se levantavam a cada 30 minutos, pelo menos, tinham o menor risco de morte.

“Se as pessoas têm um emprego ou estilo de vida no qual têm de estar sentadas durante longos períodos de tempo, sugerimos que façam uma pausa para se movimentarem a cada meia hora”, argumenta Diaz.

“Esta mudança de comportamento pode reduzir o risco de mortalidade, embora não possamos dizer com precisão qual é a quantidade de atividade ideal”, esclarece.

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …