Empresas denunciadas por abusos nos despedimentos e violações ao código de trabalho

Mário Cruz / Lusa

A CGTP recebeu denúncias a 40 empresas em que são relatadas situações de abuso e aproveitamento laboral. Milhares de trabalhadores foram afetados em todo o país, garante a líder sindical.

Isabel Camarinha, classificou como “muito negro” o balanço da primeira semana de estado de emergência no país. A líder da CGTP denunciou situações de “abuso e aproveitamento” em 40 empresas, face à dispensa de milhares de trabalhadores “em todo o país e em todos os setores de atividade”.

A CGTP abriu uma linha de denúncia online de situações de abuso laboral, onde chegaram “centenas de casos de empresas que despediram os seus trabalhadores logo após a declaração do estado de emergência”, relata Isabel Camarinha. Os mais afetados, realça, “são sobretudo os trabalhadores com vínculos precários, em período experimental ou que prestam serviço a empresas de trabalho temporário”.

Citada pelo Expresso, a líder da CGTP diz ter recebido também várias queixas de empresas que “obrigam ilegalmente os trabalhadores a mudar as férias” e de empresas que cometem abusos no horário de trabalho. Em alguns casos, há quase um “regime de internato” em que se cumprem horários permanentes e contínuos durante mais de uma semana.

Todos as denúncias recebidas já foram devidamente comunicadas ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e à Autoridade para as Condições do Trabalho.

O Expresso teve acesso à lista, que inclui denúncias por violação do código de trabalho por parte de empresas como Carl Zeiss, Plasfill Navigator, Continental Mabor, Coindu e Lacoste.

Por outro lado, Vista Alegre, Essilor, Leica, Benetton, Sport Zone ou a Cervejaria Portugália são acusadas de forçar os trabalhadores a gozar os dias de férias durante o período de confinamento obrigatório.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Faurecia Bragança, empresa que ao largo de estes anos têm vindo a receber apoios financeiros do estado Português e da autarquia de Bragança, persuadiu os operadores a gozar 5 dias das férias e a ficar a dever 40 horas no banco de horas, nas primeiras 2 semanas que mandaram o pessoal para casa. Uma VERGONHA o estado nada fazer para que estas empresas cumpram a lei.

RESPONDER

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …

Costa tirou o tapete ao seu "super-ministro" (que é cada vez mais candidato a líder do PS)

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, já foi um peso-pesado do Governo de António Costa, mas o primeiro-ministro desautorizou-o na discussão sobre o futuro da TAP, num claro sinal de que a "lua-de-mel" entre os …

Há dois candidatos na calha para suceder a Centeno. Siza Vieira fora da corrida

Pedro Siza Vieira era apontado como o favorito a suceder a Mário Centeno na pasta das Finanças, mas recusou essa possibilidade. Nelson de Souza e João Leão são agora os dois principais candidatos. Com a saída …

Ventura chega-se à "família Bolsonaro" e vai trabalhar com a extrema-direita europeia

O Chega de André Ventura tem mantido contactos internacionais, nomeadamente nos EUA e no Brasil, no sentido de estabelecer ligações que consolidem a sua força política. Terá mantido reuniões com elementos "próximos da família Bolsonaro" …

Surtos em Lisboa levam a que cirurgias e consultas não urgentes voltem a ser suspensas

O governo suspendeu novamente a atividade não urgente nos hospitais de Lisboa, Amadora, Sintra, Loures e Odivelas, devido à concentração de casos de covid-19, disse hoje à agência Lusa fonte do Ministério da Saúde. “As orientações …