Director de informação da RTP demite-se

RTP

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira, apresentou esta sexta-feira a sua demissão, que foi aceite, revelou a administração da RTP, acrescentando que convidou José Manuel Portugal para o cargo.

Paulo Ferreira demitiu-se da função de director de informação da RTP, de acordo com informações da estação de televisão.

José Manuel Portugal é o nome indicado para suceder ao jornalista na Direcção de Informação. O actual director-adjunto para a área internacional de televisão e de rádio terá ainda de ser sujeito a parecer prévio (não vinculativo) da Entidade Reguladora da Comunicação Social.

Em comunicado, a RTP diz que convidou Paulo Ferreira para assumir o cargo de gestor de inovação na área da informação, o que foi aceite pelo até agora diretor de informação, que irá agora concretizar “projetos estruturantes que se avizinham” em virtude do Plano de Desenvolvimento e Redimensionamento da RTP.

“Para a efetiva concretização, Paulo Ferreira apresentou, por essa razão, a demissão dos cargos de diretor de informação dos serviços de programas de televisão generalistas de âmbito nacional da RTP e de diretor do serviço de programas RTP Informação, pedido este que foi aceite”, afirma a administração liderada por Alberto da Ponte.

O Conselho de Administração da RTP lembra que pretende implementar, a partir de janeiro, o Núcleo de Inovação e Criatividade, “que atuará como dinamizador e catalisador, interna e externamente, de uma abordagem distintiva do que a RTP pretende promover nas suas antenas e canais”, e sublinha ainda que o futuro contrato de concessão “considera igualmente a criatividade como uma orientação clara para o papel do serviço público de media”.

Paulo Ferreira justifica demissão com defesa dos “interesses gerais” da RTP

O diretor de informação da RTP, Paulo Ferreira, diz que abandona o cargo devido a uma “decisão pessoal” que resulta de uma leitura sobre o que “melhor defende os interesses gerais da RTP” e da informação da estação.

“A minha saída destas funções resulta de uma decisão pessoal, sustentada na leitura que faço sobre o que melhor defende os interesses gerais da RTP e, em particular, os da fundamental área da informação”, diz Paulo Ferreira numa carta enviada ao presidente do conselho de administração da RTP, Alberto da Ponte.

Paulo Ferreira destaca também a “total autonomia de decisão editorial” que diz ter sido dada “sem qualquer reserva” pela administração da empresa à sua direção de informação, “num respeito exemplar pelas regras e de acordo com as melhores práticas das empresas de comunicação social”.

Num outro texto, dirigido à redação da RTP, e ao qual a Lusa teve também acesso, o jornalista enaltece que a empresa “tem as melhores condições para praticar um jornalismo independente, isento de interferências dos poderes, sejam eles quais forem”, e “utiliza essas condições com profissionalismo e responsabilidade”.

“Estão aqui alguns dos melhores profissionais com quem tive a honra de trabalhar em toda a minha carreira, que já não é pequena”, diz no texto.

Demissão de Paulo Ferreira apenas “peca por tardia”, diz CT

A Comissão de Trabalhadores da Rádio Televisão Portuguesa (RTP) considerou hoje que a demissão do diretor de informação da estação pública, Paulo Ferreira, já “era esperada” e apenas “peca por tardia”.

“A demissão de Paulo Ferreira era esperada porque alguém que perde a confiança da sua redação tem que sair e só peca por tardia”, disse à agência Lusa Camilo Azevedo, da Comissão de Trabalhadores da RTP, numa alusão ao plenário de jornalistas que em outubro determinou a perda de confiança na direção de informação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …

Paris acordou repleto de cartazes que denunciam violência contra as mulheres

Um dos bairros de Paris acordou com cartazes, escritos em português, numa ação de rua contra a violência sobre as mulheres, uma iniciativa do movimento "Collages Feminicides", que tem feito este tipo de ações ilegais …

Ana Julia Quezada declarada culpada no caso da morte de Gabriel

Um júri popular considerou esta quinta-feira por unanimidade que Ana Julia Quezada é culpada de assassinar, com maldade (que segundo o código pena espanhol serve de agravante penal), Gabriel, o filho de oito anos do …

Burger King vai deixar de oferecer brinquedos de plástico nas refeições infantis

A cadeia de hambúrgueres Burger King no Reino Unido vai deixar completamente de usar plástico não biodegradável nos brinquedos que acompanham as refeições infantis. A decisão segue-se a uma petição pública lançada no site Change.org por …

Presidente veta “barrigas de aluguer”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vetou esta quinta-feira a alteração à lei relativa à procriação medicamente assistida, em consequência de o Tribunal Constitucional (TC) ter declarado inconstitucional duas normas do diploma. “Na sequência …

Raquel é a nova embaixadora do combate às alterações climáticas da ONU

A investigadora Raquel Gaião Silva promete dar o seu melhor como embaixadora da juventude para o combate às alterações climáticas, estatuto que alcançou ao vencer um concurso internacional de vídeo promovido pela ONU. "É uma responsabilidade. …