Entrevista: “Só joguei aos 19 anos e o médico disse que nunca tinha visto algo assim”

No dia 20 de dezembro, a prenda de Natal que João Paulo recebeu foi… jogar. Pela primeira vez em 10 anos, conseguiu jogar andebol. Problemas cardíacos afastaram este jovem das competições oficiais. Até que uma consulta há três meses e os resultados surpreendentes dos exames mudaram o seu rumo. Estreou-se pela sua equipa de sempre, AC Vermoim, num jogo com o Xico Andebol B, na terceira divisão nacional de andebol.

ZAP – O AC Vermoim escreveu que, ao jogares andebol pela primeira vez aos 19 anos, cumpriste “o sonho de uma vida”. Um sonho adiado durante uma década. Porquê?
João Paulo – Nasci com problemas de coração, tetralogia de Fallot. Fui operado aos dois e aos cinco anos. Sempre quis praticar desporto, mas não tinha autorização dos médicos. Podia haver implicações fortes no coração. Até que, na escola primária, surgiu o AC Vermoim, que me fez acreditar que podia praticar desporto. Entrei para o escalão minis e, até aos infantis, consegui jogar. Mas, após os exames médicos obrigatórios no escalão infantis, não tive autorização para jogar. Apesar dos resultados, que mostravam que podia continuar a praticar desporto, a verdade é que em desporto de alta competição eu não podia jogar, era um risco para o coração. O clube nunca desistiu e permitiu que eu continuasse a treinar. Ao longo destes 10 anos, tentámos mais duas vezes que eu voltasse a jogar, mas ouvi sempre a resposta “não”. Apesar dos bons resultados que eu tinha nos exames, continuava a ser um risco. E, se me acontecesse alguma coisa, a culpa iria recair sobre o médico que me daria a autorização. Praticamente no final do ano passado, fui a uma consulta no Hospital São João; quero entrar no curso de Desporto, na faculdade, e por isso realizei novo teste. Os resultados foram surpreendentes, incríveis. O médico disse que nunca tinha visto alguém com esta doença a apresentar estes resultados. A partir daí, foi uma catadupa: informei o clube que tive autorização para praticar desporto, falámos com a federação e pude jogar.

ZAP – Tetralogia de Fallot?
João – Pelo que percebo, é uma diminuição das veias. O oxigénio que eu tinha era muito diferente do oxigénio que uma pessoa normal consegue ter.

ZAP – O médico disse que foi quase um milagre. Tiveste algum cuidado especial ao longo destes anos?
João – Não. É uma doença crónica. Não sei, os resultados apareceram. Sempre pratiquei desporto…

ZAP – Portanto, só nos últimos meses é que percebeste que podias jogar no final do ano passado.
João – Foi mesmo uma coincidência. Em outubro fui à tal consulta no São João, uma consulta de rotina; o médico percebeu o meu interesse no desporto; por causa da Covid-19 houve muitas desistências e consegui fazer novos exames logo em novembro; depois sai o resultado e foi uma sorte.

ZAP – Como te sentiste, o que pensaste, ao entrar no jogo com o Xico Andebol B?
João – Nem estava à espera de entrar. Pensei que só ia fazer parte do grupo, para me ambientar. Quando o treinador me disse que eu ia entrar, até fiquei a olhar para ele. Eu nem estava a aquecer. Entrei e foi desfrutar daqueles minutos, que foram o sonho da minha vida.

ZAP – Fisicamente e mentalmente, estás pronto para o resto da época?
João – Acredito que, agora, sim. Tenho os exames. Tenho andado a trabalhar com o grupo, que foi excecional. Não tenho sentido diferenças, não tenho tido qualquer problema e isso é muito bom.

ZAP – A época ainda agora começou mas achas que o Vermoim vai lutar pela subida?
João – Acho que temos um plantel muito bom, com muita qualidade. Podemos lutar pela subida e o clube já merece essa subida. Estamos a entrar num bom ritmo.

ZAP – E vais entrar na faculdade de desporto?
João – Estou a tirar um curso tecnológico na área da informática. Mas a minha paixão sempre foi o desporto e penso em estudar Desporto, no próximo ano letivo. É o que eu mais gostava de seguir.


Entrevista completa:

  Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Teoria dos primatas pedrados. Podem os cogumelos mágicos ter sido a chave para a nossa evolução?

A teoria já era conhecida desde os anos 90, mas um novo estudo veio trazê-la à baila novamente. O argumento é de que os cogumelos com efeitos psicadélicos podem ter ajudado a tornar os nossos …

Ainda sem fumo branco para o OE, Bloco e PCP reúnem órgãos máximos

O PCP e o Bloco de Esquerda reúnem hoje os respetivos órgãos máximos entre congressos com a proposta orçamental para 2022 no centro do debate. As conclusões da reunião da Mesa Nacional do BE serão apresentadas …

Sismo de 4,9 em La Palma e novo colapso do cone do Cumbre Vieja

A ilha espanhola de La Palma registou hoje um sismo de 4,8 de magnitude, no dia em que o vulcão voltou a sofrer um colapso no cone principal, causando grandes derrames de lava. O sismo foi …

Algas vivas sensíveis à luz (um tipo de cianobactérias chamado Synechocystis) injetadas num girino

Podia ser ficção científica, mas não é. Injetar algas no sangue dos sapos pode ajudá-los a respirar

Os sapos adotam várias técnicas de respiração ao longo da sua vida. Agora, uma equipa de cientistas alemães desenvolveu um novo método que permite que os girinos "respirem" graças à introdução de algas na sua …

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …