Designer portuguesa usa abelhas para detectar em segundos doenças no hálito

A designer portuguesa Susana Soares desenvolveu um dispositivo, composto por balões de vidro, que permite a detecção de cancro e outras doenças graves com a ajuda de abelhas treinadas.

As abelhas são colocadas numa câmara de vidro em forma de balão, para dentro do qual o doente expira. Quando as abelhas detectam cancro no hálito do doente, voam para dentro de uma segunda câmara de vidro, mais pequena, colocada dentro da primeira.

É um facto conhecido dos cientistas que as abelhas (Apis melifera) têm um extraordinário sentido do cheiro, mais apurado que o famoso faro dos cães. As abelhas conseguem detectar moléculas presentes no ar em concentrações tão baixas quanto 3 partes por milhão.

As abelhas podem assim ser treinadas, usando técnicas pavlovianas (recompensar os animais gratificando-os quando cumprem um determinado objectivo) para identificar o biomarcador específico de uma determinada doença, como os cancros de fígado, pele e pâncreas,  a diabetes ou a tuberculose.

O dispositivo desenvolvido por Susana Soares consiste em duas câmaras de vidro: uma câmara mais pequena, que serve de ‘centro de diagnóstico’, e uma câmara maior com abelhas previamente treinadas. O paciente expira para dentro da câmara mais pequena, e caso as abelhas detectem no ar expirado o biomarcador que foram treinadas para identificar, voam para dentro da câmara.

O design do balões de diagnóstico foi concebido de modo a evitar que as abelhas voem acidentalmente para a câmara de diagnóstico. Uma versão do dispositivo permite a identificação pelas abelhas do odor de feromonas captadas na axila do paciente.

Susana Soares, nascida em Lisboa em 1977, formada na ESAD (Escola Superior de Arte e Design) de Matosinhos e no London Royal College of Art, é professora na South Bank University, de Londres, cidade onde reside.

Com o seu trabalho, Susana Soares tem procurado desenvolver plataformas colaborativas entre o design e as correntes emergentes de investigação científica, e este dispositivo ‘movido a abelhas’ é o mais recente exemplo da sua abordagem inovadora.

Albert Einstein disse um dia que “se as abelhas desaparecessem da Terra, a humanidade acabava em 4 anos”. Além do crucial papel que desempenham na polinização, as abelhas oferecem-nos um sem número de produtos de grande utilidade (mel, geléia real, cera, polén, veneno, entre outros).

Como se não bastasse, as abelhas ainda nos vão dar agora uma ajuda no diagnóstico rápido de doenças graves. Poderão uma designer portuguesa e as suas amigas voadoras revolucionar a medicina como a conhecemos?

AJB, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"Não ficaria surpreendido com um regresso de Ronaldo ao Real Madrid"

O internacional português José Fonte revelou que não ficaria surpreendido com um eventual regresso de Cristiano Ronaldo ao Real Madrid. "Sei que o [Cristiano Ronaldo] ama Madrid, isso é certo. É claro que adora o …

Robôs substituem estudantes em cerimónia de graduação no Japão

Impedidos de estarem na sua cerimónia de graduação por causa do novo coronavírus, estudantes japoneses marcaram presença com a ajuda de robôs. Com as universidades fechadas devido à pandemia de covid-19, muitos foram os estudantes universitários …

Governo flexibiliza prescrição eletrónica de medicamentos

Esta quinta-feira, foi publicado em Diário da República o decreto-lei que cria o regime excecional de prescrição eletrónica de medicamentos durante o estado de emergência. O Governo criou um regime excecional de prescrição eletrónica de …

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …