Director de informação da RTP demite-se

RTP

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira, apresentou esta sexta-feira a sua demissão, que foi aceite, revelou a administração da RTP, acrescentando que convidou José Manuel Portugal para o cargo.

Paulo Ferreira demitiu-se da função de director de informação da RTP, de acordo com informações da estação de televisão.

José Manuel Portugal é o nome indicado para suceder ao jornalista na Direcção de Informação. O actual director-adjunto para a área internacional de televisão e de rádio terá ainda de ser sujeito a parecer prévio (não vinculativo) da Entidade Reguladora da Comunicação Social.

Em comunicado, a RTP diz que convidou Paulo Ferreira para assumir o cargo de gestor de inovação na área da informação, o que foi aceite pelo até agora diretor de informação, que irá agora concretizar “projetos estruturantes que se avizinham” em virtude do Plano de Desenvolvimento e Redimensionamento da RTP.

“Para a efetiva concretização, Paulo Ferreira apresentou, por essa razão, a demissão dos cargos de diretor de informação dos serviços de programas de televisão generalistas de âmbito nacional da RTP e de diretor do serviço de programas RTP Informação, pedido este que foi aceite”, afirma a administração liderada por Alberto da Ponte.

O Conselho de Administração da RTP lembra que pretende implementar, a partir de janeiro, o Núcleo de Inovação e Criatividade, “que atuará como dinamizador e catalisador, interna e externamente, de uma abordagem distintiva do que a RTP pretende promover nas suas antenas e canais”, e sublinha ainda que o futuro contrato de concessão “considera igualmente a criatividade como uma orientação clara para o papel do serviço público de media”.

Paulo Ferreira justifica demissão com defesa dos “interesses gerais” da RTP

O diretor de informação da RTP, Paulo Ferreira, diz que abandona o cargo devido a uma “decisão pessoal” que resulta de uma leitura sobre o que “melhor defende os interesses gerais da RTP” e da informação da estação.

“A minha saída destas funções resulta de uma decisão pessoal, sustentada na leitura que faço sobre o que melhor defende os interesses gerais da RTP e, em particular, os da fundamental área da informação”, diz Paulo Ferreira numa carta enviada ao presidente do conselho de administração da RTP, Alberto da Ponte.

Paulo Ferreira destaca também a “total autonomia de decisão editorial” que diz ter sido dada “sem qualquer reserva” pela administração da empresa à sua direção de informação, “num respeito exemplar pelas regras e de acordo com as melhores práticas das empresas de comunicação social”.

Num outro texto, dirigido à redação da RTP, e ao qual a Lusa teve também acesso, o jornalista enaltece que a empresa “tem as melhores condições para praticar um jornalismo independente, isento de interferências dos poderes, sejam eles quais forem”, e “utiliza essas condições com profissionalismo e responsabilidade”.

“Estão aqui alguns dos melhores profissionais com quem tive a honra de trabalhar em toda a minha carreira, que já não é pequena”, diz no texto.

Demissão de Paulo Ferreira apenas “peca por tardia”, diz CT

A Comissão de Trabalhadores da Rádio Televisão Portuguesa (RTP) considerou hoje que a demissão do diretor de informação da estação pública, Paulo Ferreira, já “era esperada” e apenas “peca por tardia”.

“A demissão de Paulo Ferreira era esperada porque alguém que perde a confiança da sua redação tem que sair e só peca por tardia”, disse à agência Lusa Camilo Azevedo, da Comissão de Trabalhadores da RTP, numa alusão ao plenário de jornalistas que em outubro determinou a perda de confiança na direção de informação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …

DGS recomenda vacinação de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades

A diretora-geral da Saúde anunciou, esta sexta-feira, que a DGS só recomenda, para já, a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. Numa conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, Graça …

Onda de calor e seca podem agravar crise alimentar na Coreia do Norte

No início do verão, o líder norte-coreano Kim Jong Un descreveu a situação alimentar do país como "tensa", após o encerramento da fronteira causado pela pandemia e cheias devastadoras. No meio da estação, um ciclo …