Em França vender sexo é legal, comprar deixou de ser

Quadro de Louis-Léopold Boilly, 1797

Quadro de Louis-Léopold Boilly, 1797

A Câmara Baixa do Parlamento da França aprovou esta quarta-feira uma controversa lei que prevê multas de pelo menos 1.500 euros para clientes apanhados em flagrante a usar o serviço de prostitutas.

De acordo com a lei, que ainda precisará de passar pelo Senado, a multa de 1.500 euros será para clientes apanhados pela primeira vez. Caso cometam o crime novamente, poderão ser condenados a pagar multas duas vezes maiores.

Trata-se de uma das leis mais restritivas da Europa, contrastando com a tradição de tolerância no país.

A proposta gerou protestos contra e a favor em França. Para o ministro dos direitos das Mulheres, Najat Vallaud-Belkacem, que liderou a campanha a favor, todo tipo de prostituição é inaceitável e o objectivo do governo é, no futuro, acabar com ela de vez.

Por outro lado, os contrários à nova lei dizem que ela pode até aumentar o perigo que correm as prostitutas. Isso porque a criminalização poderia levar as prostitutas a operar ainda mais no submundo, tornando-as mais vulneráveis à exploração de quadrilhas de tráfico humano.

Estima-se que existam 20 mil prostitutas em França, sendo que 90% são estrangeiras.

 

A Lei

A lei foi apresentada pelo Partido Socialista, do presidente François Hollande, que detém a maioria no Senado – onde agora o projecto será votado.

O governo argumenta que a lei foi feita para coibir redes de tráfico de mulheres.

Pela nova lei, a prostituição em si continuará a ser legal em França, e a exploração da prostituição, continuará a ser crime. Por outro lado, pela primeira vez no país, pagar por sexo passará a ser punido.

O projecto substitui a legislação criada no governo do ex-presidente Nicolas Sarkozy, que penalizava as prostitutas.

Segundo o governo, a nova legislação trata as prostitutas como vítimas e não como criminosas, ao penalizar quem contrata os serviços nessas condições.

A lei prevê um fundo para o acompanhamento social e profissional de mulheres que deixarem a prostituição. As estrangeiras que estiverem a trabalhar em França terão autorização para ficar no país por pelo menos seis meses, período no qual devem aderir a algum dos programas de apoio à saída da prostituição.

Os clientes que forem enquadrados na nova lei, em vez de pagar a multa, terão a opção de fazer um curso destinado a aumentar a consciencialização sobre a realidade enfrentada pelas prostitutas.

 

Reação

A principal reacção contra a lei veio por meio do manifesto Touche pas a Ma Pute! (“Não toques na minha prostituta”, em tradução livre), assinado por 343 homens, que se intitulam “343 porcos sujos“.

O abaixo-assinado faz uma referência às “343 vacas sujas”, grupo de mulheres que assinou um documento defendendo o direito ao aborto em campanha nos anos 1970.

Segundo a BBC, o texto acusa os parlamentares de invadir a esfera privada da vida das pessoas e de tentar “decretar normas para o desejo e o prazer“.

“Acreditamos que todos têm o direito de vender livremente os seus charmes”, diz o documento.

O manifesto causou uma contra-reação instantânea. O Partido Socialista disse que a petição era “escandalosa e reaccionária, expondo o verdadeiro objectivo dos que defendem a prostituição, que é preservar a dominação do homem e a submissão da mulher”.

Já a líder da organização feminista Osez le Feminisme, Anne-Cecile Mailfert, o manifesto é trabalho de “343 homens dominadores que querem proteger a sua posição e continuar a usar o dinheiro para conseguir o corpo das mulheres”.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …