Funcionário norte-americano despedido depois de destruir propositadamente 500 doses da vacina contra a covid-19

Abir Sultan / EPA

Um funcionário de uma unidade de saúde do estado norte-americano de Wisconsin foi despedido depois de ter destruído propositadamente mais de 500 doses da vacina contra a covid-19, avança a imprensa internacional.

O incidente ocorreu nas instalações do Aurora Medical Center e os fármacos que foram destruídos tinham sido produzidos pela farmacêutica norte-americana Moderna e destinavam-se aos profissionais de saúde desta unidade.

Em comunicado, a que a emissora norte-americana FOX 6 teve acesso, a unidade de saúde refere que o seu trabalhador admitiu ter destruído as vacinas deliberadamente ao retirar 57 fracos dos fármaco de um refrigerador no passado sábado.

“Estamos mais do que desapontados porque as ações deste indivíduo vão atrasar a administração de vacinas em mais de 500 pessoas. Foi uma violação dos nosso direitos fundamentais, e o indivíduo em causa já não é nosso funcionário”, pode ler-se na nota.

O comunicado chegou à imprensa nesta quarta-feira, depois de o Aurora Medical Center ter adiantado inicialmente que em causa estava um “erro humano não intencional”.

As autoridades locais foram informadas sobre o ocorrido e, segundo a mesma emissora, o FBI e a FDA (Food and Drug Administration) também estiveram envolvidas na investigação.

Os Estados Unidos, o país do mundo com mais casos e mortes associados à covid-19, arrancou o processo de vacinação contra a doença no passado 12 de dezembro, em Nova Iorque, depois de o regulador aprovar o uso de emergência da vacina da Pfizer.

Entretanto, a administração do fármaco da Moderna foi também autorizado.

Quase 4.000 mortes em 24 horas

Os Estados Unidos registaram 3.927 mortos e 189.671 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins. O país contabiliza agora 19.715.899 casos e 341.845 óbitos por covid-19 desde o início da pandemia. O estado de Nova Iorque continua a ser o mais duramente atingido pela pandemia com 37.868 mortes, seguindo-se o Texas com 27.895.

São o país com mais mortos e também com mais casos de infeção confirmados.

O número provisório de mortes excede de longe as previsões iniciais da Casa Branca. O Instituto de Métricas e Avaliação da Saúde da Universidade de Washington estimou que até à altura em que Trump deixar a Casa Branca, a 20 de janeiro, 420 mil pessoas terão morrido, com o número a subir para 560 mil a 1 de abril.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.791.033 mortos resultantes de mais de 81,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

Sara Silva Alves, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Finlândia 0-2 Bélgica | Diabos vermelhos picam o ponto

A Bélgica, que já estava apurada, completou o pleno de triunfos no seu grupo, com uma vitória por 2-0 frente à Finlândia, relegando os nórdicos para o terceiro lugar A Bélgica venceu hoje a Finlândia, por …

Rússia 1-4 Dinamarca | Muito coração, por Eriksen

A Dinamarca conquistou hoje um lugar nos oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater por 4-1 a Rússia, que eliminou, numa terceira jornada do Grupo B que originou a qualificação de mais cinco …

Netflix consegue acordo importante com produtora de filmes de Steven Spielberg

A Netflix anunciou, esta segunda-feira, que assinou um acordo para a realização de vários filmes com a produtora Amblin Partners, de Steven Spielberg. A plataforma streaming de filmes e séries Netflix conseguiu um acordo com a …

Abel Ferreira tem (mais) um problema no Palmeiras

Patrick de Paula, que Jorge Jesus gostaria de ter no Benfica, foi apanhado numa festa. O mesmo jogador protagonizou um episódio insólito contra o América Mineiro. Patrick de Paula envolveu-se em dois problemas no Palmeiras, no …

Bebé mais prematuro do mundo celebra primeiro aniversário. Tinha 0% de probabilidade de sobreviver

As probabilidades de sobrevivência eram nulas, mas Richard superou todas as expectativas e, passado um ano, celebrou o seu primeiro aniversário. Fica na história como o bebé mais prematuro de sempre a sobreviver, de acordo …

Lula da Silva absolvido em caso sobre alegados favorecimentos ao setor automóvel

A justiça brasileira absolveu esta segunda-feira o ex-presidente do Brasil Lula da Silva, o ex-ministro Gilberto Carvalho e outros cinco acusados numa das ações da operação Zelotes, que investigava alegados favorecimentos a empresas do setor …

Ucrânia 0 - 1 Áustria | Ambição de Foda garante segundo lugar

A Áustria qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, marcando encontro com a Itália, ao vencer a Ucrânia por 1-0 e conquistar o segundo lugar do Grupo C. Um golo de Christoph …

Macedónia N. 0-3 Países Baixos | Laranja garante pleno

A seleção da Macedónia do Norte ainda deu luta, na primeira parte, aos Países Baixos, na última jornada do grupo C do Euro2020 de futebol, mas perdeu naturalmente por 3-0, face à supremacia da seleção …

Imunidade do grupo com 70% de vacinados é ideia ultrapassada, defende investigador

O investigador Miguel Castanho afirmou esta segunda-feira que a ideia da imunidade do grupo com 70% da população vacinada contra a covid-19 está “completamente desatualizada” porque a vacina não protege contra a infeção e a …

Euro2020. Portugal já demonstrou "qualidade para ultrapassar todas as dificuldades"

O futebolista João Moutinho lembrou esta segunda-feira que Portugal já “demonstrou ter qualidade para ultrapassar todas as dificuldades” e acredita que diante da França, na derradeira jornada do Grupo F do Euro2020, o campeão europeu …