Descodificado genoma de mamífero venenoso que surgiu no tempo dos dinossauros

Sandstein / Wikimedia

Solenodon paradoxus

Uma equipa internacional de investigadores, que integra dois portugueses, sequenciou o genoma do solenodonte-hispano-americano, um mamífero venenoso e último sobrevivente de um ramo de mamíferos que apareceu no tempo dos dinossauros.

O solenodonte-hispano-americano (Solenodon paradoxus), nativo da República Dominicana, é uma espécie rara, não só porque é um dos poucos mamíferos venenosos, mas também o único do ramo restante de mamíferos que se separou de outros insectívoros no momento da extinção dos dinossauros.

A sequenciação e a análise do genoma deste animal em risco de extinção foram realizadas por uma equipa liderada por Taras K. Oleksyk, da Universidade de Porto Rico em Mayagüez, em que participou o geneticista Agostinho Antunes, do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto, e o seu aluno de doutoramento, Filipe Silva.

Os resultados, publicados esta sexta-feira na revista GigaScience, permitiram responder a várias questões evolutivas, particularmente se esta espécie realmente sobreviveu ao cataclismo que exterminou os dinossauros. A extinção dos dinossauros é geralmente atribuída à colisão de um meteorito no Iucatão, no Golfo do México, há 65 milhões de anos.

Os investigadores portugueses descodificaram alguns dos genes que se pensa estarem envolvidos na produção do veneno destes enigmáticos mamíferos. Segundo o estudo, o veneno do Solenodon paradoxus flui de glândulas salivares modificadas através de sulcos nos seus incisivos afiados. A espécie tem ainda outras características primitivas e muito raras em mamíferos: garras muito grandes, um focinho flexível com a extremidade em forma de bola e glândulas mamárias posicionadas na parte traseira do animal.

Após a sequenciação do genoma, os investigadores concluíram que houve uma divisão de subespécies do solenodonte-do-haiti há pelo menos 300 mil anos, o que significa que as subespécies do Norte e do Sul devem ser tratadas como duas unidades de conservação separadas e com estratégias de protecção distintas.

Os investigadores sublinham que, embora a “árvore da vida” da classe dos mamíferos tenha sido fortemente investigada, este é o ramo mais remoto a ser adicionado ao “clube do genoma” dos mamíferos. O “Homo sapiens” foi o primeiro mamífero a ter o seu genoma em 2001.

Altamente ameaçados, os solenodontes-hispano-americanos sobrevivem em apenas alguns locais remotos das ilhas de Cuba e Hispaniola (partilhada entre o Haiti e a República Dominicana), nas Caraíbas.

Os hábitos nocturnos destes animais tornam difícil o seu estudo no habitat natural e de acordo com os investigadores, para além da dificuldade de encontrar exemplares para obter amostras de sangue, o genoma do solenodonte-hispano-americano provou ser “particularmente difícil de sequenciar”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …