Dieta mediterrânica pode manter juventude genética

mealmakeovermoms / Flickr

Dieta mediterrânica à moda antiga

Seguir uma dieta mediterrânica pode ser a receita para uma vida longa, já que estes alimentos parecem manter as pessoas geneticamente mais jovens, dizem investigadores dos EUA.

A mistura de vegetais, azeite, peixe fresco e frutas pode impedir o nosso código de ADN de se partir, à medida que envelhecemos, de acordo com um estudo publicado no British Medical Journal.

Os investigadores de Boston acompanharam a saúde de cerca de 5 mil enfermeiros ao longo de mais de uma década, e concluíram que os enfermeiros que se submeteram à dieta mediterrânica apresentaram menos sinais de envelhecimento em suas células.

A dieta mediterrânica tem sido repetidamente ligada a ganhos de saúde, como a redução do risco de doença cardíaca. Embora não esteja claro exatamente o que a torna tão boa, os seus principais componentes – frutas e legumes frescos, aves e peixes, em vez de carne vermelha, manteiga e gorduras animais – têm efeitos benéficos já documentados.

Os alimentos ricos em vitaminas parecem fornecer um tampão contra o stress e os danos nos tecidos e células, mas de acordo com este estudo a dieta mediterrânica ajuda também a proteger o nosso ADN.

Uma questão de telómeros

Os investigadores analisaram minúsculas estruturas chamadas telómeros, que permitem salvaguardar as extremidades dos cromossomas, onde o código de ADN fica armazenado. Estas tampas de proteção evitam a perda de informação genética durante a divisão celular.

À medida que envelhecemos e nossas células se dividem, os telómeros ficam mais curtos, ou seja, a sua integridade estrutural enfraquece, o que pode fazer com que as células parem de se dividir e morram.

Os especialistas acreditam que o comprimento dos telómeros oferece uma janela para o envelhecimento celular. Telómeros mais curtos têm sido associados a uma ampla gama de doenças relacionadas à idade, incluindo doenças cardíacas e uma variedade de tipos de cancro.

No estudo, os enfermeiros que em grande parte seguiram uma dieta mediterrânica apresentaram telómeros mais longos, mais saudáveis.

Nenhum componente específico da dieta se destacou como o melhor, o que, segundo os investigadores, reforça a importância de que o essencial é ter uma dieta bem equilibrada.

“Não conclusivas”

Especialistas independentes disseram que as descobertas são interessantes, mas não são conclusivas.

David Llewellyn, investigador de epidemiologia clínica na Universidade de Exeter, sublinha que “todos os estudos observacionais têm o potencial de produzir estimativas enganosas, e não devemos assumir que a associação com o comprimento dos telómeros é necessariamente causal”.

“Dito isto, este grande e bem conduzido estudo é consistente com a hipótese de que as intervenções dietéticas podem levar a melhorias substanciais na saúde”.

A Fundação Britânica do Coração disse: “Esses resultados reforçam os nossa recomendação de que manter uma dieta equilibrada e saudável pode reduzir o risco de desenvolver doenças cardíacas.”

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …

A desertificação está progredir na Índia. Mas a solução pode estar no conhecimento tradicional

Quase 45% da área de Maharashtra está a transformar-se em deserto, assim como uma grande parte da Índia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ritmo da desertificação no país é agora …