Cidades medievais subterrâneas descobertas na selva do Camboja

Hostelworld.com

Templo de Angkor Wat, Siem Reap (Camboja)

Templo de Angkor Wat, Siem Reap (Camboja)

Especialistas consideram que esta descoberta é uma das mais importantes dos últimos anos e vai proporcionar novas pistas sobre o colapso do império Angkor no século XV.

Uma equipa de arqueólogos australianos encontrou um complexo de cidades medievais sob uma floresta localizada perto do templo hinduista de Angkor Wat, Siem Reap, no Camboja.

O estudo, publicado esta segunda-feira no Journal of Archaeological Science, teve por base uma nova tecnologia laser que permitiu esta revolucionária descoberta.

A equipa estima que esse complexo tenha uma extensão de quase dois mil quilómetros e que algumas cidades, com 900 a 1.400 anos de existência, podem rivalizar em tamanho com Phnom Penh, atual capital deste país asiático.

“Existem cidades debaixo desta floresta que não fazíamos ideia de que ali estavam”, afirmou o arqueólogo Damian Evans, que lidera a investigação, em declarações ao The Guardian.

A pesquisa foi realizada através do sistema Lidar, uma tecnologia de sensores laser utilizados a partir de um helicóptero, que regista imagens topográficas de alta resolução “extremamente detalhadas e precisas”.

Além de ajudar a identificar “padrões geométricos misteriosos”, que podem corresponder a jardins antigos, as imagens permitiram também entender como funcionavam os sistemas de aproveitamento e distribuição de água.

Evans sublinha que esta enorme descoberta poderá proporcionar ainda novas pistas sobre o colapso do império de Angkor, que começou inicialmente nessa região e desapareceu misteriosamente no século XV.

“O nosso conhecimento sobre as capitais pós-Angkor fornece-nos também novas perspetivas sobre o seu colapso”, explica Evans ao jornal britânico.

“Há a ideia de que, de alguma forma, os Thais invadiram a região e toda a população fugiu em direção ao sul – mas isso não aconteceu, porque não há cidades para onde pudessem ter fugido. Isso põe em causa toda a noção que temos do declínio de Angkor”, continua.

Especialistas desta área concordam que esta é uma das maiores descobertas arqueológicas dos últimos anos.

Evans obteve financiamento por parte do Conselho Europeu de Investigação (ERC), depois do sucesso do seu primeiro Lidar, em 2012.

Na altura, o arqueólogo encontrou um complexo urbano que ligava vários templos medievais como é o caso de Beng Mealea e Koh Ker com Angkor.

ZAP / RT

PARTILHAR

RESPONDER

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …

Companhia de aviação privada oferece voo de 20 mil dólares para reunir uma família separada pela pandemia

A empresa de aviação privada Tradewind Aviation está a comemorar o seu 20.º aniversário de uma forma original: vai dar um voo no valor de 20 mil dólares (cerca de 17 mil euros) para reunir …

Mais de 60 pinguins morrem na África do Sul após ataque de abelhas

Dezenas de pinguins-africanos ameaçados de extinção foram mortos por um enxame de abelhas na África do Sul, na passada sexta-feira. Segundo a CNN, 63 pinguins-africanos, uma espécie ameaçada de extinção, foram encontrados mortos na sexta-feira numa …

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …