Encontradas as primeiras evidências de níveis mais altos de consciência

Um estudo conduzido por cientistas da Universidade de Sussex, no Reino Unido, encontrou evidências de um estado “superior” de consciência.

Uma equipa de neuro-cientistas britânicos observou evidências de um aumento contínuo na diversidade dos sinais neurais – uma medida da complexidade da actividade cerebral – em pessoas sob a influência de drogas psicadélicas, comparada com os períodos em que se encontravam acordadas e em estado normal.

A diversidade dos sinais cerebrais de uma pessoa fornece um índice matemático do seu nível de consciência. Por exemplo, com base nessa escala, as pessoas que estão acordadas têm uma actividade neural mais diversa do que as que estão adormecidas.

Estudos anteriores tenderam a concentrar-se nos estados de consciência mais baixos, como o sono, a anestesia ou o chamado estado “vegetativo”.

Segundo o portal Medical Xpress, este é no entanto o primeiro estudo a mostrar que a diversidade de sinais cerebrais é maior do que a linha de base, que é maior do que em alguém que está simplesmente “acordado e consciente”.

“Esta descoberta mostra que o cérebro sob o efeito de fármacos psicadélicos se comporta de forma muito diferente do normal”, explica o professor Anil Seth, co-director do Centro Sackler para a Ciência da Consciência da Universidade de Sussex.

“Durante o estado psicadélico, a actividade elétrica do cérebro é menos previsível e menos integrada do que durante a vigília consciente normal – tal como medida pela diversidade global do sinal”, explica Anil Seth, que realça que os resultados precisam de ser interpretados com atenção.

“Agora que esta escala mostrou a sua validade como uma medida do nível de consciência, podemos dizer que o estado psicadélico aparece como um nível de consciência mais elevado do que o normal – mas apenas no que diz respeito a esta medida matemática específica”, diz Seth.

A equipe de investigadores afirma que mais pesquisas são agora necessárias, usando modelos mais sofisticados e variados, para confirmar os resultados, mas que os resultados obtidos são “cautelosamente animadores”.

Psicadélicos e campos magnéticos cerebrais

Para o estudo, a equipe de investigadores, formada por Anil Seth, Michael Schartner e Adam Barrett, reanalisou dados que haviam sido recolhidos anteriormente pelo Imperial College de Londres e pela Universidade de Cardiff, nos quais voluntários saudáveis receberam uma de três drogas conhecidas por induzir um estado psicadélico.

As três drogas utilizadas no estudo foram a psilocibina, presente em cogumelos alucinogénios, a cetamina e o LSD.

Usando técnicas padrão de recolha de imagens cerebrais, os investigadores mediram os minúsculos campos magnéticos produzidos no cérebro e descobriram que, sob o efeito destas três drogas, a medida de nível de consciência – a diversidade do sinal neural – era claramente maior.

Isso não significa que o estado psicadélico seja um estado “melhor” ou mais desejável de consciência, destacam os cientistas.

Em vez disso, a pesquisa mostra que o estado psicadélico do cérebro é distintivo e pode ser relacionado com outras mudanças globais no nível consciente – por exemplo, sono ou anestesia – pela aplicação de uma medida matemática simples da diversidade de sinais.

“O facto de mudanças semelhantes na diversidade de sinal terem sido encontradas com as três drogas, apesar de a sua farmacologia ser bastante diferente, é muito impressionante e tranquilizador que os resultados sejam robustos e repetitivos”, comentou o investigador Suresh Muthukumaraswamy, da Universidade de Auckland, co-autor dos estudos.

Estas descobertas podem ajudar em discussões sobre o uso médico cuidadosamente controlado destas drogas – por exemplo, no tratamento da depressão grave.

“A investigação rigorosa sobre fármacos psicadélicos está a receber cada vez mais atenção, especialmente pelo potencial terapêutico que estas drogas podem ter quando usadas de forma sensata e sob supervisão médica”, explica Robin Cahart-Harris, investigador do Imperial College de Londres.

“As descobertas do presente estudo ajudam-nos a compreender o que acontece no cérebro das pessoas quando experimentam uma expansão da sua consciência sob o efeito de fármacos psicadélicos”, afirma Cahart-Harris. Segundo o cientista, “as pessoas relatam experimentar mais discernimento e compreensão sob o efeito dessas substâncias”.

“E quando isso ocorre num contexto terapêutico, pode trazer resultados positivos. As descobertas actuais podem ajudar-nos a entender como isso pode acontecer”, conclui.

O estudo foi publicado na Scientific Reports esta quarta-feira, dia 19 de abril – por incrível coincidência, precisamente 74 anos depois de Albert Hoffman, que sintetizou o LSD pela primeira vez em 1938, ter realizado a sua primeira “auto-experiência” para descobrir os efeitos psicológicos do fármaco.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas que idiotas! Essas experiências não se fazem com drogas psicadélicas! Fazem-se com técnicas de meditação! Ursos, só sabem chegar a estados alterados de consciência à bruta com drogas! E lá porque a actividade cerebral apresenta padrões diferentes não quer dizer sejam “níveis mais altos de consciência”, e já agora onde está a escala dos níveis de consciência para sabermos o que “alto” ou “baixo”?

RESPONDER

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …

Britânico enviava dinheiro a residentes de uma cidade britânica. Era "um ato generoso de bondade"

Os habitantes de Frome, no Reino Unido, estão constantemente à espera do correio, depois de ter sido revelado que um homem misterioso estava a entregar dinheiro nas casas dos residentes locais. A polícia da cidade inglesa …