Durão Barroso recebe reforma antecipada de Bruxelas desde abril

José Manuel Durão Barroso encontra-se a receber a reforma antecipada pelos seus serviços à frente da Comissão Europeia desde o início de abril, disse à Lusa fonte oficial da Comissão em Bruxelas.

“Um antigo membro da Comissão tem o direito a uma pensão vitalícia a partir da data em que alcance os 65 anos de idade”, mas “pode pedir que o início do pagamento dessa pensão comece aos 60 anos“, informou a Comissão.

Nesse caso, indicou ainda a mesma fonte, “aplica-se um coeficiente de redução”, que, no caso de Durão Barroso é de 0.7 – pelo que o ex-presidente da Comissão Europeia estará a receber uma pensão um pouco acima dos 7 mil euros.

O pagamento de uma pensão ou de uma pensão antecipada por Bruxelas, “não limita o direito de um antigo membro da Comissão de assumir um novo emprego. Assim como também não há qualquer lei que proíba a acumulação da pensão com o salário de um novo emprego”, deixa claro a mesma fonte.

Apesar da inexistência de fundamentação legal, cerca de 80 mil pessoas tinham assinado, em agosto, uma petição apelando aos serviços da Comissão Europeia para travarem o pagamento da pensão a Durão Barroso.

A petição online – que agora tem mais de 149 mil assinaturas – foi organizada por trabalhadores da União Europeia que alegam que o comportamento do antigo presidente da Comissão ao aceitar a presidência não executiva do banco de investimento norte-americano Goldman Sachs se revelava como “irresponsável” e “moralmente repreensível”.

O texto da petição faz ainda referência ao papel da Goldman Sachs na crise do “subprime” nos EUA e na crise financeira da Grécia, considerando a escolha de Barroso ao aceitar a posição de “chairman” do banco norte-americano como um “símbolo desastroso” para a União Europeia e uma “dádiva de mão beijada aos euro-fóbicos”.

/Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Lá es´tão os raivosos do costume, aqueles mandriões que nada fizeram ou fazem na vida a reclamar. E os anteriores comissários e presidentes não recebem ? Há muita genta cá e lá que só tem “caca” na cabeça. Eu não recebo mas gostaria, lá isso gostava.

  2. Não há duvida que tanto faz serem portugueses, holandeses, alemães, franceses, italianos ou outros quaiquer, esta gente aprende toda pela mesma cartilha.
    É incrivel como esta chulagem toda se governa, estejemos ou não em crise, façam ou não as maiores barbaridades quando desempenham cargos de poder, prejudicando muitas vezes a própria UE. Andamos todos a trabalhar (refiro-me agora apenas aos países que compõem a UE) para alimentar toda esta elite parasitária e oportunista.

  3. Só invejosos, se estivessem na situação deles queriam o mesmo, não percebo o porquê de ser noticia quando alguém de maneira legal pede reforma antecipada, sinceramente vê-se isso todos os dias em todas as áreas, o problema é não ganharem vocês? Eu sei que gostava de o ganhar e também vocês.

    E sim dª Carmo 7000 são trocos quando comparado com um jogador de futebol, provavelmente é o que um jogador de futebol gasta numa noite de $%#”$$ e vinho verde

  4. É tão triste e repugnante saber que os representantes da UE andam extremamente preocupados com a Ética do Barroso quanto ao lugar que vai ocupar (e não digo que seja contra ou a favor não é isso que venho discutir) mas sim que estes senhores há anos que depois do seu cargo recebem pensões vitalícias de valores exorbitantes e aí já é totalmente aceitável e ninguém coloca a ética em causa!

RESPONDER

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …