Inspirado em Duterte, Sri Lanka retoma pena de morte e recruta carrascos

As autoridades penitenciárias do Sri Lanka anunciaram que estão a recrutar carrascos após o Presidente do país ter prometido encerrar uma moratória de 43 anos sobre a pena de morte e passar a executar traficantes de droga condenados.

O porta-voz do departamento prisional, Thushara Upuldeniya, disse que dois carrascos serão contratados e que os anúncios do recrutamento de mais vão aparecer nos jornais já na próxima segunda-feira. As entrevistas serão realizadas no próximo mês, acrescentou.

Segundo a agência France Press, o anúncio publicado pelas autoridades prisionais refere que os candidatos devem possuir “grande força mental” e “excelentes carácter e valores morais”.

“Em 2014, o último carrasco reformou-se e as três pessoas que o substituíram demitiram-se em poucas semanas, por não terem qualquer função a desempenhar“, escreve a France Press.

O Presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, anunciou que as execuções serão retomadas nos próximos dois meses, num país cuja última execução de um prisioneiro remonta a 1976.

Não é invulgar os tribunais atribuírem como castigo a pena de morte por crimes como a violação, o homicídio e mesmo o tráfico de droga, mas desde 1976 que todas essas penas têm vindo a ser convertidas em prisão perpétua.

O anúncio de Sirisena de acabar com a moratória veio na sequência de uma visita às Filipinas em janeiro, onde elogiou a luta contra as drogas feita por parte do Presidente filipino, Rodrigo Duterte. Sirisena apelidou as políticas como “um exemplo para o mundo”.

Desde que foi eleito chefe de Estado das Filipinas, Rodrigo Duterte lançou uma forte ofensiva governamental contra o tráfico de droga.

Segundo as organizações de direitos humanos, além de 4.200 mortos em operações policiais, há que contabilizar 23.500 homicídios que estão a ser investigados, dos quais entre 12 a 15 mil serão assassinatos encobertos pelo clima de impunidade da campanha antidrogas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Síria. Crianças morrem ao frio após ofensivas do regime de Bashar Al-Assad

A intensificação da ofensiva das forças governamentais em Aleppo e em Idlib, na Síria, levaram a que milhares de famílias tivessem que se deslocar para o noroeste do país, na fronteira com a Turquia. Nas …

Rolando é reforço do Sporting de Braga

Sem clube desde que deixou o Marselha no verão, Rolando é o novo reforço do Sporting de Braga. O defesa de 34 anos deverá ser apresentado pelo clube minhoto ainda hoje. Dado ao facto de estar …

Quinta do Lazareto rende 13 milhões à Sonangol

A alienação da Quinta do Lazareto, um dos ativos imobiliários que a Sonangol pôs à venda em Portugal, rendeu à petrolífera angolana 13 milhões de euros, 45% acima da expetativa inicial, segundo uma administradora da …

Professores exigem negociações sobre progressão da carreira e ameaçam avançar para tribunal

Cerca de 50 professores concentraram-se esta quinta-feira em Bragança, onde decorre o primeiro Conselho de Ministros descentralizado, para exigir a abertura das negociações com a tutela, avisando que, se o Governo não o fizer, a …

Governo dá mais dias de férias a funcionários que se mudem para o interior

O Governo aprova esta quinta-feira em Conselho de Ministros um regime de incentivos para os funcionários da Administração Pública que decidam ir trabalhar para o interior, com ajudas de custo ou compensações financeiras e mais …

Autarquias têm mais um ano para preparar descentralização

O Governo decidiu dar mais tempo às autarquias para estas se prepararem para a descentralização. O prazo passa para o primeiro trimestre de 2022. Segundo avançou o Jornal de Notícias, citado pelo ECO, após críticas aos …

Sá Fernandes ponderou sair do Livre (e apoia eventual candidatura de Ana Gomes a Belém)

Na sua primeira grande entrevista após o caso Joacine, Ricardo Sá Fernandes, dirigente do Livre, revelou ao Observador que ponderou sair do partido e admitiu apoiar uma possível candidatura da ex-eurodeputada socialista Ana Gomes às …

Medina diz desconhecer caso do alegado falso engenheiro

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse esta quarta-feira que não ter informação sobre o alegado falso engenheiro da empresa Tanagra, com quem a autarquia celebrou vários contratos para obras públicas. A TVI noticiou …

Parlamento debate fim das comissões bancárias no MB Way e nas prestações da casa

O Parlamento debate esta quinta-feira projetos do BE, do PCP, do PS, do PAN e do PSD sobre limitação e proibição de comissões bancárias, tendo os bloquistas, que agendaram esta discussão, expectativa de que os …

Castração química. Bloco de Esquerda é contra veto a projeto de lei do Chega (e explica porquê)

A Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias considerou que o projeto de lei do Chega "não preenche os requisitos do ponto de vista constitucional". O Bloco de Esquerda votou contra e explicou …