Doyen terá tentado contratar Rui Pinto para aceder a servidores da FPF

Rui Pinto / Twitter

Aníbal Pinto, antigo advogado de Rui Pinto, alega que Nélio Lucas, então administrador da Doyen, terá mostrado interesse em contratar Rui Pinto para aceder aos servidores da Federação Portuguesa de Futebol.

O antigo advogado de Rui Pinto é acusado de um crime de extorsão de forma tentada. No entanto, num requerimento de abertura de instrução apresentado pelo advogado, é defendido que a Doeyn quis contratar o hacker português para aceder ilegalmente aos servidores da Federação Portuguesa de Futebol.

Segundo o alegação presente no requerimento, ao qual o jornal Público teve acesso, Nélio Lucas terá-se reunido com Aníbal Pinto e o advogado da Doyen, Pedro Henriques, numa estação de serviço da A5, em Oeiras.

“Igualmente no ensejo, o Nélio Lucas questionou o arguido Aníbal Pinto sobre se o Rui Pinto conseguia entrar nos servidores da Federação Portuguesa de Futebol e que, na afirmativa, o pretendia contratar”, lê-se no documento. A intenção da Doyen terá ficado “ratificada numa conversação, escutada pela PJ e mantida entre o arguido Aníbal Pinto e o dr. Pedro Henriques”.

Aníbal Pinto realça que esta proposta foi o fator que o levou a afastar-se de um acordo e salientou que apenas estava a mediar um eventual contrato de trabalho entre as duas partes. Além disso, defende que “não aceitou colaborar em abordagens que viessem a ser feitas ao Nélio Lucas, tendentes a obter uma quantia compreendida entre meio milhão e um milhão de euros, para não serem tornados públicos certos documentos”.

Segundo a acusação do Ministério Público, em outubro de 2015, Rui Pinto terá contactado Nélio Lucas dizendo que tinha em sua posse documentos confidenciais da Doeyn Sports. O pirata informático mostrou-se disponível a destruir a informação mediante uma “doação generosa” — entre os 500 mil e um milhão de euros.

“Vocês estão a brincar? O meu cliente é um miúdo! Alguém dá um milhão a um miúdo? Isso é uma estupidez”, terá dito Aníbal Pinto, durante a reunião com os representantes da Doyen. É com base nestas alegações que o advogado defende que nunca teve intenções de extorquir dinheiro a ninguém.

O contrato inicialmente celebrado definiu que Rui Pinto receberia anualmente 25 mil euros durante cinco anos. Caso quebrasse a cláusula de confidencialidade, não receberia 100 mil euros adicionais. No entanto, poucos dias depois, o negócio caiu por terra quando Aníbal Pinto percebeu que a Doyen não estava interessada nos serviços prestados pelo seu cliente.

Aníbal Pinto defende ainda que as provas apresentadas por Pedro Henriques contra ele devem ser invalidadas. Na sua opinião, a conduta do advogado da Doyen viola os códigos de sigilo profissional da advocacia.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …