Equipa de astrofísico português observa directamente, pela primeira vez, exoplaneta

European Southern Observatory / Flickr

Conceito artístico do exoplaneta 51 Pegasi b

Conceito artístico do exoplaneta 51 Pegasi b

Uma equipa internacional de astrofísicos, liderada pelo português Jorge Martins, observou diretamente, pela primeira vez, um exoplaneta, planeta fora do Sistema Solar, ao detetar o espetro em luz visível da estrela refletido no planeta.

O exoplaneta em causa chama-se 51 Pegasi b e foi descoberto, por outro método, indireto, há 20 anos, na constelação Pegasus, a 50 anos-luz da Terra. Orbita uma estrela semelhante ao Sol, a 51 Pegasi, da qual dista sete milhões de quilómetros, uma distância considerada em astrofísica relativamente próxima.

O astrofísico Jorge Martins, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e da Universidade do Porto, explicou à Lusa a importância da descoberta com o facto de se tratar de “uma deteção direta do espetro do planeta em luz visível”, uma vez que grande parte dos planetas foram descobertos por “métodos indiretos”, medindo-se “a influência da presença do planeta na estrela que orbita”, atendendo a que, no ótico, a luz de um planeta é muito mais reduzida face à da sua estrela.

Segundo o investigador, ao se detetar “um sinal proveniente diretamente do planeta”, é possível “caraterizá-lo com mais detalhe”, por exemplo, estimar a sua massa real e a sua inclinação orbital.

No caso do 51 Pegasi b, a equipa de Jorge Martins concluiu que é um planeta um pouco maior do que Júpiter, com cerca de metade da sua massa e cuja órbita apresenta uma inclinação de 81 graus.

jorge-martins / Linkedin

Jorge Martins, investigador do European Southern Observatory

Jorge Martins, investigador do European Southern Observatory

“Uma boa analogia é considerar que o planeta é um espelho que orbita a estrela. Dependendo do tamanho do espelho, da sua distância à estrela e da sua composição, iremos receber mais ou menos luz refletida”, assinalou o cientista.

O planeta extrassolar 51 Pegasi b, o primeiro a ser confirmado em torno de uma estrela parecida ao Sol, foi descoberto mediante um espetrógrafo que detetou as mudanças regulares na velocidade radial da sua estrela.

O 51 Pegasi b é visto como o modelo dos exoplanetas do tipo Júpiter quente – planetas parecidos com o maior planeta do Sistema Solar, em termos de massa e tamanho, mas com órbitas muito mais próximas das suas estrelas progenitoras.

A observação direta do 51 Pegasi b foi feita com o auxílio do espetrógrafo HARPS, instalado no telescópio de 3,6 metros de diâmetro do Observatório Europeu do Sul, no Chile, e que procura planetas extrassolares.

O espetrógrafo é um instrumento que faz o registo fotográfico de um espetro, que resulta da radiação da luz emitida por um objeto nas várias cores que a constituem. Os espetros apresentam riscas que funcionam como a impressão digital dos elementos que compõem o objeto observado.

A luz branca do Sol, por exemplo, quando decomposta nas suas cores constituintes, forma o arco-íris.

Graças ao método usado pela equipa de Jorge Martins, é possível estimar a refletividade do 51 Pegasi b, uma caraterística que ajuda no estudo da atmosfera e da superfície do planeta.

Atualmente, o método mais utilizado para estudar a atmosfera de um exoplaneta é observar o espetro da sua estrela quando é filtrado pela atmosfera do planeta durante um trânsito.

“Uma aproximação alternativa será observar o sistema quando a estrela passa em frente do planeta, o que dará essencialmente informação sobre a temperatura do exoplaneta”, adianta o Observatório Europeu do Sul em comunicado.

De futuro, o grupo de Jorge Martins, que inclui os astrofísicos portugueses Nuno Santos e Pedro Figueira, também do Instituto de Astrofísica, pretende aplicar a técnica a outros planetas extrassolares, e usá-la com telescópios de maior alcance e mais precisos, para os caraterizar melhor e descobrir planetas mais pequenos e semelhantes à Terra.

Os resultados da investigação foram publicados na revista Astronomy and Astrophysics.

Jorge Martins está a fazer o doutoramento no Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e no Observatório Europeu do Sul, organização da qual Portugal faz parte.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

MEO dá 800 euros a trabalhadores que aceitem mudar para nova empresa

Apesar da resistência de quase dois mil trabalhadores da MEO, a Altice Portugal mantém os planos de arrancar com uma nova empresa de serviços técnicos no início de outubro. Para convencer os funcionários que integram a …

Homens mascarados invadiram metro e feriram 45 pessoas em Hong Kong. A polícia chegou demasiado tarde

Hong Kong passou uma noite de violência em que dezenas de homens mascarados invadiram uma estação de comboios. Os homens, suspeitos de pertencerem a gangues, envergavam t-shirts brancas e agrediram manifestantes pró-democracia e transeuntes da área …

Ex-banqueiro do Credit Suisse admite ter recebido milhões com esquema junto de empresas moçambicanas

Um ex-banqueiro do Credit Suisse admitiu ter recebido milhões de dólares no âmbito de um esquema que envolveu dois mil milhões de dólares (1.781 milhões de euros) em empréstimos a empresas estatais moçambicanas, noticiou a …

Já pode pedir o Passe Família (mas há muita burocracia)

As família da Área Metropolitana de Lisboa com três ou mais membros já podem pedir passes mais baratos. Por 60 ou 80 euros por mês, as famílias poderão viajar nos 18 concelhos da AML. Arrancam hoje …

Venezuela, BES e BCP lideram transferências para offshores (mas não se sabe para onde foi o dinheiro)

Entre os mais de 18.200 milhões de euros que saíram de Portugal para offshores, durante os três anos de apagão do Fisco, 60% foi enviado pela Petróleos da Venezuela (PDVSA), pelo BES pelo BCP. Mas …

O plano B de Costa com a ida "bastante provável" de Centeno para o FMI

O habitual espaço de comentário de Luís Marques Mendes na SIC ficou marcado pela ida "bastante provável" de Centeno para o FMI e pelo "sufoco dos incêndios" que nada mudou. Para Luís Marques Mendes, a ida …

Irão condenou à morte 17 alegados espiões da CIA

As autoridades iranianas garantiram esta segunda-feira que desmantelaram uma rede de espionagem norte-americana no país e que condenaram à morte 17 elementos dessa organização. A notícia está a ser avançada pela agência Fars que cita fontes …

Portugal é campeão da Europa de sub-20 em basquetebol

A seleção portuguesa de basquetebol de sub-20 sagrou-se, este domingo, campeã europeia da Divisão B depois de derrotar na final a República Checa por 73-58. Portugal sagrou-se campeão europeu da Divisão B de sub-20 em …

Universidades reclamam ao Governo 10 milhões de euros para compensar redução de propinas

As universidades portuguesas reclamam do Estado o pagamento de 10 milhões de euros, de um total de 50 milhões, até ao final do ano, avança a Rádio Renascença esta segunda-feira. Em causa está a compensação …

Proteção Civil vai gastar mais de 900 mil euros em SMS com avisos à população

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) vai gastar este ano mais de 900 mil euros na aquisição de serviços para o envio de “SMS em massa” de avisos à população. De acordo com …