Os embondeiros estão a morrer (e ninguém consegue perceber porquê)

Yoky / Wikimedia

O embondeiro, também chamado de baobá, é a mais icónica das árvores africanas

Esta árvore, considerada a mais icónica da savana africana, está a morrer em circunstâncias misteriosas e nem os cientistas sabem explicar porquê.

O embondeiro, também conhecido por baobá, é a árvore mais icónica da savana africana. Para além de alcançar dimensões gigantescas, a espécie pode viver centenas ou milhares de anos. Devido ao formato do fruto, há quem lhe chame ainda a “árvore do rato morto”.

Este ícone das árvores africanas tem troncos robustos e sem ramificação e consegue armazenar grandes quantidades de água no seu interior para suportar as duras condições das zonas áridas em que vive. Também é importante para a preservação da vida selvagem porque é um suporte importante na construção de ninhos de aves.

No entanto, o seu futuro pode estar ameaçado. Os embondeiros estão a morrer em vários países no sul do continente e nem os cientistas conseguem perceber porquê.

Uma equipa de cientistas da África do Sul, Roménia e EUA descobriu que a maioria dos baobás mais antigos e de maiores dimensões morreram nos últimos 12 anos. O estudo foi publicado na revista Nature Plants esta semana.

De acordo com a pesquisa, os investigadores dizem que as mortes destas árvores não foram provocadas por uma epidemia e que o verdadeiro culpado é “um evento de magnitude sem precedentes”.

A equipa suspeita que estas mortes misteriosas podem estar relacionadas com o fenómeno das alterações climáticas, embora não tenham ainda provas diretas disso.

“Suspeitamos que a morte destes monumentais baobás pode estar associada, em parte, a modificações significativas das condições climáticas que afetam particularmente a África Austral”, a região também conhecida como África Meridional e que é formada pelo países do sul do continente. “No entanto, são necessárias pesquisas adicionais para confirmar ou refutar essa suposição”, acrescenta a equipa, liderada por Adrian Patrut, da Universidade Babes-Bolyai, na Roménia.

Desde 2005 que os investigadores têm vindo a estudar um conjunto de 60 das árvores mais antigas da região. Inesperadamente, descobriram que oito dos 13 embondeiros mais velhos, com idades entre os 1.000 e os 2.500 anos, morreram por completo ou as suas partes mais antigas tinham colapsado.

As árvores têm muitas hastes e troncos, geralmente de diferentes idades. Em alguns dos casos investigados, todas as hastes tinham morrido de forma repentina. “Suspeitamos que isso esteja associado com o aumento da temperatura e da seca“, disse Patrut à BBC.

“É chocante e muito triste vê-los morrer”, acrescentou. As árvores estudadas foram encontradas no Zimbabué, Namíbia, África do Sul, Botsuana e Zâmbia.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Índia regista mais de oito mil novos casos. Tem "uma longa batalha" pela frente

A Índia registou mais de oito mil novos casos de covid-19 num único dia, um novo recorde desde o início da pandemia no país, foi este domingo anunciado. O número de casos confirmados de covid-19 na …

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …

"Ficamos chocados." Cientistas redescobrem abelha azul que pensavam estar extinta

Um tipo de abelha azul reapareceu recentemente na Florida, nos Estados Unidos, depois de ter sido vista pela última vez em 2016. Além de azul, a espécie é nova e extremamente rara. Os cientistas estavam convencidos …

Missão da Space X acoplou com sucesso. Astronautas da NASA já chegaram à EEI

A cápsula Dragon que transporta os astronautas da agência espacial norte-americana (NASA) já acoplou à Estação Espacial Internacional, após terem partido no primeiro voo privado rumo ao espaço, neste sábado. Foi às 15:17 (hora de Lisboa) …

Venezuela vai aliviar quarentena com método próprio

Nicolás Maduro anunciou que, a partir de segunda-feira, a Venezuela vai aplicar um modelo próprio de quarentena preventiva da covid-19, que combina cinco dias de flexibilização disciplinada com dez de confinamento obrigatório. “É o modelo cinco …

Uma escultura gigante de uma ave está a espalhar gargalhadas numa cidade da Austrália

Um escultor australiano aproveitou o tempo de quarentena devido à pandemia de covid-19 para construir uma kookaburra eletrónica com quase quatro metros de altura, que até faz os mesmos movimentos e barulhos que o famoso …