De tanto acasalar, tartaruga centenária conseguiu salvar espécie da extinção

jdegenhardt / Flickr

Diego, tartaruga gigante macho de Galápagos com mais de 100 anos

Diego, tartaruga gigante macho de Galápagos com mais de 100 anos

Uma tartaruga gigante macho de Galápagos com mais de 100 anos de idade está a ser considerada a grande responsável por recuperar a população da espécie na sua ilha nativa, salvando-a da extinção.

Diego é uma tartaruga Chelonoidis hoodensis, espécie encontrada na natureza apenas em Española, ilha ao sul do arquipélago de Galápagos, no oceano Pacífico.

O arquipélago ficou famoso mundialmente por ter sido alvo de estudos do naturalista inglês Charles Darwin, autor da Teoria da Evolução, devido à sua grande biodiversidade.

Há 50 anos, havia apenas dois machos e 12 fêmeas da espécie de Diego em Española – e os animais estavam demasiado espalhados pela ilha para que fosse possível reproduzirem-se.

Contudo, o apetite sexual de Diego reverteu a situação. A viver num centro de reprodução na ilha Santa Cruz, uma das maiores de Galápagos, ele tornou-se pai de cerca de 800 filhotes.

“É um macho reprodutor muito ativo sexualmente e contribuiu enormemente para repopular a ilha”, descreve à agência AFP Washington Tapia, especialista em preservação de tartarugas do Parque Nacional de Galápagos.

De volta a Galápagos

Com 80 quilos, 90 centímetros de comprimento e 1,5 metros de altura (se esticar as pernas e o pescoço), Diego é o macho dominante entre os três selecionados para recuperarem a espécie em Española. Ele convive com seis fêmeas, suas parceiras nesta missão.

Diego foi encontrado no zoo de San Diego, nos Estados Unidos – é daí que vem o seu nome -, após a espécie ter sido identificada por cientistas e uma campanha internacional ter sido lançada para encontrar mais exemplares deste tipo raro de tartaruga.

San Diego Shooter / Flickr

Tartarugas dos Galápagos a acasalar

Tartarugas dos Galápagos a acasalar

“Não sabemos exatamente como ou quando ele chegou aos Estados Unidos. Deve ter sido retirado de Española entre 1900 e 1959 por uma expedição científica”, afirmou Tapia.

Diego foi levado de volta para Galápagos em 1976 e incluído no programa de reprodução da espécie.

Espécies ameaçadas

Os cientistas não tinham conhecimento do quanto Diego tinha contribuído para esta meta até uma análise genética mostrar, há seis anos, que era pai de 40% dos filhotes libertados na natureza pelo projeto.

Ao todo, duas mil tartarugas foram distribuídas pela ilha, e hoje a espécie não está mais ameaçada de extinção.

“Não diria que a espécie está em condições perfeitas, porque os registos históricos mostram que houve provavelmente mais de cinco mil tartarugas na ilha. Mas está a correr bem, e a população está a aumentar, o que é mais importante”, disse Tapia.

Das 15 espécies de tartarugas gigantes com origem em Galápagos, três foram extintas, vítimas dos piratas do século XVIII que pilharam o frágil ecossistema do arquipélago.

Entre as espécies ameaçadas atualmente, nem todas têm um macho como Diego para vir para salvá-las.

A esperança de recuperar a espécie Chelonoidis abingdoni, por exemplo, morreu quando, em 2012, faleceu o último sobrevivente conhecido, a tartatuga George, o Solitário, depois de se recusar por muitos anos a reproduzir em cativeiro.

ZAP / BBC

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …