Espanha. Jovem é esfaqueado após alertar para o uso de máscara

1

Três homens foram detidos em Madrid sob suspeita de terem esfaqueado um jovem que chamou a atenção de um deles por não usar máscara no interior de uma mercearia.

Espanha é dos países do mundo mais afetados pela pandemia causada pelo coronavírus.  Nos últimos dias tem-se registado um aumento drástico do número de casos no país, o que tem alertado a população. O distanciamento social e o uso da máscara são a única forma de tentar proteger a população de contrair o vírus, mas quando alertou para o cumprimento das regras, este jovem acabou por ser espancado e esfaqueado.

A vítima, de 23 anos, foi atingida com dois golpes nas costas, através da utilização de uma arma branca. Segundo o El País, o jovem está internado, em estado grave, no hospital de La Paz em Madrid – cidade que regista um grande número de ocupação nos seus hospitais, devido ao internamento de doentes com covid-19.

Os agressores foram detidos horas depois do crime. De acordo com o boletim de ocorrência, o incidente ocorreu por volta das 22h15 de quinta-feira. Surgiu, após uma discussão no interior de uma mercearia – em causa está o facto do cliente não estar a usar a máscara que é obrigatória em Espanha.

O homem que estava a violar a lei de saúde pública acabou por ir buscar dois outros elementos, aguardando que o jovem saísse do estabelecimento para o interpelar de forma muito violenta.

  ZAP //

1 Comment

  1. Quem tem que alertar para o uso de máscara é a polícia não é o cidadão comum.
    De qualquer modo os próprios médicos são os primeiros a dizerem que as máscaras não protegem do vírus mas apenas de bactérias. Por essa razão os médicos que usam sempre máscara e luvas são contaminados constantemente pelos mais variados vírus.
    A base da protecção é a distância social e a higiéne de mãos.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.