Estado cobra mais 606 mil euros por dia em impostos sobre combustíveis

José Coelho / Lusa

Um agravamento na taxa de carbono, que integra o imposto sobre produtos petrolíferos, vai fazer com que o Estado encaixe mais 606 mil euros por dia.

Os valores são apresentados esta sexta-feira pelo Jornal de Notícias, apesar de o Governo não ter ainda publicado a portaria regulamentar que dá conta do agravamento.

De acordo com o matutino, os contribuintes portugueses estão a pagar, desde o primeiro dia de 2020, um agravamento da taxa de carbono, que integra os impostos sobre os produtos petrolíferos, entre os quais estão os combatíveis.

Com este aumento, o Estado passa a encaixar mais 606 mil euros por dia, montante ao qual se somam mais 49 mil euros em receita adicional de IVA, que incide da incorporação de biocombustível.

Segundo o JN, o agravamento afeta o preço final em cerca de sete cêntimos por litro, comparando os preços praticados no dia 6 de janeiro com os de 30 de dezembro.

O agravamento, já com impostos, resulta num aumento de 3,39 cêntimos no preço do gasóleo e de 3,12 cêntimos na gasolina. Também o aumento da incorporação de biocombustível vai passar a ser de 10% já este ano, aumentando também em 1,34 cêntimos no diesel e 1,8 cêntimos na gasolina.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. Um tiroteio, cujo presumível autor foi detido, fez hoje seis mortos e dois feridos graves em …

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …

Mortes nos Comandos. Recruta diz que colocaram um cateter em Hugo Abreu já depois de estar morto

Rodrigo Silvano, o último recruta no curso 127 de Comandos a sair da tenda de enfermaria onde morreu Hugo Abreu no primeiro dia da Prova Zero, relatou ao tribunal que viu o enfermeiro do INEM …