Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

Matthias Schmelz / Instagram

O empresário alemão Matthias Schmelz

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou a TVI.

Matthias Schmelz, de 59 anos, é suspeito de recrutar jovens estudantes de classe alta e média alta, a maioria com 16 e 17 anos, para orgias em sua casa. Uma das alegadas vítimas, contudo, teria 14 anos, noticiou o Público.

Segundo a TVI, o empresário contratava as adolescentes através do WhatsApp e pagaria, em média, 500 euros a cada uma por sessão. Segundo aquela estação televisiva, o empresário chegava a ir buscar as raparigas à porta das suas escolas em Lisboa e na linha de Cascais. Ao canal tlevisivo, Matthias Schmelz negou ter praticado qualquer crime.

Contactada pelo Público após a divulgação da reportagem, a Procuradoria-Geral da República confirmou ao jornal a existência de um inquérito “que corre termos no DIAP [Departamento de Investigação e Acção Penal] de Lisboa”, acrescentando que ainda não há arguidos constituídos e que o caso se encontra em segredo de justiça.

Assalto desencadeou investigação

A primeira denúncia terá sido feita pela mãe de uma menor que terá sido aliciada para uma orgia, mas o que potenciou a investigação foi um assalto à casa do alemão.

De acordo com a TVI, a 21 de março, altura em que o milionário se encontrava no estrangeiro, uma rapariga de 18 anos (a quem o empresário tinha confiado a casa de Cascais) reuniu-se com um grupo de amigos na moradia do alemão quando, por volta das 23:00, três jovens, com 18 e 27 anos, assaltaram a residência.

O assalto terá sido encomendado por uma outra jovem, do Seixal, que teria estado numa festa naquela residência na noite anterior, identificando objetos de valor no seu interior.

Após o alerta, a PSP conseguiu deter os assaltantes quando estes tentavam fugir e identificar a jovem suspeita de ter ordenado o crime. No dia seguinte, os suspeitos foram presentes a tribunal, tendo denunciado as atividades que Matthias Schmelz organizaria na moradia, como conheciam a casa e as ligações que mantinham com o empresário.

O caso encontra-se agora sob investigação da Polícia Judiciária, sendo correndo o inquérito-crime no DIAP de Lisboa. O cidadão alemão chegou a Portugal na década de 1990 e constituiu fortuna com a venda dos aspiradores Rainbow.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Em Portugal o ato sexual com adolescente com idade entre os 14 e 16 anos é crime se for “aproveitada a sua inexperiência”… ora não me parece ser o caso destas “meninas” de 16 e 17 anos.

        • “Segundo a TVI, o empresário contratava as adolescentes através do WhatsApp e pagaria, em média, 500 euros a cada uma por sessão.” –
          Pelos vistos, escapou-lhe o artigo seguinte a esse:
          Artigo 174.º
          Recurso à prostituição de menores
          1 – Quem, sendo maior, praticar ato sexual de relevo com menor entre 14 e 18 anos, mediante pagamento ou outra contrapartida, é punido com pena de prisão até 2 anos.
          2 – Se o ato sexual de relevo consistir em cópula, coito oral, coito anal ou introdução vaginal ou anal de partes do corpo ou objetos, o agente é punido com pena de prisão até 3 anos.
          3 – A tentativa é punível.

    • E muito menos tendo em conta que são “jovens estudantes de classe alta e média alta”…
      Quase que diria que a burla “à americana” da venda dos tais aspiradores manhosos (em que o artista fez fortuna), é mais grave do que as orgias!…

      • Pois, ainda por cima eram adolescentes de classe média alta/alta… receberam dinheiro porque precisavam, estavam a passar fome, claro… OK…
        Já agora, ao ZeCão, explique lá essa do “é crime se for aproveitada a sua inexperiência” que está na lei, como se define que uma pessoa é inexperiente ou não…
        Com 16/17 anos já deviam de andar em orgias há muito tempo, e recebiam dinheiro para participar, para terem já tanta experiência, como você acha!…

RESPONDER

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …

Restrições a turistas suavizadas. Finlândia tenta salvar a Lapónia (e a época de inverno)

A Finlândia, que vê o turismo estrangeiro em perigo na Lapónia, permite a partir de hoje a entrada de turistas de cerca de vinte países sem terem de fazer quarentena. As medidas surgem numa altura em …

"Foi uma vergonha". PS em choque com saída de Jamila e com o poder de Temido

A saída de Jamila Madeira do cargo de secretária de Estado Adjunta e da Saúde, a pedido da ministra Marta Temido, deixou alguns socialistas "arrepiados" e há um desconforto interno com a situação. É mais …

Mãe de bebé deixado no Cacém entregou-se no hospital e foi constituída arguida

A mãe do bebé deixado na terça-feira junto ao Centro Social Baptista, no Cacém, Sintra, entregou-se hoje no Hospital Amadora-Sintra e, depois de ter sido transportada para a esquadra, foi constituída arguida, disse à Lusa …