Já foram encerrados mais de 50 lares ilegais este ano

Só e 2018, já foram encerrados 56 lares de idosos, seis dos quais de forma urgente, devido ao perigo iminente para a segurança e saúde dos utentes.

A Segurança Social já encerrou, desde o início do ano, 56 lares de idosos que se encontravam em situação ilegal porque havia perigo iminente para a segurança e saúde dos utentes. Seis desses lares foram encerrados de forma urgente, avança esta terça-feira o Jornal de Notícias.

Os números deste ano são semelhantes aos registados em 2015 e 2016, mas assinalam uma ligeira descida face a 2017, o que pode ser explicado pela redução das ações de fiscalização. No ano passado, foram encerrados 133 lares de idosos, sendo que 97% estava em situação ilegal, e foram levadas a cabo 563 fiscalizações.

Por sua vez, até 30 de julho deste ano, além dos 56 lares de idosos ilegais já encerrados, foram efetuadas 297 ações de fiscalização.

“Todos os encerramentos efetuados pelo Instituto da Segurança Social estão relacionados com falta de condições (…) a nível de falta de licenciamento, falta de recursos humanos, instalações inadequadas, prestação de serviços aos utentes inadequada ou situações que coloquem em risco a saúde/bem-estar dos utentes”, explicou fonte do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social ao diário.

De acordo com o ministério, a menor periodicidade das ações de fiscalização é explicada pelas “alterações de procedimentos de controlo” que tornaram estas ações “mais complexas e morosas”. Apesar disso, é provável que, até ao final do ano, os números de 2015 (92 lares encerrados) e 2016 (88 lares fechados) sejam igualados ou, até, ultrapassados.

Segundo o Jornal de Notícias, Gondomar e Vila Nova de Gaia lideram a lista, com quatro lares ilegais encerrados em cada um dos concelhos, ainda que Gaia seja a zona do país onde este fenómeno é verificado de forma mais frequente, dado que no ano passado o concelho já tinha liderado a lista em matéria de encerramentos.

No entanto, João Ferreira de Almeida, presidente da Associação de Apoio Domiciliário, Lares e Casas de Repouso (ALI) garante que estes números são “falaciosos”.

“Os números divulgados são falaciosos, porque a maioria são meras ordens de encerramento voluntário e muitas delas nem são cumpridas. E as que até o são é porque os lares se mudaram para outras casas, onde se mantêm a funcionar sem licenciamento. Há ainda vários casos de casas efetivamente encerradas de urgência que, passado pouco tempo, estão de novo abertas e a funcionar”, revelou.

As principais associações de lares de idosos apontam o dedo à lei, isto porque os requisitos para a legalização deste tipo de espaços são “complexos” e “desajustados”. “É fundamental a alteração da atual portaria, que inviabiliza soluções mais económicas, como a adaptação de moradias já existentes”, afirmou o líder da ALI.

As condições exigidas para manter aberto um lar de idosos em Portugal faz com que as mensalidades subam desmesuradamente, o que acaba por fazer com que as famílias procurem soluções mais económicas e, muitas vezes, ilegais, denuncia o responsável.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …