Dieta vegetariana é duas vezes mais eficaz na perda de peso

tipstimesadmin / Flickr

-

Quando se trata de perder gordura, uma dieta vegetariana é duas vezes mais eficaz do que a carnívora, concluiu um novo estudo científico.

De acordo com esta investigação, publicada no Journal of the American College of Nutrition, uma alimentação vegetariana acelera o metabolismo, reduzindo factores de risco da síndrome metabólica – um conjunto de itens de risco, essencialmente cardiovasculares, que têm por base a obesidade abdominal – e a diabetes tipo 2.

Uma dieta vegetariana também contribui para o alcance da perda de peso desejada, melhora o controlo da glicemia e aumenta a sensibilidade à insulina.

Além disso, conforme estudos anteriores, as dietas vegetarianas e vegans com baixo teor de gordura promovem um maior controlo glicémico e reduzem factores de risco cardiovasculares.

“As dietas vegetarianas já provaram ser mais efectivas para a perda de peso. Contudo, também demonstrámos que uma dieta vegetariana é muito mais efectiva para a redução da gordura muscular, logo, melhorando o metabolismo”, constata a investigadora que liderou o estudo, Hana Kahleová, Directora de Pesquisa Clínica do Comité de Médicos para uma Medicina Responsável, uma organização sem fins lucrativos.

“A descoberta é importante para as pessoas que estão a tentar perder peso, incluindo as que sofrem de síndrome metabólica e/ou de diabetes tipo 2. Mas também é relevante para quem quer levar a gestão do seu peso muito a sério e quer permanecer elegante e saudável”, acrescenta a investigadora, citada pelo site especializado MedicalXpress.

Dieta vegetariana fez perder duas vezes mais peso

Os investigadores acompanharam 74 pessoas com diabetes tipo 2 que foram divididos em dois grupos, recebendo duas dietas distintas – uma anti-diabética, seguindo recomendações da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes (EASD), e a outra vegetariana, consistindo em frutas, vegetais, nozes, sementes, grãos e legumes, com produtos animais limitados a uma porção diária de iogurte com baixo teor de gordura.

Nos três primeiros meses, os participantes foram aconselhados a não mudarem os seus hábitos de exercícios físicos. Depois, nos três meses seguintes, foi adicionado um programa de exercícios aeróbicos à rotina.

Com o objectivo de avaliar o potencial da perda de peso de cada grupo, todos os participantes tiveram as suas dietas limitadas a 500 calorias diárias, menos do que precisavam para manter o peso.

Ao cabo de seis meses, aqueles que seguiram a dieta vegetariana perderam, em média, seis quilos, contra apenas três quilos a menos naqueles que seguiram a dieta convencional.

Com base nos resultados, a dieta vegetariana pode fazer perder duas vezes mais peso do que uma dieta somente de restrição calórica.

Na dieta vegetariana, 60% das calorias vieram de hidratos de carbono, 15% de proteínas e 25% de gordura. Já na convencional dieta anti-diabética, 50% vieram de hidratos de carbono, 20% de proteínas e 30% de gorduras, limitando as saturadas em 7%.

Os cientistas avaliaram também como a dieta afectava directamente o armazenamento de gordura dos participantes. Nas duas dietas, os participantes tiveram quase o mesmo nível de redução de gordura subcutânea, que fica logo abaixo da pele.

No entanto, quando foram analisadas as perdas de gordura subfascial, localizada na superfície dos músculos, e intra-muscular, de dentro dos músculos, aqueles que seguiram a dieta vegetariana apresentaram uma redução muito maior.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. há aqui um facto que não bate certo.
    500 calorias diárias é MUITO menos daquilo que é preciso e ainda assim só perderam em média 6kg em 6 meses? acho estranho.
    Seria muito mais “normal” se fosse 500 calorias menos (sem vírgula) ou seja cerca de 1500…

  2. Queres perder peso, passem fome, sem duvida que resulta.
    Quanto aos vegetarianos… um medico americano em tempos disse: a raça humana evoluiu durante milhares de anos para ser omnívora, e este senhores (os vegetarianos) querem no espaço de uma geração transformarem-se em vacas.
    Só posso dizer que concordo…

RESPONDER

Físicos produziram o campo magnético mais forte e controlável de sempre

Um grupo de cientistas do Instituto de Física do Estado Sólido da Universidade de Tóquio, no Japão, produziu o campo magnético mais forte e controlável já criado em ambientes fechados - é um macro para …

"Impossível" puzzle químico do ouro foi finalmente resolvido

Uma equipa de cientistas russos e alemães conseguiu decifrar o segredo da estabilidade da estrutura cristalina do calaverita (AuTe2) - um raro mineral metálico também conhecido como telúrio de ouro. A descoberta, publicada nesta terça-feira na …

Há caranguejos mutantes e zangados a invadir a costa dos EUA (e são verdes)

Uma espécie agressiva de caranguejo verde está a invadir as águas do estado norte-americano de Maine, deixando um rasto de destruição nos habitats e ecossistemas aquáticos. Os caranguejos (Carcinus maenas) ameaçam várias espécies, como mexilhões azuis, …

Porsche quer ser a primeira fabricante alemã a deixar o diesel

A Porsche quer tornar-se a primeira fabricante automobilística alemã a deixar o diesel, apostando em motores a gasolina, híbridos e, a partir de 2019, em veículos elétricos, anunciou este domingo o presidente executivo da empresa. "Agora …

Viver nas cidades aumenta risco de demência (e a culpa é da poluição)

Viver na cidade influencia a nossa saúde. Segundo um estudo recente, a poluição do ar pode aumentar em 40% o risco de desenvolver demência. O impacto da poluição do ar na nossa saúde já era conhecido, …

Finalmente resolvido o mistério do assassino de gatos em Londres

Um dos mistérios criminais que intrigava a Inglaterra está finalmente resolvido. A conclusão é que, afinal, o famoso assassino de gatos de Croydon não existe. O mistério à volta da morte de mais de 400 gatos …

Benfica - Aves | Triunfo de águia exuberante e perdulária

O Benfica respondeu ao triunfo do FC Porto no sábado com uma vitória caseira sobre o Desportivo das Aves, por 2-0. O resultado pode indicar algumas dificuldades por parte da formação “encarnada”, mas pode-se dizer, sem …

Aquecimento global no Pleistoceno elevou nível do mar até 13 metros

O aquecimento global no final do período do Pleistoceno, com temperaturas similares às previstas para este século, reduziu a camada de gelo da Antártida oriental e elevou o nível do mar até 13 metros acima …

Autor dos mais famosos estudos sobre comida viu 13 artigos retirados

O famoso investigador norte-americano está envolvido numa polémica, depois de 13 dos seus estudos científicos terem sido retirados de algumas publicações. É provável que nunca tenha ouvido falar de Brian Wansink mas, tal como recorda o …

NASA observa movimentos tectónicos recentes em Marte

A sonda Mars Express da NASA observou fissuras proeminentes em Marte causadas devido à ação de falhas tectónicas que atingiram a superfície do planeta há menos de dez milhões de anos. As imagens foram capturadas …