Depois do Instagram, o Facebook também quer esconder os “gostos”

Depois de o Instagram ter iniciado o teste em alguns países, é a vez do Facebook. A rede social liderada por Mark Zuckerberg está a considerar ocultar o número de likes nas publicações dos utilizadores que constam do feed de notícias.

A investigadora Jane Wong esteve a explorar o código da versão Android da app do Facebook e notou que os utilizadores da rede social apenas conseguiam ver alguns nomes de amigos que haviam feito like e não a contagem total. Confrontado com esta informação, o Facebook admitiu que experimentaria retirar estes likes mas não especificou quando teria início o teste ou em que mercados será.

O objetivo, de acordo com o portal Tech Crunch, é evitar que os utilizadores se comparem uns com os outros ou que sintam que fizeram publicações “inadequadas” quando não receberam tantos gostos como em publicações anteriores. Além disso, o Facebook quer evitar que os utilizadores eliminem publicações pelo simples facto de não terem alcançado o número de likes que desejavam.

Esta alteração torna apenas público o nome de alguns amigos em comum que tenham gostado da publicação e não, como ainda acontece, o número total de gostos.

Se a rede social decidir avançar com este modelo que esconde o número de gostos, é provável que o faça gradualmente, tal como tem feito no Instagram – que também é do Facebook -, cujo modelo começou por ser testado no Canadá e, depois, estendeu-se a outros seis países: Brasil, Austrália, Nova Zelândia, Itália, Irlanda e Japão.

Quando anunciou que iria iniciar a testar este modelo, o Instagram explicou que a mudança pretendia “levar as pessoas a focarem-se nas fotos e vídeos que partilham e não no número de likes que conseguem ter”, revelando impactos positivos na saúde mental dos utilizadores.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.