Durão Barroso queixa-se de discriminação

O antigo presidente da Comissão Europeia José Manuel Durão Barroso considera que as recentes posições do executivo comunitário sobre a sua ida para a Goldman Sachs são discriminatórias contra si e contra o banco de investimento, além de inconsistentes.

Numa carta enviada a Jean-Claude Juncker, seu sucessor na presidência do executivo comunitário, à qual o Financial Times teve acesso, Durão Barroso aponta que “tem sido argumentado que o mero facto de trabalhar com a Goldman Sachs levanta questões de integridade“, mas sustenta que, embora “todos tenham direito à sua própria opinião, as regras são claras e devem ser respeitadas”, o que considera que não tem sido o caso.

“Estas alegações não têm fundamento e são absolutamente injustas. São discriminatórias contra mim e contra a Goldman Sachs“, escreve Durão Barroso na carta enviada ao atual presidente da Comissão Europeia.

Na semana passada, Juncker, em resposta a questões suscitadas pela Provedora de Justiça europeia, Emily O’Reilly, sobre a nomeação de Barroso para administrador não-executivo na Goldman Sachs Internacional (GSI), informou que um comité de ética analisará o contrato do antigo presidente da Comissão com o banco norte-americano de investimento, e que já deu instruções ao seu gabinete para tratar José Manuel Barroso como qualquer outro lobista com ligações a Bruxelas, em hipotéticas futuras visitas.

Na carta agora enviada a Juncker, Durão Barroso aponta que, embora não tenha, por princípio, qualquer objeção a uma análise pelo comité de ética, ficaria preocupado se uma decisão sobre o seu estatuto “já tiver sido tomada”.

“Se for este o caso, gostaria de entender como é que esta decisão foi tomada, por quem, e com que base”, escreve o ex-presidente da Comissão, que reforça que “não só essas ações são discriminatórias, como parecem ser inconsistentes com decisão tomadas relativamente a outros antigos membros da Comissão”.

Desde a nomeação de Barroso para a Goldman Sachs, a Comissão tem insistido que a mesma respeita os princípios sobre conflito de interesses consagrados no Código de Conduta, que fixa um período mínimo de 18 meses para a assunção de novos compromissos por parte dos ex-comissários europeus.

A nomeação de Barroso para a Goldman Sachs foi tornada pública 20 meses após a sua saída da Comissão Europeia, a que presidiu durante 10 anos (2004 a 2014).

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Este Sr. devia defender-se como defende Portugal e os portugueses, ou seja, deveria dizer que já esperava uma decisão desta da UE, que eles têm toda a razão, e de que iria fazer todos os possíveis para que a UE ainda lhe fizesse pior do que está a fazer 😉

  2. Deixa de ser porco montês, faz mais alguma coisa pela família , lembra-te que eras um MRPP dos mais ferrenho?, Tinha alguma consideração por ti,mas deitas-te tudo a perder, não és Europeu, és um cobarde

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …