Recente descoberta pode abrir caminho a novos tratamentos contra o Parkinson

Uma pequena proteína, previamente associada à disfunção celular, tem, afinal, uma função crítica na reparação de ruturas no ADN.

A recente investigação levada a cabo por cientistas da Oregon Health & Science University (OHSU), nos Estados Unidos, e publicada esta segunda-feira na Scientific Reports, é a primeira demonstração de que a alfa-sinucleína desempenha um papel crucial na prevenção da morte de neurónios em doenças cerebrais como o Parkinson.

Graças a estes resultados, poderá ser possível desenvolver novas terapia para substituir a função da alfa-sinucleína ou aumentá-la em pessoas com doença de Parkinson e outros distúrbios neurodegenerativos.

Segundo o EurekAlert, agregados de alfa-sinucleína, conhecidos como corpos de Lewy, têm sido relacionados há muito tempo ao Parkinson e a outras formas de demência. No entanto, este novo estudo lança uma nova luz sobre este processo.

As descobertas sugerem que os corpos de Lewy são problemáticos, uma vez que extraem a proteína alfa-sinucleína do núcleo das células cerebrais. O estudo, que examinou as células de ratos vivos e o tecido cerebral em humanos após a morte, revela que essas proteínas desempenham uma função crucial ao reparar as quebras que ocorrem ao longo das vastas cadeias de ADN presentes no núcleo de cada célula do corpo.

O papel da alfa-sinucleína na reparação do ADN pode ser muito importante na prevenção da morte celular. Esta função pode ser perdida em doenças cerebrais, como o Parkinson, levando à morte generalizada dos neurónios. “Pode ser a perda dessa função a causa da morte da célula”, disse o autor principal Vivek Unni, professor de neurologia na OHSU.

Os cientistas descobriram que a proteína alfa-sinucleína foi rapidamente para o local do dano no ADN nos neurónios das cobaias. Além disso, a equipa descobriu ruturas de fita dupla no ADN de tecidos humanos e de ratos, nos quais a proteína foi agregada, na forma de corpos de Lewy, no citoplasma em torno do núcleo da célula.

Em conjunto, os resultados sugerem que a alfa-sinucleína desempenha um papel crucial na ligação de cadeias quebradas de ADN dentro do núcleo da célula.

“É a primeira vez que alguém descobre que uma das suas funções é a reparação do ADN. “Os cientistas esperam que estes resultados levem ao desenvolvimento de novos métodos para fornecer proteínas alfa-sinucleína no núcleo das células ou métodos para substituir a sua função.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …

Cruzeiros vazios no meio do oceano tornam-se destinos turísticos

Embarcados num pequeno ferry, turistas dirigem-se até aos locais onde grandes navios cruzeiros estão parados e desertos. Esta foi uma solução encontrada para reavivar o setor. A pandemia de covid-19 está a fazer com que, genericamente, …

Todas as pensões mais baixas vão ter aumento extra de dez euros

As pensões mais baixas, até aos 658 euros, vão ter um aumento extraordinário de dez euros no próximo ano. O Governo confirmou a informação avançada pelo PCP. A ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes …

Na fase inicial da pandemia, o setor privado "não quis e não entrou no combate à pandemia"

A antiga ministra da Saúde Ana Jorge considera que os privados podem ser envolvidos na luta contra a pandemia, recebendo doentes não covid-19, mas avisa que é preciso um “equilibro” nessa ação, depois de estes …