Eduardo Baptista só entregou 11 assinaturas, mas surge em primeiro no boletim de voto das Presidenciais

Lusa

Eduardo Baptista só apresentou 11 assinaturas quando formalizou a candidatura no Tribunal Constitucional (TC). No entanto, para já, o tenente-coronel está em igualdade de circunstâncias com os restantes candidatos e surge em primeiro lugar no boletim de voto.

Além de Marcelo Rebelo de Sousa, Ana Gomes, André Ventura, Marisa Matias, João Ferreira, Tiago Mayan, e Vitorino Silva, também Eduardo Baptista é candidato a Belém, apesar de só ter apresentado 11 assinaturas quando formalizou a candidatura no Tribunal Constitucional, quando a lei obriga a, pelo menos, 7.500.

Os boletins de voto começaram a ser impressos e é o tenente-coronel que aparece em primeiro lugar. Ao Expresso, fonte oficial do TC explicou que “vão a sorteio todas as candidaturas apresentadas, independentemente da sua validação“.

“Só no dia 30 é proferido o acórdão com todas as informações e as eventuais correções necessárias às candidaturas”, acrescentou.

A mesma fonte disse que a responsabilidade da impressão dos boletins com o nome de um candidato que não é elegível é do Ministério da Administração Interna (MAI). “Tudo o que é sobre os boletins de voto é da responsabilidade do MAI.”

O semanário contactou o MAI mas não obteve resposta até à publicação do artigo.

O MAI terá pedido ao TC para o sorteio ser antecipado umas horas para o meio-dia desta segunda-feira, para que os boletins pudessem ser impressos a tempo do voto antecipado, que se realiza entre 11 e 14 de janeiro em hospitais e estabelecimentos prisionais, entre 12 e 14 no estrangeiro e a 17 de janeiro em mobilidade em território nacional.

Até que sejam conferidas, as candidaturas são provisórias. Segundo o Expresso, o processo começou esta terça-feira e prolonga-se até dia 4 de janeiro. No caso da confirmação de irregularidades, as candidaturas têm dois dias para as “suprir” perante o Constitucional e, entre reclamações e recursos, o processo pode prolongar-se até 11 de janeiro.

Isto significa que só entre 4 e 11 de janeiro é que as candidaturas são definitivamente admitidas e os nomes dos candidatos finais enviados à CNE, ao MAI, às Câmaras Municipais, embaixadas, consulados e postos consulares. Sobre a data para impressão dos boletins, não há indicações no calendário da CNE.

No dia 4, é provável que o Palácio Ratton contacte Eduardo Baptista para entregar as assinaturas em falta, algo que o candidato não irá fazer.

“Não tenho meios. Talvez se a comunicação social tivesse noticiado a minha candidatura e as entidades que contactei tivessem resolvido os problemas, conseguisse, mas assim é impossível. Quero ser candidato só com aquelas 11 assinaturas”, disse ao Observador.

O tenente-coronel destacado no Allied Joint Force Command Brunssum queixa-se de o sistema favorecer os candidatos apoiados por partidos políticos e não entende como podem ser exigidas 7.500 proposituras a um cidadão que se queira candidatar.

Além de ser uma “fraude eleitoral”, o sistema não respeita a Constituição por “não permitir que cidadãos comuns possam ser candidatos”, acusou Eduardo Baptista.

Entretanto, o MAI deu ordem para voltar a imprimir os boletins de voto, mas em causa não está o nome de Eduardo Baptista, mas sim os nomes de Ana Gomes e Marcelo Rebelo de Sousa que não estavam completos.

Ao nome de Eduardo Baptista, segue-se o da eurodeputada bloquista Marisa Matias, e o de Marcelo Rebelo de Sousa. Em quarto lugar figura o nome do dirigente da Iniciativa Liberal Tiago Mayan, seguido pelo líder do Chega, André Ventura, o líder do RIR, Tino de Rans, o dirigente comunista João Ferreira e, finalmente, a diplomata Ana Gomes.

Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Postura no mínimo estranha de um militar: «Sim, sim! Eu conheço a lei mas como acho que é estupida e não me favorece, não a vou cumprir.»

    Já a lei que fez de mim oficial, assim que entrei para as forças armadas, só porque tinha uma licenciatura, essa sim. Faz todo o sentido!

  2. Eduardo quem? Se cada Eduardo da vida se pudesse candidatar com 11 assinaturas os boletins de voto tinham que ser em forma de rolo…

RESPONDER

#CancelCanadaDay. População quer pôr fim ao Dia do Canadá

Uma cidade canadiana e uma "Primeira Nação" do país cancelaram formalmente o Dia do Canadá alegando que não querem continuar a homenagear a "tentativa de genocídio" contra os povos indígenas. A prefeita da cidade de Victoria, …

Plástico é responsável por 80% do lixo nos oceanos

Um estudo global publicado na quinta-feira revelou que 80% do lixo encontrado nos oceanos é composto por plástico, sobretudo sacolas e garrafas. Em seguida surge o metal, vidro, roupas e outros artigos têxteis, borracha, papel …

Governo sabia da partilha de dados de ativistas russos desde março

O Governo sabia do envio para a embaixada russa dos dados pessoais dos manifestantes anti-Putin desde março. A notícia foi avançada pela RTP. Os ativistas russos revelaram que a sua queixa sobre a atitude da Câmara …

Nome "Donald" atingiu um recorde de baixa popularidade nos EUA

Donald Trump parece ter garantido que será o "Donald" mais notável dos próximos anos, já que o nome do ex-presidente dos Estados Unidos atingiu o recorde de baixa popularidade, em 2020. Um novo relatório da Social …

Euro2020. Eriksen caiu inanimado no relvado, mas já está "estável"

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador do Inter Milão, de 29 …

Hungria quer proibir conteúdos sobre homossexualidade a menores de 18

O Governo conservador húngaro preparou nova legislação que proíbe a exibição de material pornográfico de qualquer tipo e de quaisquer conteúdos que encorajem a mudança de género ou a homossexualidade a menores de 18 anos. O …

Boris "não hesitará" em suspender acordo por causa da Irlanda do Norte

O primeiro-ministro britânico afirmou, este sábado, que "não hesitará" em suspender o acordo do Brexit se a União Europeia (UE) não mostrar flexibilidade e aceitar aplicá-lo de forma "sensata". "Se o protocolo continua a ser aplicado …

País de Gales 1-1 Suíça | Desperdício helvético com preço alto

Dois golos nascidos em pontapés de canto ditaram, este sábado, um empate 1-1 entre um País de Gales aguerrido e uma Suíça penalizada pela ineficácia ofensiva, num embate da primeira jornada do grupo A do …

Sesimbra também não avança para a nova fase de desconfinamento

O concelho de Sesimbra não vai avançar para uma nova fase de desconfinamento, ao contrário do que estava previsto, devido ao aumento local de casos de covid-19, disse à agência Lusa o presidente da autarquia, …

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …