/

Derretimento do gelo polar está a “empenar” o planeta

4

Não são só os oceanos que saem prejudicados. O derretimento do gelo polar também está a deformar a crosta terrestre.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

À medida que as temperaturas derretem o gelo polar a um ritmo preocupante, o aumento do nível da água do mar é usado para remodelar as linhas costeiras por todo o mundo. Mas os efeitos no próprio planeta podem ser ainda mais dramáticos.

Segundo o Futurism, a camada mais externa do nosso planeta é surpreendentemente elástica, mas isso não significa que não esteja a sofrer com as consequências do derretimento. Cientistas da Universidade de Harvard descobriram que a crosta terrestre recupera depois de o gelo derreter, mas nem sempre volta a ter uma forma perfeitamente esférica.

As deformações são maiores do que o que os cientistas pensavam e podem ter influências nos ecossistemas de uma determinada área durante milhares de anos.

Prova disso são as partes da crosta à volta do Ártico, que continuam a expandir-se. Depois da Idade do Gelo, e à medida que mais gelo derrete por causa das alterações climáticas, as expansões e os efeitos de deformação são agravados.

“Os processos da Era do Gelo demoram muito, muito tempo para acontecer e, portanto, ainda podemos ver os resultados hoje”, comentou a investigadora Sophie Coulson. Por isso, é importante compreender como é que a Terra está a mudar de forma a tornar mais fácil estudar e prever movimentos tectónicos, terramotos e outros processos geológicos.

Em relação às mudanças climáticas, a equipa destaca que, enquanto o gelo da Antártida derrete, a crosta terrestre fica mais leve e empurra esse gelo ainda mais para fora, causando um derretimento ainda maior.

O artigo científico foi recentemente publicado na Geophysical Research Letters.

  Liliana Malainho, ZAP //

4 Comments

  1. 2014 o Ártico vai derreter e tal. Continuamos à espera.
    De resto no verão temos sempre estas pérolas de que houve derreter de neve

    • Joaquim, não vê as notícias, pois não? Sim, a neve derrete no verão e volta no inverno. Tal como o gelo polar vai-se no verão e volta no inverno. O problema é que não volta todo e há cada vez menos. Ou seja, cada vez mais o gelo derrete e faz aumentar o nível do mar, que não repõe na totalidade no inverno.

  2. A Terra “nem sempre volta a ter uma forma perfeitamente esférica.”
    Se bem me lembro, a Terra nunca teve uma forma perfeitamente esférica. Ainda me lembro da conversa que aprendi no liceu, que a Terra tem uma forma aproximadamente esférica, achatada nos polos. Não é assim?

    • Claro! Este mundo com a “geração mais bem preparada de sempre” e com mais informação do que nunca está cada vez mais ignorante. O que fazer?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.