Cientistas descodificam genoma completo do trigo pela primeira vez

Pela primeira vez, um grupo de cientistas conseguiu descodificar o genoma completo do trigo. A descoberta representa um grande avanço que, de acordo com os investigadores, ajudará a alimentar a crescente população mundial. 

Uma descrição detalhada do genoma do trigo foi esta quinta-feira publicada na revista Science, permitindo no futuro produzir novas variedades do cereal, potencialmente adaptadas às alterações climáticas, mais rentáveis, mais nutritivas e sustentáveis.

A descodificação da sequência do genoma do trigo foi o resultado de 13 anos de investigação, juntando mais de 200 cientistas de 73 instituições de 20 países, um consórcio, o International Wheat Genome Sequencing Consortium, que agora publica o artigo na revista.

A revelação da estrutura do geno do trigo foi durante muito tempo considerada uma missão impossível, devido ao grande tamanho – cinco vezes maior do que o genoma humano – e complexidade – a existência de três sub-genomas e mais de 85% do genoma ser composto por elementos repetidos.

Além da sequência dos 21 cromossomas, o artigo apresenta a localização exata de 107.891 genes e de mais de quatro milhões de marcadores moleculares.

Realizada com uma variedade de trigo chamada “Chinese Spring” a descodificação anunciada é apresentada como a de maior qualidade feita até hoje.

Cultura essencial para a segurança alimentar, o trigo é o alimento básico para mais de um terço da população mundial e contribui para quase 20% do total de calorias e proteínas consumidas pelas pessoas, mais do que qualquer outra fonte alimentar. E é também uma importante fonte de vitaminas e minerais.

Para responder à procura de trigo no futuro, com uma população mundial projetada de 9,6 mil milhões de pessoas até 2050, a produtividade do cereal precisa de aumentar 1,6% por ano. Mas esse aumento terá de se dever essencialmente à melhoria das culturas e das características das terras atualmente cultivadas, para preservar a biodiversidade e a água.

Com a descodificação da sequência do genoma agora concluída, salientam os autores do trabalho, os agricultores poderão ter grãos com mais rendimento e qualidade, mais resistentes a doenças fúngicas e mais tolerância a stress abiótico (influências do meio envolvente).

E acrescentam que se espera uma melhoria do trigo nas próximas décadas, com benefícios semelhantes aos observados com o milho e o arroz, depois de concluídas as suas sequências de referência.

“Era um projeto ambicioso, mas era importante para mim que o trigo não fosse visto apenas como o primo pobre na área de sequenciamento do genoma”, disse o professor Rudi Appels, que participou na investigação, em declarações ao The Guardian.

“Eu sempre tive esperanças de que a descodificação pudesse ser feita”, rematou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo instrumento pode vir a detetar plantas em mundos alienígenas distantes

Um novo instrumento ótico capaz de detetar plantas a quilómetros de distância, devido à maneira única como os seres vivos refletem a luz, poderia ajudar na busca de vida no Universo distante. O protótipo do dispositivo …

Insight da NASA prepara-se para medir a temperatura interior de Marte

O "lander" InSight da agência espacial norte-americana colocou o seu segundo instrumento na superfície de Marte. Novas imagens confirmam que o HP3 (Heat Flow and Physical Properties Package) foi implantado com sucesso no dia 12 …

China proíbe estrangeiros de visitarem o Tibete em março

A China está a proibir o acesso de estrangeiros ao Tibete, durante o mês de março, quando se celebra um par de aniversários sensíveis que questionam a legitimidade da soberania chinesa naquela região dos Himalaias. Segundo …

Editor de jornal do Alabama apela a Ku Klux Klan para enforcar democratas

“É tempo de o KKK voltar a atacar à noite”. É desta forma que começa um editorial escrito pelo diretor do The Democrat-Reporter, jornal do Alabama, e que está a provocar polémica nos Estados Unidos. No …

Bastonária dos Enfermeiros solidária com líder sindical em greve de fome

A bastonária dos enfermeiros foi manifestar solidariedade para com o presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros, que entrou em greve de fome, e alertou para o risco de radicalização da luta dos enfermeiros. Ana Rita Cavaco …

PS, Bloco, PCP e PAN chumbam moção de censura do CDS-PP

A moção de censura do CDS-PP ao Governo foi hoje "chumbada" pelas bancadas do PS, BE, PCP, Verdes e PAN, contando com votos favoráveis dos democratas-cristãos e do PSD. Também o deputado não inscrito Paulo Trigo …

Câmara de Lisboa tem 18 casas para acolher vítimas de violência doméstica

A vereadora da Habitação na Câmara de Lisboa, Paula Marques, revelou que existem 18 habitações municipais para vítimas de violência de género, sendo ainda critério de discriminação positiva na atribuição de habitação municipal. "Há 18 casas …

Soldados russos proibidos de usar smartphones e redes sociais

Os soldados russos a cumprirem missões fora do país deixarão de poder levar consigo smartphones, tablets ou portáteis, proibição a que se junta a interdição de partilharem na Internet fotografias ou informação sobre a sua …

Justiça ordena compensação a habitantes de Fukushima

A justiça japonesa ordenou o pagamento de uma indemnização equivalente a 3,4 milhões de euros a residentes forçados a abandonar as suas casas no nordeste do Japão após o acidente nuclear de Fukushima, em 2011. O …

Londres vai tirar cidadania a britânica que integrou Estado Islâmico

Um advogado da família de Shamima Begum, a britânica que deixou Londres há quatro anos para se juntar ao grupo jihadista autoproclamado Estado Islâmico, revelou que o governo do Reino Unido pretende revogar o passaporte. O …