Eis Elizabeth Ann, a primeira doninha-de-patas-pretas clonada do mundo

USFWS National Black-Footed Ferret Conservation Center

Pela primeira vez, uma equipa de cientistas clonou um animal norte-americano em perigo de extinção, criando uma doninha-de-patas-pretas chamada Elizabeth Ann a partir das células congeladas de um ancestral numa conquista histórica que impulsiona os esforços de conservação.

Elizabeth Ann foi criada a partir das células de Willa, outra doninha-de-patas-pretas que viveu há mais de 30 anos, disse o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos (FWS, na sigla em inglês) ao revelá-la ao mundo esta quinta-feira. De acordo com a CNN, a doninha nasceu de uma mãe substituta em dezembro.

As doninhas-de-patas-pretas são uma das espécies mais ameaçadas da América do Norte e foram declarados extintas em 1979. Porém, um agricultor do Wyoming descobriu uma pequena população a viver nas suas terras dois anos depois, dando início a um programa de reprodução.

Segundo o FWS, todas as doninhas-de-patas-pretas vivas descendem de apenas sete indivíduos, o que apresenta desafios genéticos únicos para a recuperação da espécie.

O nascimento de Elizabeth Ann é um momento de esperança no esforço de aumentar o seu número, porque poderá diversificar as espécies. Os cientistas esperam que o animal clonado seja capaz de acasalar e ajudar a resgatar a espécie da extinção.

“Sem uma quantidade adequada de diversidade genética, uma espécie frequentemente se torna mais suscetível a doenças e anormalidades genéticas“, disse a agência, em comunicado.

“A genómica revelou o valor genético que Willa poderia trazer para a sua espécie”, disse Ryan Phelan, diretor executivo da organização conservacionista Revive & Restore, que esteve envolvida no projeto.

“Mas foi o compromisso de ver esta espécie sobreviver que levou ao nascimento de Elizabeth Ann. Vê-la agora próspera inaugura uma nova era para a sua espécie e para as espécies dependentes da conservação em todos os lugares. É uma vitória para a biodiversidade e para o resgate genético”, acrescentou.

O nascimento de Elizabeth Ann evoca a chegada histórica de Dolly, a Ovelha, em 1996, o primeiro mamífero a ser clonado a partir das células de um animal adulto. Desde então, gatos, veados, cães, cavalos, mulas, coelhos e outros mamíferos foram clonados, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano.

As doninhas-de-patas-pretas foram adicionados à lista de animais clonados devido ao seu número perigosamente baixo de população. Estão tão próximos da extinção que cerca de 120 das espécies foram vacinadas contra a covid-19 em dezembro.

Em vez de soltar Elizabeth Ann na natureza, os especialistas cuidarão dela e estudá-la-ão nas instalações do FWS. A equipa está a trabalhar para produzir mais clones de doninhas-de-patas-pretas nos próximos meses.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …

Deputada expulsa do parlamento britânico por chamar “mentiroso” a Boris Johnson

A deputada do Partido Trabalhista, Dawn Butler, foi esta quinta-feira expulsa da Câmara dos Comuns, a câmara baixa do Parlamento britânico, por chamar "mentiroso" ao primeiro-ministro, Boris Johnson. Butler foi expulsa pela presidente adjunta temporária, Judith …

UGT dispara contra o Governo. "Exemplo vem sempre de quem está no topo"

Numa carta aberta ao primeiro-ministro, a UGT criticou a atitude de vários ministros, a destruição de milhares de postos de trabalho durante a pandemia e alertou para a suspeita de existir cartelização entre os grandes …

Greve de fome de 470 pessoas em Bruxelas termina 60 dias depois

Em Bruxelas, mais de 470 pessoas deram por terminada uma greve de fome que durou dois meses. O governo belga disse que não pode ceder a chantagens e saudou a boa decisão. Nos últimos dois meses …

Estados Unidos anunciam novas sanções a Cuba. “É apenas o início”

Sanções dos Estados Unidos a Cuba têm como objetivo castigar “os indivíduos responsáveis pela opressão da população cubana”. Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, numa reação, fala em medidas "sem fundamento e caluniosas" e pede que …

Militantes do Chega acusados de agredir homossexual em Viseu

Militantes do Chega são acusados de terem agredido um homem homossexual no final da tarde de quarta-feira, na rua, em Viseu. Segundo informação avançada pelo Expresso, os agressores são afetos à candidatura do partido de …