Funcionário norte-americano despedido depois de destruir propositadamente 500 doses da vacina contra a covid-19

Abir Sultan / EPA

Um funcionário de uma unidade de saúde do estado norte-americano de Wisconsin foi despedido depois de ter destruído propositadamente mais de 500 doses da vacina contra a covid-19, avança a imprensa internacional.

O incidente ocorreu nas instalações do Aurora Medical Center e os fármacos que foram destruídos tinham sido produzidos pela farmacêutica norte-americana Moderna e destinavam-se aos profissionais de saúde desta unidade.

Em comunicado, a que a emissora norte-americana FOX 6 teve acesso, a unidade de saúde refere que o seu trabalhador admitiu ter destruído as vacinas deliberadamente ao retirar 57 fracos dos fármaco de um refrigerador no passado sábado.

“Estamos mais do que desapontados porque as ações deste indivíduo vão atrasar a administração de vacinas em mais de 500 pessoas. Foi uma violação dos nosso direitos fundamentais, e o indivíduo em causa já não é nosso funcionário”, pode ler-se na nota.

O comunicado chegou à imprensa nesta quarta-feira, depois de o Aurora Medical Center ter adiantado inicialmente que em causa estava um “erro humano não intencional”.

As autoridades locais foram informadas sobre o ocorrido e, segundo a mesma emissora, o FBI e a FDA (Food and Drug Administration) também estiveram envolvidas na investigação.

Os Estados Unidos, o país do mundo com mais casos e mortes associados à covid-19, arrancou o processo de vacinação contra a doença no passado 12 de dezembro, em Nova Iorque, depois de o regulador aprovar o uso de emergência da vacina da Pfizer.

Entretanto, a administração do fármaco da Moderna foi também autorizado.

Quase 4.000 mortes em 24 horas

Os Estados Unidos registaram 3.927 mortos e 189.671 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins. O país contabiliza agora 19.715.899 casos e 341.845 óbitos por covid-19 desde o início da pandemia. O estado de Nova Iorque continua a ser o mais duramente atingido pela pandemia com 37.868 mortes, seguindo-se o Texas com 27.895.

São o país com mais mortos e também com mais casos de infeção confirmados.

O número provisório de mortes excede de longe as previsões iniciais da Casa Branca. O Instituto de Métricas e Avaliação da Saúde da Universidade de Washington estimou que até à altura em que Trump deixar a Casa Branca, a 20 de janeiro, 420 mil pessoas terão morrido, com o número a subir para 560 mil a 1 de abril.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.791.033 mortos resultantes de mais de 81,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

Sara Silva Alves, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mesmo depois da morte de Ihor, centro do aeroporto ainda tem videovigilância "muito limitada"

Um ano e meio após a morte de Ihor Homeniuk, o centro de instalação temporária do aeroporto de Lisboa (CIT) continua sem cobertura total de câmaras de videovigilância em zonas comuns. A situação atual distancia-se daquilo …

Liveblog Autárquicas. Afluência de 20,94% até às 12h

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Arqueólogos desenterram (acidentalmente) ossadas com 800 anos no Peru

Os restos mortais de oito pessoas, com aproximadamente 800 anos de idade e enterrados com alimentos e instrumentos musicais na mesma câmara funerária, foram encontrados ao sul de Lima, no Peru, durante a instalação de …

Marcelo apela ao voto "por memória deste ano e meio que não esqueceremos"

O Presidente da República considerou que votar nas eleições autárquicas é mais importante do que nunca para o país recomeçar a viver e a sair das crises sanitária, económica e social. Este apelo ao voto foi …

Onde e como? Um guia para votar nas eleições autárquicas

As mesas de voto das eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira para a escolha dos dirigentes dos municípios e das freguesias para os próximos quatro anos. Nos Açores, as urnas abrem …

Ensino Superior: 33% dos candidatos ficaram de fora. Veja se ficou entre os colocados

Mais de 49 mil novos estudantes entraram agora para o ensino superior, tendo ficado sem colocação 33% dos candidatos à primeira fase do concurso nacional de acesso, revelam dados divulgados hoje pelo Ministério do Ensino …

Pessoas mais pobres são vistas como menos suscetíveis à dor

Um novo estudo indica que os indivíduos de classe baixa são estereotipados como insensíveis à dor física, o que pode impactar os seus cuidados médicos. “As estatísticas de saúde indicam que as pessoas ricas recebem um …

As crianças têm dez vezes mais micro-plásticos nas fezes do que os adultos

Uma equipa de cientistas da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, usou espectrometria de massa para medir os níveis de micro-plásticos compostos de policarbonato (PC) e de polietileno tereftalato (PET) presentes nas fezes crianças …

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …