Várias escolas de Tóquio pedem “certificados de cabelo real” aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de “cabelo liso e preto” têm de apresentar provas.

Dados divulgados, esta semana, pelo Conselho Metropolitano de Educação de Tóquio mostram que 44,6% das 177 escolas secundárias da cidade solicitam este tipo de “certificados de cabelo real”.

De acordo com a empresa de media Vice, os alunos que não seguem o padrão de “cabelo liso e preto” têm de apresentar provas de que os seus cabelos são mesmo naturais, sendo que o certificado tem de ser assinado por um encarregado de educação. Algumas escolas pedem até fotografias de infância para terem a certeza.

Há muito que as regras escolares do país são criticadas pela sua rigidez, sendo consideradas violadoras da liberdade de expressão dos jovens. A cor da roupa interior e das meias, o formato das sobrancelhas e o comprimento das saias estão entre algumas dessas restrições.

“Dizer a um estudante que o seu cabelo natural está errado, é como dizer que a sua identidade está errada. E é também claramente racista“, afirmou ao mesmo site Hiromi Kuroi, porta voz de uma organização não governamental que recolhe informações sobre esta regulamentação escolar.

“Alguns destes alunos não têm escolha a não ser aceitar esta discriminação. Estou preocupada com os efeitos negativos na sua saúde mental”, lamentou.

Em 2017, uma estudante de Osaka decidiu processar a sua escola por danos emocionais, depois de os professores lhe terem exigido repetidamente que pintasse o cabelo, originalmente castanho, de preto.

Inicialmente, a aluna acedeu ao pedido, mas depois parou de o fazer. Foi então que começou a ser discriminada pelo estabelecimento escolar, tendo sido impedida de frequentar algumas aulas e barrada das visitas de estudo.

No passado dia 16 de fevereiro, o Tribunal Distrital desta cidade japonesa obrigou o Governo local a pagar-lhe 330 mil ienes japoneses, cerca de 2500 euros, menos de 15% da indemnização solicitada pela jovem, agora com 21 anos. Apesar desta compensação, o juiz determinou que a aplicação destes regulamentos não violava a lei.

  ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

O empresário John Textor

Direcção do Benfica e John Textor em reunião

Benfica informou que houve um encontro entre o empresário e dois vice-presidentes do clube, que querem saber mais sobre as intenções do norte-americano. John Textor esteve no Estádio da Luz, nesta quinta-feira. O empresário foi recebido …

BE e PCP fazem pressão e Carlos César questiona: "Sentem-se melhor a fazer oposição ou a fazer acordos?"

O presidente do PS defendeu, esta quinta-feira, que Bloco e PCP têm de esclarecer "o que os move" nas negociações orçamentais: se preferem fazer oposição a um Governo de direita ou fazer acordos com um …

Apenas 14% das vacinas prometidas aos países mais pobres foram efetivamente entregues

Apesar das promessas deixadas por muitos dos países mais ricos e desenvolvidos, número de vacinas que chegou aos territórios é ainda muito baixo, o que pode comprometer os avanços já conseguidos. Apenas uma em sete doses …

Presidente da Coreia do Sul anuncia fracasso da colocação de satélite em órbita

O primeiro foguetão espacial fabricado pela Coreia do Sul falhou a colocação em órbita da sua carga, um satélite simulado de 1,5 toneladas, apesar de o lançamento ter tido sucesso, disse o Presidente do país. O …

Juízes recusam suspender julgamento de Ricardo Salgado

O juiz que está a julgar o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), no âmbito da Operação Marquês, recusou suspender o julgamento, depois de a sua defesa ter alegado o facto de ter sido diagnosticado …

Quadro de Van Gogh, que esteve nas mãos dos nazis, vai a leilão. Deverá render 25 milhões de euros

Uma pintura de Vincent van Gogh vai ser leiloada no próximo mês, depois de mais de um século sem ser vista em público. Estima-se que o preço de venda chegue aos 25 milhões de euros. O …

Coreia do Sul lança com êxito o seu primeiro foguetão espacial

A Coreia do Sul lançou hoje o seu primeiro foguetão de fabrico próprio, segundo as imagens transmitidas pela televisão, tornando-se o décimo país do mundo com capacidade para desenvolver e lançar veículos espaciais. O veículo coreano …

"A melhor coisa que pode acontecer a Portugal era o Governo ser derrubado e desaparecer"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu hoje que “a melhor coisa que podia acontecer a Portugal”, neste momento, era o executivo liderado por António Costa “ser derrubado e desaparecer”. Miguel Albuquerque afirmou …

Mulher de João Rendeiro tem mais três dias para entregar as obras em falta

O prazo para a entrega das obras acabou esta quarta-feira, mas a juíza do processo em que João Rendeiro foi condenado a dez anos de prisão efetiva deu mais três dias à mulher do ex-banqueiro. Depois …

Uma estrada com alguns automóveis

Sete cidades do Norte podem ir a jogo pela neutralidade carbónica

Gaia, Porto, Matosinhos, Famalicão, Guimarães, Braga e Viana do Castelo poderão ir a jogo na Missão Climate Neutral & Smart Cities, que quer apoiar a redução de emissões em 100 cidades. Uma coligação de sete cidades …