Gémeas, mas não tanto. Cientistas detetam diferenças nos discos de galáxias ativas e não ativas

Uma equipa de cientistas do Instituto de Astrofísica das Ilhas Canárias (IAC) comparou a dinâmica dos discos galácticos entre pares de galáxias espirais ativas e não ativas.

Atualmente, há evidências científicas de que os buracos negros supermassivos que residem no centro da maioria das galáxias têm uma grande influência na sua evolução. Em algumas galáxias, o buraco negro consome o material ao seu redor a uma taxa muito alta, emitindo uma grande quantidade de energia.

Nestes casos, segundo o SciTechDaily, diz-se que a galáxia tem um núcleo ativo (ou AGN). O material que alimenta o AGN deve estar inicialmente em regiões distantes do núcleo, na região conhecida como disco da galáxia, girando em torno do centro.

Para Ignacio del Moral Castro, estudar os mecanismos que controlam a relação entre o núcleo ativo e o resto da galáxia é fundamental e, para isso, é importante entender de que forma esses objetos evoluem e se formam. Por esse motivo, o seu objetivo era estudar e comparar galáxias quase gémeas, cuja diferença é a atividade nuclear.

O estudo, publicado recentemente na Astronomy & Astrophysics Letters, consistiu em comparar a dinâmica dos discos galácticos entre os diferentes pares de galáxias gémeas. Para isso, os cientistas utilizaram dados da cartografia CALIFA (Calar Alto Legacy Integral Field Area Survey).

Num primeiro momento, a equipa identificou galáxias espirais ativas dentro do CALIFA e, para cada uma delas, os cientistas procuraram uma inativa que tivesse propriedades globais equivalentes – a mesma massa, luminosidade, orientação, uma aparência semelhante e outros fatores.

A equipa propôs dois cenários para explicar as diferenças dinâmicas entre galáxias ativas e não ativas. Um primeiro cenário sugere que este resultado é fruto da transferência do momento angular entre o gás que caiu em direção ao centro e a matéria que permanece no disco.

O segundo cenário envolve a consideração de uma fonte externa de gás, através da captura de pequenas galáxias satélites próximas. Ambos os cenários são compatíveis com o que foi observado e não se excluem entre si.

“O resultado surpreendeu-nos. Não esperávamos encontrar este tipo de diferenças em grande escala, visto que a duração da fase ativa é muito curta em comparação com a vida das galáxias e com o tempo envolvido nas mudanças morfológicas e dinâmicas”, disse Begoña García Lorenzo, investigadora do IAC e co-autora do estudo.

“Achávamos que todas as galáxias passam por fases ativas ao longo das suas vidas. No entanto, este resultado pode indicar que, afinal, não é bem assim. Caso se verifica, isto significaria uma mudança importante nos modelos atuais“, acrescenta Cristina Ramos Almeida, também cientista do IAC.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos encontram uma das mais antigas estrelas do Universo

Uma equipa de investigadores descobriu uma estrela gigante vermelha a 16 mil anos-luz de distância que parece ser um membro da segunda geração de estrelas do Universo. Embora tenhamos uma boa compreensão da forma como o …

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …