“Estamos fartos, já chega”. O mundo do desporto não é só bola e pede justiça por George Floyd

Lars Baron / EPA

O jogador do Dortmund, Jadon Sancho.

Jadon Sancho, Michael Jordan e Lewis Hamilton foram algumas das personalidades do mundo do desporto que pediram justiça pela morte do afro-americano George Floyd.

Nos Estados Unidos, as manifestações continuam a encher as ruas após a morte do do afro-americano George Floyd na semana passada. O homem de 46 anos morreu na segunda-feira em Minneapolis, após uma intervenção policial violenta, cujas imagens foram divulgadas através da internet.

O mundo do desporto não podia ficar indiferente e várias foram as personalidades que se manifestaram em apoio a George Floyd, desde o futebol ao basquetebol.

Na liga alemã de futebol, o jogador do Borussia Dortmund Jadon Sancho fez um hat-trick no domingo, numa vitória sobre o Paderborn, e aproveitou para se unir ao protesto, revelando uma camisola com a inscrição “Justice for George Floyd”.

https://twitter.com/ElevenSports_PT/status/1267145468032749576

O atacante francês de Borussia Mönchengladbach, Marcus Thuram, ajoelhou-se no relvado, também no domingo. Marcus é filho do antigo internacional francês Lilian Thuram. Por sua vez, o norte-americano do Schalke 04 Weston McKennie usou uma braçadeira para mostrar a frase “Justice for George”, no sábado.

A ex-estrela de basquetebol da NBA Michael Jordan juntou-se a atletas de todo o mundo que lamentaram a morte do afro-americano George Floyd.

Michael Jordan denunciou o “racismo enraizado” nos Estados Unidos, sublinhando estar “profundamente entristecido, a sofrer genuinamente”, dizendo-se “ao lado daqueles que se manifestam contra o racismo e a violência contra pessoas de cor no país”.

“Estou ao lado dos que denunciam o racismo está enraizado nos Estados Unidos. Já sofremos o suficiente. Devemos procurar expressar-nos pacificamente contra a injustiça e exigir o reconhecimento de responsabilidades”, afirmou.

Também o campeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton é uma das recentes vozes do mundo desportivo a condenarem o racismo, após a morte de George Floyd.

O seis vezes campeão mundial Lewis Hamilton denunciou o silêncio das “maiores estrelas” do mundo da Fórmula 1, “dominada por brancos”, após a morte de George Floyd às mãos da polícia norte-americana.

“Alguns de vocês estão entre as maiores estrelas e ainda assim permanecem calados diante da injustiça”, escreveu o condutor da Mercedes na rede social Instagram.

View this post on Instagram

#BlackLivesMatter

A post shared by Lewis Hamilton (@lewishamilton) on

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Feira do Livro do Porto partilha recandidatura de Moreira. "Foi erro de funcionária"

A câmara do Porto explicou que a partilha do ‘post’ sobre a recandidatura de Rui Moreira feita este domingo na página de Facebook da “Feira do Livro do Porto” se deveu a “erro de uma …

Emma, uma pequena rinoceronte, viajou para o Japão para encontrar o amor

Uma pequena rinoceronte branca de cinco anos viajou de Taiwan para o Japão. Tudo para encontrar o amor. Tal como muitos humanos, os planos de viagem de Emma acabaram por ter de ser adiados devido ao …

Países Baixos 3-2 Ucrânia | Futebol espectáculo em Amesterdão

Os Países Baixos, campeões em 1988, derrotaram hoje a Ucrânia, por 3-2, em jogo da primeira jornada do Grupo C do Euro2020 de futebol, disputado em Amesterdão. Os Países Baixos estiveram a ganhar por 2-0, com …

Esta pequena ilha nas Caraíbas já não tem restrições (e está a oferecer noites em hotéis)

A ilha de Curaçao está a suspender todas as restrições que foram implementadas no âmbito da pandemia de covid-19 e para comemorar está a oferecer estadias em hotéis para os turistas. Curaçao, um território holandês que …

10 estrangeiros do Benfica já jogaram em Europeus (duas estreias na mesma tarde)

Num espaço de seis horas, Seferović e Vertonghen juntaram-se à lista restrita. É um pouco extensa a lista de futebolistas portugueses que jogaram a fase final de um Europeu enquanto tinham contrato com o Benfica. Portugal participou …

"Clara desconexão". Empresas ganham milhões com o consumo de álcool por menores

Os jovens menores de idade consumiram 8,6% das bebidas alcoólicas vendidas em 2016, o que representa lucros de cerca de 17,5 mil milhões de dólares para as empresas. Os produtos das empresas AB Inbev, MillerCoors e …

Após 12 anos de Netanyahu no poder, Israel tem um novo primeiro-ministro

O Parlamento de Israel aprovou, este domingo, o Governo de coligação do novo primeiro-ministro Naftali Bennett, que sucede a Benjamin Netanyahu, que esteve no poder cerca de 12 anos. Dos 119 deputados presentes, de um Parlamento …

Áustria 3-1 Macedónia do Norte | Banco austríaco vale triunfo inédito

A Áustria estreou-se, este domingo, com um triunfo sobre a Macedónia do Norte, por 3-1, no Euro2020, no primeiro jogo do Grupo C da competição, disputado em Bucareste. Stefan Lainer (18 minutos), Michael Gregoritsch (78) e …

Facebook restringe conta de André Ventura

A rede social decidiu restringir, durante 24 horas, a conta do presidente e deputado único do Chega, após terem sido denunciadas duas publicações. De acordo com o Correio da Manhã, denúncias em duas publicações feitas por …

Com parecer desfavorável, arraial da IL juntou centenas (e fez mira a adversários)

A Iniciativa Liberal organizou, este sábado, apesar do parecer desfavorável das autoridades de saúde, um arraial comício, onde se juntaram centenas de pessoas, para dar "esperança" a Lisboa e mostrar que "não há impossíveis". No seu …