Dove retira anúncio “racista” e pede desculpa

(dr)

A publicidade destinada às redes sociais mostrava uma mulher negra a transformar-se em branca depois de usar um gel de banho da marca.

A Dove, marca da multinacional Unilever, publicou, este sábado, no Facebook, um vídeo publicitário em que uma mulher negra, ao tirar a t-shirt, transforma-se numa mulher de pele branca que, por sua vez, também se transforma numa terceira mulher morena e de cabelo preto.

Para muitos internautas, este efeito visual criou a sensação de que “a troca de pele” teria acontecido graças ao uso do gel de banho, o que gerou numerosas acusações de racismo.

A chuva de críticas levou a marca a retirar imediatamente a publicidade, mas muitos utilizadores conseguiram copiar e gravar as imagens do vídeo, sendo novamente divulgadas nas redes sociais.

​​No mesmo dia, a Dove fez um pedido de desculpas. “A imagem que recentemente publicámos no Facebook não conseguiu representar as cores de pele das mulheres de forma respeitosa. Lamentamos profundamente as ofensas que podem ter sido causadas”, escreveu a marca na sua conta oficial do Twitter.

​Contudo, vários internautas acreditam que muitas pessoas se apressaram a tirar conclusões sem ter visto o vídeo todo, ou seja, sem ter visto a terceira “transformação”, na qual a mulher caucasiana “tira a pele” e se transforma numa latina.

Olhando para as sequência completa de imagens, efectivamente, talvez a notícia de que a Dove fez mais um anúncio racista seja ligeiramente exagerada. E há quem diga mesmo que é uma acusação fake de racismo por parte de quem, inadvertidamente ou com intuitos maliciosos, se apressou mais uma vez a lançar a indignação nas redes sociais.

No entanto, esta não é a primeira vez que a marca é acusada de discriminação racial. Em 2011, a Dove apresentou um anúncio em que colocava três mulheres, a primeira com a pele mais escura e a última com uma cor de pele mais clara, como se a mulher branca fosse o bom resultado conseguido graças à utilização dos produtos da marca.

​Em 2015, lançou um creme de verão destinado para “peles normais às mais escuras”.

E aos que clamam que este é mais um caso de mera “fúria despropositada nas redes sociais” com uma situação que eventualmente nem o merecia, não faltou quem tivesse tido o cuidado de contextualizar o mais recente anúncio no histórico de anúncios racistas da Unilever, marca mãe da Dove.

PARTILHAR

RESPONDER

Acabou caça ao homem. Suspeito do atentado de Estrasburgo morto pela polícia

A polícia francesa matou na noite desta quinta-feira Chérif Chekatt, identificado como autor do atentado que deixou três mortos e 14 feridos terça-feira na cidade de Estrasburgo, no leste do país. O suspeito estava armado …

Excesso de peso responsável por quase 4% dos cancros no mundo

O excesso de peso é responsável por quase 4% dos cancros no mundo, com a prevalência a aumentar rapidamente na maioria dos países em todos os grupos populacionais, revelou a Sociedade Americana de Cancro (SAC). Políticas, …

Taylor Swift usou reconhecimento facial num concerto para detetar perseguidores

Taylor Swift usou um sistema de reconhecimento facial durante um concerto para evitar a proximidade da cantora com pessoas identificadas como seus perseguidores. Numa altura em que o reconhecimento facial é cada vez mais utilizado pelas …

Sporting vs Vorskla | Leão cumpre serviços máximos

O Sporting fechou a participação no Grupo E da Liga Europa com mais uma vitória, com 3 golos sem resposta, marcados na primeira parte. A formação leonina recebeu e venceu o Vorskla Poltava por 3-0, e …

Esta noite há chuva de estrelas

Olhe para o céu esta noite, terá um presente vindo do Espaço. A noite de hoje, quinta-feira, para amanhã, será a melhor altura para ver a chuva de meteoros das Gemínidas. A chuva de meteoros das …

Jornal finlandês está a dar as "notícias feias" do mundo em sweaters de Natal

A "ugly sweater" é já uma moda na época festiva. Mas um jornal finlandês decidiu mudar um pouco as coisas: pegou nas notícias mais feias do ano para conceber as mais feias camisolas de Natal. Helsingin …

Tribunal condena número três do Vaticano por abusos sexuais

O cardeal australiano George Pell, que dirige a secretaria da Economia do Vaticano, foi esta quinta-feira considerado culpado pela justiça australiana de abuso sexual a duas crianças por um tribunal em Melbourne. De acordo com as …

Padre russo exibia Gucci e Louis Vitton na Internet. Agora tem processo disciplinar

O padre russo Viacheslav Baskakov gostava de roupa e acessórios de luxo e não resistia em mostrá-los no Instagram. Agora, tem um processo disciplinar. Baskakov fazia questão de se exibir na rede social, ostentando os produtos …

Boris, o robô altamente avançado, era afinal um homem disfarçado

Num fórum dedicado à robótica, a estação televisiva Rússia 24 apresentou um robô humanóide altamente avançado. Mas Boris era apenas um disfarce. Tudo aconteceu na Rússia, num fórum de jovens dedicado à robótica. A estação televisiva …

Polícia francesa lança importante operação em Estrasburgo

Uma importante operação policial estava a decorrer esta quinta-feira à tarde no bairro de Neudorf, em Estrasburgo, onde foi perdido o rasto de Chérif Chekatt, autor do tiroteio num mercado de Natal na noite de …