/

Afinal gastar dinheiro para poupar tempo “compra” felicidade

4

Pagar para ganhar mais tempo livre aumenta a sensação felicidade, segundo um novo estudo que mostrou que os indivíduos se sentiam mais felizes quando gastavam dinheiro para ter mais tempo à disposição – como pagar a alguém para realizar tarefas domésticas – em vez de gastar dinheiro em bens materiais.

Os psicólogos explicam que o stress devido à falta de tempo reduz o bem-estar e contribui para a ansiedade e a insónia. Ainda assim, até as pessoas mais ricas em países como os EUA, Canadá e Holanda são relutantes em pagar a outras pessoas para fazer trabalhos que não gostam de fazer.

“Numa série de questionários, descobrimos que as pessoas que gastam dinheiro para comprar mais tempo livre são mais felizes, ou seja, sentem-se mais satisfeitas”, disse Elizabeth Dunn, professora de psicologia da Universidade de British Columbia, no Canadá.

Satisfação na vida

O aumento da renda em vários países provocou um novo fenómeno. Da Alemanha aos Estados Unidos, as pessoas relatam a constante falta de tempo e consequente stress por realizar tarefas diárias num determinado prazo.

No estudo, que envolveu especialistas de três países, 6.271 adultos dos Estados Unidos, Canadá, Dinamarca e Holanda, incluindo 818 milionários, responderam uma questionário sobre quanto dinheiro é que gastam para “comprar” tempo.

Os cientistas descobriram que menos de um terço dos indivíduos gastava dinheiro com esse propósito a cada mês – e os que o faziam relatavam maior satisfação com a vida do que os restantes.

Depois, 60 trabalhadores adultos de Vancouver, no Canadá, participaram numa experiência de duas semanas. Na primeira, os participantes puderam usar 40 dólares para comprar algo que lhes salvaria tempo.

Os voluntários usaram o dinheiro para ter o lanche entregue no trabalho ou pagar um serviço de limpeza. No final de semana seguinte, puderam gastar a mesma quantia em bens materiais, como vinho, roupas e livros.

O estudo, publicado nesta segunda-feira no Proceedings of the National Academy of Sciences, descobriu que poupar tempo trazia mais felicidade por reduzir o stress.

“O dinheiro pode realmente comprar tempo. E comprar tempo de forma bem eficiente”, disse Dunn, que trabalhou com colegas da Harvard Business School e da Universidade de Maastricht.

  ZAP // BBC

4 Comments

  1. Realmente que estudo de m***. Esqueceram se da tal pessoa que recebeu o dinheiro para lavar a casa do tipo que tem dinheiro. Com certeza a Sra. nãoo vai gastar esse dinheiro para comprar tempo, mas sim para pagar dívidas e sobreviver.
    É como tudo, isto não dá para todos.

    • Se calhar compra um smartphone. Todas elas parecem ter um melhor que o meu. 5 a 7 euros/hora, livres de impostos não é fortuna, mas tomaram muitos jovens licenciados. O mundo cretino que nos programa para achar normal “ganhar” dinheiro trocando tempo de vida por dinheiro, e, hoje em dia, muita gente nem parece encontrar forma de fazer essa troca. E com a m3rda dos robots “inteligentes” , dentro em pouco nem limpar o chão nem trabalho de fábrica ou de escritório se arranja. Depois como é? Se não houvesse salário mínimo muitos “empregos” nem pagavam (quase) nada a ninguém. E acham que é normal e legítimo. Existe um nome para este estado de coisas. Disseram-nos que havia sido abolido há uns séculos. Agora regressa a toda a força.

  2. Compreendo a notícia. Muitas vezes utilizo horas para consertar o meu próprio carro ou fazer manutenção na casa que poderia aproveitar para outras actividades mais “felizes”. Haja dinheiro para comprar feito…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE