Descobertas figuras humanas pintadas há 6.000 anos num enorme dólmen em Espanha

Um estudo científico revelou detalhes interessantes sobre o dólmen de Soto, um complexo megalítico subterrâneo localizado na cidade espanhola de Trigueros.

O uso de tecnologias atuais permitiu expandir consideravelmente o que se sabia sobre este monumento pré-histórico, que os especialistas têm comparado com o famoso Stonehenge.

De acordo com os resultados deste trabalho, recolhidos no livro “Símbolos da morte na pré-história recente no sul da Europa, o dólmen de Soto”, este imponente recinto megalítico é coberto por um grande monte com cerca de 60 metros de diâmetro e delimitado circularmente por um conjunto de grandes pedras.

Além disso, uma galeria composta por 63 suportes de pedra penetra no espaço da circunferência ao centro, sob o peso de outras 30 enormes lajes, criando uma passagem com mais de 21 metros de comprimento e três de largura. Ambos os pilares e as lajes do telhado são rochas de arenito, ardósia e calcário.

Um dos detalhes que mais interessam aos investigadores é a antiguidade da simbologia profusa encontrada na superfície das pedras – todas pintadas, esculpidas ou gravadas -, estimada em cerca de seis mil anos. Mais de 60 figuras representam pessoas que carregam diversos objetos, frequentemente bastões, punhais e machados, entre outros.

Este valioso monumento pré-histórico, descoberto em 1923, tem sido objeto de numerosos estudos arqueológicos, mas nunca antes se teve uma ideia exata das suas dimensões confirmadas ou de sua datação precisa.

A orientação do corredor de acesso ao dólmen, de leste a oeste, permite assistir a um fenómeno solar que para os habitantes do Neolítico, bons conhecedores de ciclos naturais, constituiu um ritual carregado de simbolismo: os primeiros raios de luz do equinócio da primavera e outono é projetado através da galeria de 21 metros e ilumina a última laje por alguns minutos.

Nas comunidades neolíticas, era comum a crença de que a luz da manhã purificava e poderia ressuscitar os mortos, muitas vezes enterrados em construções funerárias em forma de dolméns.

O dólmen de Soto foi descoberto pelo marquês Armando de Soto há 95 anos, quando um pedreiro que trabalhava para ele comentou sobre a descoberta de enormes pedras no ponto próximo do Zancarrón. Intrigado com a descoberta, o Marquês encomendou escavações e, pouco depois, relatou as investigações à Royal Academy of History.

O valor patrimonial foi reconhecido em 1931, quando foi declarado monumento nacional, mas só desde 2004 é que o governo regional da Andaluzia começou a investir recursos na documentação, investigação e valorização do monumento, cuja abertura parcial ao público é consumado em 2013

O dólmen de Soto faz parte de um grupo de mais de 200 megalíticos que foram construídos no que hoje é a província de Huelva entre o Neolítico e a Idade do Bronze.

ZAP // RT

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu à espera de ver imagens das figuras humanas com 6 mil anos e vejo um video a promover a pintarola da filmagem com drone, da produtora de video “JMPM Drone”. Até um campo de girassois… Mas figuras humanas, nem de carne e osso, quanto mais as de 6 mil anos.

    Todo o borra-botas filma com drone hoje em dia. Qual é a novidade? Esta malta do video acha-se toda especial a fazer as maiores banalidades que qualquer macaco amestrado faz.

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …