“É de mau gosto e desnecessário”. Escultura gigante de vulva humana causa controvérsia no Brasil

Uma enorme escultura de betão de uma vulva humana causa polémica no Brasil. A obra de 33 metros de comprimento é obra da artista plástica Juliana Notari, que a instalou numa encosta da Central de Arte, parque de arte rural de Pernambuco.

De acordo com a CNN, a artista plástica Juliana Notari fez uma publicação sobre a obra, intitulada “Diva”, no Facebook no dia 30 de dezembro, detalhando a forma como mais de 20 homens trabalharam na escultura feita à mão, que mede 16 metros de largura e seis metros de profundidade.

Segundo a artista, a obra pretende “questionar a relação entre natureza e cultura na nossa sociedade ocidental falocêntrica e antropocêntrica” e fazer as pessoas questionarem a “problematização do género”.



No entanto, as críticas à escultura não demoraram a chegar. “O órgão sexual não foi criado para ser admirado, muito menos chamado de arte”, escreveu um utilizador do Facebook. “É de mau gosto e desnecessário e não tem sentido. Fez isto porque sabia que haveria crítica e é isso que queria, publicidade.”

“Não basta ver tantas mulheres a exibir as nádegas, a usar calções curtos ou minissaias, agora há uma vagina em campo aberto”, escreveu uma outra utilizadora. “Isto, para mim, nunca pode ser chamado de arte.”

Por outro lado, houve quem elogiasse o trabalho, incluindo Kleber Mendonça Filho, diretor de cinema. “Parabéns Juliana Notari, conseguiu que os homens criassem uma vagina de 30 metros em Pernambuco, durante a presidência do Bolsonaro.A reação à obra de arte reflete o seu sucesso”, escreveu.

Um dos cartoonistas mais conhecidos do Brasil, Laerte Coutinho, uma mulher transexual, também esqueveu que “há muito o que pensar neste trabalho”.

“Diva” é o último de uma série de trabalhos em que Notari aborda a ideia de feridas. “É uma das maiores feridas que criei”, disse a artista, em declarações à CNN. “Essa ferida é, no entanto, infinitamente mais pequena se comparada aos traumas da escravidão, do emprego desprotegido, do ecocídio e dos traumas violentos que aconteceram nesta central, como noutras propriedades coloniais privadas.”

Notari disse ainda ter ficado surpreendida com a resposta. “Mesmo sabendo que é uma obra de arte impactante, nunca pensei que as pessoas sentiriam ódio por ela ou que a resposta tomaria proporções enormes nas redes sociais”, disse.

“‘Diva’ é uma ‘possibilidade’ porque corta o patriarcado estrutural do Brasil, que é continuamente reforçado pelo discurso odioso e de extrema direita de Jair Bolsonaro”, rematou.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

CDS critica “enorme infelicidade” do Presidente e "comunicação desastrosa" do Governo

O CDS-PP criticou hoje as declarações do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, quando disse que no que depender dele não haverá "volta atrás" no desconfinamento, considerando-as de “uma enorme infelicidade”, lamentando também a …

Astronautas entraram pela primeira vez na nova estação espacial chinesa

Três astronautas chineses começaram, esta sexta-feira, a fazer da nova estação espacial da China o seu lar, um dia depois de ali terem chegado, num lançamento bem-sucedido, que marcou um novo avanço no ambicioso programa …

Homicida de Bruno Candé tinha plena consciência dos seus atos. MP quer 22 anos de prisão

Evaristo Marinho, o homicida de Bruno Candé, tinha plena consciência dos seus atos quando cometeu o crime, lê-se no relatório do Instituto Nacional de Medicina Legal. O Ministério Público quer 22 anos de prisão. O Ministério …

Pandemia deixa dezenas de bebés por registar, o que pode "potenciar o tráfico humano"

O encerramento do balcão "Nascer Cidadão", durante a fase mais crítica da pandemia, impediu o registo de bebés nascidos nessa altura. Citando fontes do Hospital de Faro, a rádio TSF avança que as campainhas de alarme …

Auditoria revela 52 casos de envio de dados na CML. Medina lamenta "prática inadequada" (e faz uma demissão)

A auditoria interna pedida por Fernando Medina conclui que a Câmara Municipal de Lisboa enviou dados pessoais de manifestantes a embaixadas 52 vezes, desde que entrou em vigor o Regime Geral de Proteção de Dados …

Salgado chama seis familiares a depor, incluindo um tio de 102 anos

A defesa do ex-presidente do BES vai chamar 40 testemunhas para depor no julgamento no âmbito da Operação Marquês. A lista inclui seis familiares, incluindo um tio de 102 anos. De acordo com o semanário Expresso, …

"Mais próximos do normal". Espanha levanta obrigação de máscaras no exterior na próxima semana

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou hoje que as máscaras vão deixar de ser obrigatórias nos espaços exteriores em Espanha a partir de sábado, dia 26 de junho. "Este será o último fim de semana com …

"É o Governo que tem poder de decidir", diz Marcelo sobre Lisboa

O Presidente da República, que se encontra nos Estados Unidos, escusou-se a comentar as medidas sanitárias decretadas pelo Governo em relação à Área Metropolitana de Lisboa. O Chefe de Estado voltou a frisar à RTP que …

Em Portugal, cinco pessoas morreram após terem vacinação completa. Números não são "preocupantes"

Segundo a Direção-Geral de Saúde, 1.231 pessoas ficaram infetadas com covid-19 já depois de ter concluído o processo de vacinação há 14 dias, 26 delas estão internadas. A Direção-Geral da Saúde (DGS) reportou a existência de …

Aulas acabam hoje para 240 mil alunos. Ano correu "melhor que o anterior, com menos aprendizagens perdidas"

O ano letivo termina hoje para os 9.º, 10.º e 11.º anos.Para cerca de 240 mil alunos hoje é dia de despedidas, depois de mais um ano afetado pela covid-19 que levou a que parte …