Director de informação da RTP demite-se

RTP

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira

O director de informação da RTP, Paulo Ferreira, apresentou esta sexta-feira a sua demissão, que foi aceite, revelou a administração da RTP, acrescentando que convidou José Manuel Portugal para o cargo.

Paulo Ferreira demitiu-se da função de director de informação da RTP, de acordo com informações da estação de televisão.

José Manuel Portugal é o nome indicado para suceder ao jornalista na Direcção de Informação. O actual director-adjunto para a área internacional de televisão e de rádio terá ainda de ser sujeito a parecer prévio (não vinculativo) da Entidade Reguladora da Comunicação Social.

Em comunicado, a RTP diz que convidou Paulo Ferreira para assumir o cargo de gestor de inovação na área da informação, o que foi aceite pelo até agora diretor de informação, que irá agora concretizar “projetos estruturantes que se avizinham” em virtude do Plano de Desenvolvimento e Redimensionamento da RTP.

“Para a efetiva concretização, Paulo Ferreira apresentou, por essa razão, a demissão dos cargos de diretor de informação dos serviços de programas de televisão generalistas de âmbito nacional da RTP e de diretor do serviço de programas RTP Informação, pedido este que foi aceite”, afirma a administração liderada por Alberto da Ponte.

O Conselho de Administração da RTP lembra que pretende implementar, a partir de janeiro, o Núcleo de Inovação e Criatividade, “que atuará como dinamizador e catalisador, interna e externamente, de uma abordagem distintiva do que a RTP pretende promover nas suas antenas e canais”, e sublinha ainda que o futuro contrato de concessão “considera igualmente a criatividade como uma orientação clara para o papel do serviço público de media”.

Paulo Ferreira justifica demissão com defesa dos “interesses gerais” da RTP

O diretor de informação da RTP, Paulo Ferreira, diz que abandona o cargo devido a uma “decisão pessoal” que resulta de uma leitura sobre o que “melhor defende os interesses gerais da RTP” e da informação da estação.

“A minha saída destas funções resulta de uma decisão pessoal, sustentada na leitura que faço sobre o que melhor defende os interesses gerais da RTP e, em particular, os da fundamental área da informação”, diz Paulo Ferreira numa carta enviada ao presidente do conselho de administração da RTP, Alberto da Ponte.

Paulo Ferreira destaca também a “total autonomia de decisão editorial” que diz ter sido dada “sem qualquer reserva” pela administração da empresa à sua direção de informação, “num respeito exemplar pelas regras e de acordo com as melhores práticas das empresas de comunicação social”.

Num outro texto, dirigido à redação da RTP, e ao qual a Lusa teve também acesso, o jornalista enaltece que a empresa “tem as melhores condições para praticar um jornalismo independente, isento de interferências dos poderes, sejam eles quais forem”, e “utiliza essas condições com profissionalismo e responsabilidade”.

“Estão aqui alguns dos melhores profissionais com quem tive a honra de trabalhar em toda a minha carreira, que já não é pequena”, diz no texto.

Demissão de Paulo Ferreira apenas “peca por tardia”, diz CT

A Comissão de Trabalhadores da Rádio Televisão Portuguesa (RTP) considerou hoje que a demissão do diretor de informação da estação pública, Paulo Ferreira, já “era esperada” e apenas “peca por tardia”.

“A demissão de Paulo Ferreira era esperada porque alguém que perde a confiança da sua redação tem que sair e só peca por tardia”, disse à agência Lusa Camilo Azevedo, da Comissão de Trabalhadores da RTP, numa alusão ao plenário de jornalistas que em outubro determinou a perda de confiança na direção de informação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nuno Freitas é o novo presidente da CP

O Governo nomeou Nuno Freitas como novo presidente da CP – Comboios de Portugal, num Conselho de Administração alargado a cinco elementos, sucedendo a Carlos Nogueira, cujo mandado terminava no final deste ano. De acordo com …

Erros na prescrição obrigam a novas medidas de segurança para medicamentos para cancro e doenças inflamatórias

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) recomenda novas medidas de segurança para evitar erros na prescrição e administração de medicamentos com metotrexato. Devido a erros de prescrição, a Agência Europeia do Medicamento recomenda novas medidas de …

Cartel de construtoras dos estádios do Mundial do Brasil investigado

Foi aberto um processo administrativo para investigar um cartel mantido por empresas de engenharia que atuou nas obras dos estádios usados no Mundial de futebol do Brasil, em 2014. O Governo brasileiro informou esta quarta-feira que …

Novos modelos de carros elétricos vão triplicar. Produção em Portugal "será praticamente inexistente"

O número de modelos de veículos elétricos irá triplicar no mercado europeu até 2021, mas a produção destes veículos em Portugal será praticamente inexistente até 2025, indica um estudo da Federação Europeia dos Transportes e …

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

A Comissão Europeia abriu, esta quarta-feira, uma investigação à Amazon para determinar se a empresa usou informações pessoais “confidenciais” de vendedores independentes, quebrando as regras comunitárias na área da concorrência. A Comissão Europeia abriu uma investigação …

Parlamento não sabe o que fazer ao Acordo Ortográfico

Depois de dois anos de meio, foram ouvidas 16 entidades, recebidos 20 contributos escritos, houve uma petição, um projeto de resolução chumbado e uma iniciativa legislativa de cidadãos. Mas a Assembleia da República continua sem …

Ministério da Educação quer reduzir peso excessivo das mochilas dos alunos

O Ministério da Educação lançou esta quinta-feira uma campanha para sensibilizar pais, alunos, professores e diretores escolares a adotar medidas que reduzam o peso excessivo das mochilas dos alunos. A campanha de sensibilização lançada esta quinta-feira …

Morreu o eurodeputado do PS André Bradford. Estava em coma induzido

O eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 8 deste mês, faleceu nesta quinta-feira no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, revelou à agência Lusa fonte do PS/Açores. Bradford, …

Crise dos opióides nos EUA: 76 mil milhões de comprimidos e 70 mil overdoses

Entre 2006 e 2012 foram distribuídos setenta e seis mil milhões de comprimidos de duas substâncias opióides, a oxicodona e a di-hidrocodeína. As mais de 70 mil registadas em 2017 representam um aumento para o …

Erosão da costa portuguesa é grave (e vai piorar)

As zonas da costa com ocupação humana são as mais atingidas pelos efeitos da erosão costeira em Portugal, uma situação que vai agudizar-se, apesar das medidas que têm sido tomadas e que custam anualmente milhões …