Descoberta a origem dos misteriosos sulcos da “Estrela da Morte” de Marte

Sulcos de Fobos, uma das luas do Planeta Vermelho

Os estranhos sulcos na superfícies de Fobos – uma das luas de Marte – foram gravados por pedras gigantes e arredondadas, lançadas da superfície marciana depois da queda de um enorme asteróide.

“Estes sulcos são uma característica distintiva de Fobos e a forma como foram formados tem sido assunto de debate para os cientistas planetários durante 40 anos”, disse o investigador Ken Ramsley da Universidade Brown, nos Estados Unidos.

Para Ramsley, que liderou o estudo publicado na passada semana na revista científica Planetary and Space Science, esta investigação é mais um passo para finalmente encontrar a justificação para estas “fissuras”.

À volta do Planeta Vermelho giram dois satélites, Fobos e Deimos, que possuem forma assimétrica e um diâmetro de 22 e 12 quilómetros, respetivamente. Muitos cientistas acreditam que estes satélites sejam asteroides atraídos pela gravidade de Marte.

Fobos está a aproximar-se do planeta e será destruído daqui a 20-40 milhões de anos, enquanto Deimos, em sentido oposto, está a afastar-se de Marte – fenómeno que não tem ainda qualquer explicação. Recentemente, uma equipa de cientistas abordou a possibilidade de Marte ter tido três luas no passado, uma das quais teria caído na superfície do planeta, cobrindo os dois outros satélites com estilhaços.

Ken Ramsley e o seu colega James Head tentam já há muitas décadas perceber como é que surgiram estes sulcos na superfície de Fobos, que são paralelos e cercam todo o satélite, de acordo com a publicação. Fobos nunca teve atmosfera ou água e, por isso, estas “fissuras” não podem ter surgido pelo movimento dos rios ou da erosão.

Há mais de 40 anos, Head supôs que os sulcos poderia ter sido gravados por um asteróide ou por fragmentos de rochas, que teriam sido catapultados da superfície de Fobos durante a formação da cratera Stickney – cratera esta que é a maior estrutura na superfície do satélite, tornando Fobos semelhante com a “Estrela da Morte” da “Guerra nas Estrelas”.

Contudo, a ideia não satisfez todos os paleontólogos, visto que as fissuras vizinhas à cratera não são díspares, mas antes paralelas – o que não é habitual nos vestígios que resultam de colisões de asteróides.

Além disso, uma parte destes sulcos está sobreposta, passando até pelo interior da cratera Stickney, enquanto outros acabam por se entrelaçar. Por tudo isto, os cientistas achavam mais plausível que os sulcos tivessem sido gravados por estilhaços.

Para responder a todas estas dúvidas, Ken Ramsley e James Head criaram um modelo numérico de Fobos que simula a colisão com um enorme asteróide. Com esta ferramenta, e mudando o tamanho, a massa, a densidade e o ângulo da queda do asteróide, os cientistas procuraram perceber se estes sulcos poderiam surgir.

Os resultados demonstraram que as fissuras de Fobos podem ter aparecido na sequência de uma colisão com um asteróide de órbita mais alta, como a órbita em que estão agora os satélites, a uma altura de 12 mil quilómetros da superfície de Marte.

Neste cenário, a interação gravitacional entre o Planeta Vermelho e a sua lua mais próxima faz com que pedras lançadas para após colisão tracem linhas paralelas e, posteriormente, partam para o Espaço depois de atingir os cumes de Fobos.

A confirmarem-se as conclusões, as misteriosas linhas de Fobos são relativamente novas, tendo cerca de 150 milhões de anos. Segundo Head, a idade exata da cratera de Stickney validaria a sua teoria.

PARTILHAR

RESPONDER

PS e BE afastados "porque dá jeito" (e os riscos de andar para trás)

O líder do PSD alertou este domingo para o distanciamento do PS em relação ao BE, porque “dá jeito para as eleições”, notando ser uma tentativa de “limpar” a proximidade dos últimos quatro anos e …

A KLM vai passar a "voar" de comboio

A KLM, que já tinha sugerido que se voasse menos e se viajasse mais de comboio, confirmou que vai retirar um dos voos Bruxelas-Amesterdão, passando os passageiros a efetuar a rota sobre carris, num comboio …

Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho. Corria o ano de 1957 quando …

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …

Bernardo Silva faz o primeiro 'hat-trick' da carreira na maior goleada de sempre do City

O avançado português Bernardo Silva fez este sábado o primeiro ‘hat-trick’ da carreira na vitória por 8-0 do Manchester City frente ao Watford, em jogo da sexta jornada da Liga inglesa de futebol. David Silva abriu …

Centenas foram à baixa de Lisboa protestar contra exploração do lítio

Cerca de quatro centenas de manifestantes de diferentes movimentos independentes de defesa do ambiente e de proteção do património rural protestaram hoje em Lisboa, contra a concessão e exploração a céu aberto do lítio em …