Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

Salvatore di Nolfi / EPA

Carles Puigdemont, ex-líder do Governo da Catalunha, Espanha

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na Catalunha.

O Ministério do Interior (Administração Interna) espanhol anunciou em comunicado que as detenções tiveram lugar durante 31 rusgas da polícia nas cidades de Barcelona e Girona, na comunidade autónoma da Catalunha.

Os indivíduos detidos estão a ser investigados por alegado desvio de fundos, prevaricação e branqueamento de dinheiro, afirma o ministério, acrescentando que as investigações revelaram que o dinheiro destinado ao governo regional e a uma entidade regional de promoção de equipas de desporto tinha sido desviado ilegalmente.

Entre os detidos estão quatro pessoas próximas do antigo presidente independentista do governo catalão Carles Puigdemont, suspeitos de desviarem fundos para financiar as suas despesas na Bélgica, para onde foi em 2017, fugindo à justiça espanhola: o antigo conselheiro (ministro) do governo catalão, Xavier Vendrell, o chefe do gabinete de Puigdemont, Josep Lluís Alay, o empresário Oriol Soler e David Madí, o antigo chefe da Convergência Democrática da Catalunha (CDC), o partido a que Puigdemont pertencia inicialmente.

A investigação, que está a ser feita há um ano e meio, decorre do processo aberto por um juiz contra um alegado esquema fraudulento para transferir subsídios para fundações relacionadas com a CDC.

Durante a investigação, a Guardia Civil (correspondente à GNR portuguesa) descobriu, entre outras coisas, os alegados crimes de prevaricação na requalificação de terrenos rústicos para a construção de um centro de negócios, um restaurante e uma escola na cidade de Cabrera de Mar (Barcelona), na zona conhecida como Villa Bugatti, gerida pelo ex-conselheiro da ERC (Esquerda Republicana da Catalunha) Xavier Vendrell.

A televisão catalã TV3 descreveu alguns dos indivíduos que estão a ser investigados como “homens de negócios com ligações” aos dois principais partidos pró-independência da Catalunha — Juntos pela Catalunha, de Puigdemont, e ERC, do ex-vice-presidente da região Oriol Junqueras, que está a cumprir uma pena de prisão.

Vários dos principais líderes da tentativa da tentativa falhada de independência em 2017 da Catalunha, uma comunidade autónoma espanhola que fica a nordeste do país, junto à França, estão na prisão, condenados por crimes de sedição e/ou desvio de fundos públicos.

Outros políticos escaparam à justiça espanhola fugindo do país, como é o caso de Carles Puigdemont.

Os partidos independentistas são maioritários no parlamento regional, com cerca de 50% dos votos dos eleitores, e continuam a ser responsáveis pelo Governo daquela região espanhola.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …

Sob o nariz dos militares norte-coreanos, ex-ginasta salta muro de 3 metros e foge para a Coreia do Sul

Um homem norte-coreano que queria escapar da sua terra natal deu um salto de quase três metros num muro no início deste mês. O salto, que ocorreu sob os narizes dos soldados, trouxe-o para a …