Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

(dr) UPC

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal.

No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu em Terrassa, uma cidade na Catalunha. O evento foi testemunhado por muitas pessoas que, sem conhecimento, pensaram tratar-se de um sinal divino. Aliás, foi assim retratado por inúmeras fontes históricas que sobrevivem até hoje.

Porém, sempre se pensou que não tinham sido preservados quaisquer fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, como ficou conhecido. Até agora.

Segundo o jornal ABC, mais de três séculos depois, cientistas da Universidade Politécnica da Catalunha e do Museu de Ciências Naturais de Barcelona conseguiram identificar dois pequemos fragmentos do meteorito, que até então passaram despercebidos, numa coleção de objetos de uma família de boticários catalães.

“Encontrar um meteorito 300 anos depois é incrível. Não sei se há algum caso como este”, declarou Jordi Llorca, diretor do Centro de Investigação de Ciência e Engenharia Multiescala da UPC e autor principal do estudo publicado na revista científica Meteoritics and Planetary Science.

De acordo com o jornal espanhol, os dois fragmentos, de 50 e 35 gramas, estavam guardados num frasco de vidro com algumas anotações nas quais ainda se consegue ler “meteorito?” e “pedra que caiu (…) 1704”.

Os investigadores compararam estes achados com fragmentos dos quatro meteoritos que se sabe terem caído ou que foram encontrados na Catalunha entre 1851 e 1905 e concluíram que estes eram diferentes. Não restavam dúvidas: os fragmentos pertenciam ao meteorito que caiu, em 1704, naquele dia de Natal.

“Não se sabe como é que a família conseguiu os fragmentos, mas estes foram recolhidos logo após o impacto“, afirmou Llorca, justificando-se com o facto de as rochas serem muito frescas (ainda têm casca preta).

Compostos, principalmente, por silicatos e pequenas partículas metálicas, os fragmentos provêm de um condrito, um tipo muito comum de meteorito. A equipa acredita que este fazia parte de um dos asteróides primitivos que se agrupam num cinturão entre as órbitas de Marte e de Júpiter.

“Podem ter aproximadamente 4600 milhões de anos, muito mais antigos do que qualquer rocha terrestre, conclui o autor do estudo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …