Estado deixa de apoiar compra de carros elétricos acima de 60 mil euros

O Estado vai deixar de apoiar a compra de carros elétricos com um preço superior a 60 mil euros. Esta alteração vai constar nas novas regras de incentivos à introdução no consumo de veículos de baixas emissões.

No entender do Governo, ao avançar com este teto, quem compra um veículo 100% elétrico que custe mais do que 60 mil euros vai fazê-lo independentemente de ter ou não o apoio pecuniário do Estado, pelo que não se justifica o incentivo.

De acordo com o Público, no ano passado, o Estado apoiou a compra de 1170 novos veículos elétricos, gastando um total de 2,6 milhões de euros, através do Fundo Ambiental. Estes são valores superiores ao previsto inicialmente, já que se previa apoiar, no máximo, mil automóveis.

Segundo o jornal, o acréscimo acabou por ser suportado pelas verbas destinadas à aquisição de motociclos e ciclomotores, e cuja adesão, no primeiro ano em que foram também contemplados com este tipo de incentivo, ficou abaixo do previsto.

Os valores finais do Fundo Ambiental referentes ao ano passado mostram que foram entregues apenas 47 candidaturas de veículos de duas rodas, das quais 41 foram apoiadas, num total de 16 mil euros (nos motociclos e ciclomotores, o apoio do Fundo Ambiental corresponde a 20% do valor do veículo, até ao máximo de 400 euros).

Assim, a verba remanescente serviu para apoiar mais 170 automóveis. Mesmo com este apoio extra, ficaram de fora 322 candidaturas, que, segundo o Fundo Ambiental, “não chegaram a ser avaliadas por esgotamento da verba”.

A alteração das regras do incentivo à compra de carros elétricos surge numa altura de crescimento deste segmento: em 2018, foram vendidos 4073 destes veículos, o que representa um salto de 148% face ao ano anterior. Olhando para os 1170 carros cuja compra foi financiada, verifica-se que esse universo corresponde a quase um terço (29%) dos veículos vendidos em 2018.

Em 2017, a fasquia dos apoios tinha ficado abaixo do limite de 1000 automóveis. De acordo com os dados do Fundo Ambiental, nesse ano foram entregues 1266 candidaturas, das quais 976 foram validadas, o que correspondeu a uma verba total de 2,2 milhões de euros.

O Fundo Ambiental diz que, “considerando que cada veículo elétrico colocado em circulação substitui a 100% um veículo movido a combustão interna e que a utilização de cada veículo elétrico é de 20 mil quilómetros por ano”, a estimativa é a de que se evitem emissões de gases com efeitos de estufa que correspondem ao equivalente a 3513 toneladas de dióxido de carbono por ano.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …