Encontrados destroços de porta-aviões dos EUA afundado na II Guerra Mundial

Os destroços do USS Lexington, um porta-aviões norte-americano da Segunda Guerra Mundial bombardeado pelos japoneses no mar de Coral em 1942, foram localizados ao largo da costa leste da Austrália, por uma equipa do cofundador da Microsoft, Paul Allen.

O que ainda resta do porta-aviões USS Lexington foi descoberto este domingo pelo barco de pesquisa do multimilionário Paul Allen, o Research Vessel Petrel, a cerca de 800 quilómetros ao largo da costa leste da Austrália.

Os destroços encontravam-se a 3000 metros de profundidade. A equipa do fundador da Microsoft divulgou fotografias e vídeos que mostram os despojos da embarcação. O USS Lexington foi um dos primeiros de uma longa linha de porta-aviões, com carcaças de aviões particularmente bem preservadas, apesar de estarem há 76 anos no fundo do mar.

“Com base na geografia, na época do ano e noutros fatores relevantes, eu e Paul Allen trabalhamos para determinar quais as missões que merecem ser realizadas”, explicou Robert Kraft, diretor de operações submarinas.

Para Kraft, o USS Lexington era uma prioridade. “Planeamos localizar o Lexington durante cerca de seis meses”, adiantou ao Business Insider.

As expedições lideradas por Allen resultaram também na descoberta do USS Ward, do USS Astoria, do navio de guerra japonês Musashi, do navio italiano da Segunda Guerra Mundial Artigliere e do USS Indianapolis.

Os destroços deste último foram localizados no fundo do Pacífico Norte, a mais de 5500 metros de profundidade. O USS Indianapolis foi o navio cruzador da Segunda Guerra Mundial que desempenhou um importante papel no bombardeamento atómico de Hiroxima, antes de ser torpedeado por um submarino japonês.

Paul Allen foi fundador da Microsoft, em parceria com Bill Gates. O bilionário da Microsoft desenvolveu ainda o maior avião do mundo. A aeronave, que foi criada com o objetivo de ser lançada ao espaço, tem características técnicas permitem-lhe transportar cargas de até 250 toneladas.

Além disso, avança o Público, Allen vai investir mais 125 milhões de dólares nos próximos três anos para equipar máquinas com senso comum. O objetivo é garantir que a inteligência artificial sabe que não se deve virar um copo cheio de água ao contrário (a não ser para a deitar fora), por exemplo.

No USS Lexington estavam, no total, 35 aparelhos embarcados no USS Lexington, dos quais a equipa de Paul Allen disse ter avistado 11. Numa das fotografias, é possível observar um desenho do Gato Félix e, ao lado, quatro bandeiras japonesas que assinalam, provavelmente, o número de aviões inimigos abatidos.

O Lexington, carinhosamente apelidado de “Lady Lex“, ficou muito danificado após a batalha do mar de Coral, ocorrida entre 4 e 8 de maio de 1942 – a primeira entre porta-aviões, através dos respetivos aviões.

Os norte-americanos decidiram então afundá-lo no fim da batalha, que custou a vida a mais de 200 membros da tripulação. Segundo o Jornal de Notícias, os sobreviventes foram transferidos para outras embarcações ainda antes do afundamento.

A batalha do mar de Coral é considerada uma vitória estratégica para os Estados Unidos porque obrigou, pela primeira vez, o império japonês a travar a sua expansão.

O pai do almirante Harry Harris foi um dos combatentes retirados do “Lady Lex”. O almirante, que deverá tornar-se embaixador dos Estados Unidos na Austrália, prestou homenagem à tripulação do navio de guerra.

“Homenageamos a coragem e os sacrifícios dos marinheiros do Lady Lex e de todos aqueles que combateram durante a Segunda Guerra Mundial, continuando a garantir a liberdade que eles defenderam para todos nós”, declarou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Utilizadores russos do Reddit terão divulgado documentos comprometedores sobre o Brexit

A rede social Reddit anunciou ter concluído que utilizadores russos estiveram na origem da divulgação de documentos confidenciais do governo britânico sobre as negociações comerciais do Brexit. O Reddit anunciou, num comunicado citado pela Associated Press, …

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …