Descoberto esqueleto de mulher com 9900 anos numa caverna submersa do México

(dr) Eugenio Acévez

Investigadores descobriram o esqueleto de uma mulher, que parece ter sido espancada até à morte há 9900 anos, numa caverna submersa na Península de Iucatã, no México.

De acordo com o site Live Science, este esqueleto, descoberto em setembro de 2016, foi o terceiro a ser encontrado na caverna Chan Hol, em Quintana Roo, no México, e, por isso, foi designado Chan Hol 3.

Com base na análise feita aos restos mortais, os investigadores conseguiram perceber que a mulher tinha cerca de 1,64 metros de altura e aproximadamente 30 anos quando morreu.

O crânio apresenta três lesões distintas, indicando que a mulher foi atingida na cabeça com força, embora a equipa não consiga determinar com certeza se foi essa a causa da sua morte.

Além disso, o crânio tem deformações semelhantes a crateras, que parecem ter sido causadas por uma doença bacteriana relacionada à sífilis (o que a tornaria o caso mais antigo já conhecido dessa doença no continente americano). Porém, os cientistas consideram que estas deformações podem até ter sido causadas pela erosão na caverna (de notar que a caverna não estaria submersa quando a mulher morreu).

Tal como todos os outros crânios encontrados, a mulher tinha cáries nos dentes, o que sugere que este povo tinha uma dieta rica em açúcares, provavelmente provenientes de tubérculos, frutas, catos e mel.

(dr) Jerónimo Avilés Olguín

O esqueleto encontrado na caverna submersa no México está 30% completo

Segundo o mesmo site, uma análise craniana profunda de 452 crânios, de dez populações diferentes, mostra que os esqueletos antigos de Iucatã (incluindo o recém-descoberto) tinham crânios diferentes dos dos outros lugares.

Isto sugere que existiam dois grupos diferentes a viver, no final da Idade do Gelo, naquilo que é hoje o México. Em declarações ao Live Science, Wolfgang Stinnesbeck, investigador da Universidade de Heidelberg, na Alemanha, e autor principal do estudo publicado na PLOS One, afirma que “os colonos de Iucatã formaram um grupo isolado dos caçadores e coletores que povoavam o centro do país no final do Pleistoceno”.

“Os dois devem ter sido muito diferentes. Enquanto os indivíduos do centro do México eram altos, bons caçadores, com ferramentas de pedra elaboradas, o povo de Iucatã era pequeno e delicado e, até hoje, nenhuma ferramenta de pedra foi encontrada”, explica.

Relativamente ao esqueleto Chan Hol 3, os cientistas esperam, no futuro, realizar uma tomografia computadorizada ao crânio para identificar as lesões e confirmar se tinha, ou não, uma doença bacteriana.

“Realmente, parece que esta mulher passou por um momento difícil e teve um final muito infeliz. Obviamente, isto é especulativo, mas dados os traumas e as deformações patológicas no crânio, um cenário provável é que tenha sido expulsa do seu grupo e morta na caverna, ou deixada lá para morrer”, declara Stinnesbeck.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Panama Papers. Alemanha com ordens de detenção para Mossack e Fonseca

Um tribunal de Colónia emitiu ordens de detenção contra Jürgen Mossack e Ramón Fonseca por fraude fiscal e associação criminal no caso dos Papéis do Panamá, uma investigação internacional por branqueamento de dinheiro, anunciaram esta …

Depressão Bárbara. Registadas 654 ocorrências, mau tempo volta a agrava-se hoje

A Proteção Civil registou até ao final da manhã desta terça-feira 654 ocorrências devido ao mau tempo, sobretudo nas zonas urbanas a norte do rio Tejo, e colocou em alerta especial laranja mais três distritos …

Bolsonaro diz que vacina será gratuita mas não obrigatória

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse esta segunda-feira que a vacina contra a Covid-19 será gratuita mas não será obrigatória para a população do país, o segundo com mais mortes no mundo devido à …

Estudantes indicaram professor que foi decapitado a jihadista (em troca de dinheiro)

Investigadores acreditam que vários estudantes indicaram por dinheiro quem era o professor Samuel Paty ao jihadista que o decapitou na sexta-feira ao lado da escola onde trabalhava na região de Paris. O ministro da Educação, Jean-Michel …

Portugal regista mais 15 óbitos, 1.876 novos casos e 1.932 recuperados

Portugal contabiliza esta terça-feira mais 15 mortos relacionados com a covid-19 e 1.876 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim, …

Há ratos e répteis no Centro Hospitalar de Viseu. Ala psiquiátrica está em "péssimas condições"

O alerta partiu do bastonário da Ordem dos Médicos que denunciou a "péssima condição" a que os utentes estão sujeitos. Miguel Guimarães desafiou esta segunda-feira a ministra da Saúde a visitar o departamento de Psiquiatria do …

Portugal é pouco poupador, tem condições de trabalho precárias e pouca escolaridade

Portugal é um país envelhecido, com idosos a viverem sozinhos, pouco poupador e onde o trabalho é precário, os patrões e empregados têm baixa escolaridade e há poucas mulheres na polícia, revela uma publicação da …

País em duodécimos seria uma "irresponsabilidade". Bloco acusa Governo de chantagem “inaceitável”

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, falou, em entrevista à Rádio Observador, sobre as negociações com o Governo para a aprovação do Orçamento de Estado para 2021. Em entrevista à Rádio Observador, a coordenadora …

Não se sabe como foram infetadas 41% das pessoas em Portugal. Novo confinamento é "para evitar"

De acordo com a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, neste momento não se sabe como foram infetados 41% dos doentes, sendo apenas possível "identificar um contacto com alguém que tivesse sintomas de covid-19 ou que …

Chega acusa PSD de covardia por recusar proposta de revisão constitucional

O PSD vai chumbar a proposta de revisão constitucional do Chega. Em reação, André Ventura acusou os sociais-democratas de ter uma "atitude covarde". Em declarações ao jornal Público, o líder da bancada social-democrata, Adão Silva, disse …