ERC cancela debates de Vitorino Silva com todos os candidatos no Porto Canal

RTP / Lusa

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) cancelou os debates de Vitorino Silva com todos os candidatos presidenciais no Porto Canal, na sequência da queixa apresentada pelo PCP à Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Esta quinta-feira, o Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) determinou “a não realização dos debates já previstos pelo serviço de programas Porto Canal”, por considerar que o modelo coloca em causa “o princípio de igualdade de tratamento e de não discriminação, privilegiando um dos candidatos sobre os demais”.

Segundo o Jornal Económico, o regulador tomou a decisão depois de analisar a queixa apresentada pelo PCP à Comissão Nacional de Eleições (CNE) e o respetivo parecer.

Na queixa apresentada à CNE, na terça-feira, o candidato João Ferreira denunciava a insistência do Porto Canal em promover seis debates em período de campanha eleitoral, atribuindo a prerrogativa de um dos candidatos “ter presença assegurada nos seis debates em contraste com a presença num único debate de cada um dos restantes candidatos”.

A candidatura de João Ferreira entendeu a situação como desigual e desproporcional. O modelo “introduz uma situação de desigualdade e tratamento desproporcional não aceitáveis em qualquer circunstância, mas agravadas ainda por ocorrerem em pleno período de campanha eleitoral.”

A ERC salienta que não coloca em causa a possibilidade de realização de debates no Porto Canal, desde que o “modelo garanta a salvaguarda dos direitos já supra enunciados a todos os candidatos”.

O Porto Canal lamentou a decisão da ERC, considerando uma atitude “pidesca” o facto de não poder ter sido ouvido no processo.

“Temos de lamentar o que está a acontecer, o Porto Canal teve apenas como objetivo reparar uma injustiça que estava a ser cometida. Houve um candidato que foi excluído numa fase inicial dos debates televisivos e o PCP e o João Ferreira não se preocuparam com isso”, disse o diretor de informação, Tiago Girão.

​Em declarações ao espaço de informação do canal, o responsável criticou a ERC pelo facto de não ter permitido que o “Porto Canal possa fazer a sua defesa” argumentando que “não há tempo para que as partes se possam pronunciar”.

O diretor de informação lamentou assim que a entidade tenha um “tratamento que eu considero pidesco ao não dar ao Porto Canal a possibilidade de exercer” a sua defesa.

Ao Expresso, Vitorino Silva lamentou que um partido que “deveria defender os interesses do povo” tenha apresentado uma queixa para prejudicar a sua campanha, referindo que “ninguém se importou” quando foi ele o “esquecido pelos canais privados ou posto na porta dos fundos da estação pública, a RTP3, de menor audiência”.

“É pena neste país ainda haja o preconceito que um calceteiro não possa ser Presidente da República”, rematou.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. ISTO É MUITO ESCLARECEDOR:

    “Temos de lamentar o que está a acontecer, o Porto Canal teve apenas como objetivo reparar uma injustiça que estava a ser cometida. Houve um candidato que foi excluído numa fase inicial dos debates televisivos e o PCP e o João Ferreira não se preocuparam com isso”, disse o diretor de informação, Tiago Girão.”

    O tiques ditatoriais do PCP e da esquerda sempre presentes. Quando estão a ser beneficiados, a democracia é apenas um pormenor a que não vale a pena prestar atenção.
    Assim se vê o real interesse desta gente em democracia, que é nulo, pois aquilo que realmente lhes interessa é o poder, e a democracia apenas interessa para alcançar esse poder, podendo depois disso ser descartada.

    • Neste espaço de comentários, o RC parece ter sido o único a perceber que a decisão do Tino ter um debate com cada um dos outros candidatos foi tomada numa altura em que o Tino tida sido excluído (apenas ele!) dos outros debates, nos outros canais. Nessa altura o comunista não se chateou… pois!

  2. Nada contra o Tino (que até votei nele nas últimas presidênciais), mas a ERC tem, obviamente, razão!
    Ele iria estar em 6 debates e cada um dos outros candidatos apenas em 1.

  3. Eu até acho piada ao Tino. É mesmo isso, piada. Mas acho que nesta matéria todos os candidatos podem invocar o mesmo argumento: tratamento diferenciado. Não pode haver um canal televisivo a tratar diferenciadamente os candidatos, dando-lhes tempo de antena e condições diferentes. Imaginem, por um momento, que a RTP decidiria fazer um ciclo de debates do Marcelo com cada um dos outros candidatos?!! Caía tudo em cima da RTP.
    Parece-me que a ERC tomou uma decisão correta.

  4. À parte desta decisão ser justa (que é, haveria um candidato em vantagem perante os outros), é engraçado ser o PCP a apresentar queixa.
    Estaria com medo que o tino ficasse à frente do João Ferreira?

  5. Vamos para o Avante abanar o capacete, fumar brocas e gritar PCP, PCP, PCP!!!! O resto são detalhes menores, não é juventude? Os partidos de esquera são uma anedota, os de direita são um perigo, os do centrão são uma cambada de xulos! Tino vou votar em ti a ver se partes o sistema!

RESPONDER

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …

50 mil euros. Governo cria prémio nacional para proteger florestas

No próximo Conselho de Ministros, na quinta-feira, o Governo vai discutir um prémio bianual para projetos que ajudem a melhorar a floresta, do ponto de vista técnico, científico ou da comunicação. A notícia é avançada esta …

Polícia Judiciária ajudou a evitar dois ataques em França

As informações partilhadas pela Polícia Judiciária (PJ) com a Europol foram cruciais para alcançar a detenção do jihadista marroquino que viveu em Portugal. Hicham El-Hanafi foi condenado a 30 anos de prisão em França, na semana …

Duque de Edimburgo foi transferido para outro hospital

O Palácio de Buckingham anunciou esta segunda-feira que o príncipe Filipe, marido da rainha do Reino Unido, Isabel II, foi transferido para outro hospital de Londres para continuar o tratamento de uma infeção. O Palácio disse …

Presidência da UE. Governo trabalha para encontro com Biden durante "semestre português"

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia quer um encontro com o Presidente Joe Biden ainda durante o primeiro semestre. A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) está a trabalhar na realização de …