4-0 aos 34 minutos. Ou Cristiano muda a sua atitude, ou United rescinde contrato

1

Peter Powell / EPA

Cristiano Ronaldo desiludido durante jogo do Manchester United

Brentford protagonizou o escândalo da segunda jornada da Premier League. Direcção de Manchester estará desagradada com Cristiano Ronaldo.

O Manchester United foi goleado no estádio do Brentford por 4-0, num dos jogos da segunda jornada da Premier League.

Diogo Dalot, Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo foram titulares e viram 25 minutos de “pesadelo” para a sua equipa, que já perdia por 4-0 ao intervalo.

Cristiano perdeu a bola e Josh Dasilva inaugurou a festa local aos nove minutos, num autêntico “frango” de David de Gea. Pouco depois o guarda-redes espanhol voltou a facilitar num passe e quase ofereceu o segundo golo, a Mathias Jensen.

Em cima da meia hora, na sequência de um canto, Ben Mee subiu para apontar o terceiro, antes de Bryan Mbeumo finalizar o resultado num contra-ataque muito rápido. 4-0 aos 34 minutos.

Cristiano Ronaldo foi titular porque “Ronaldo é Ronaldo”, disse o seu treinador Erik ten Hag, na véspera deste jogo.

Ronaldo é Ronaldo mas, se não alterar a sua atitude, a direcção do United pensará em avançar para a rescisão do contrato, informa a Sky News.

Os responsáveis ingleses não estarão satisfeitos com o que viram no avançado, quer neste jogo, quer na derrota caseira por 1-2 na primeira jornada, contra o Brighton & Hove Albion.

O capitão da selecção portuguesa saiu visivelmente desiludido deste jogo e poderá ter começado a época também desiludido – estaria perto da saída do clube, depois de a equipa inglesa não ter marcado presença na Liga dos Campeões.

Poderia pensar-se que a rescisão do contrato é o desfecho que o português quer, para sair mais facilmente de Manchester.

Mas, para muitos clubes, o seu salário é um entrave maior do que a compensação financeira que teria de pagar ao Manchester United.

E as questões do estilo de jogo e da participação na defesa continuam, mesmo se Cristiano Ronaldo se tornar num jogador livre.

Entretanto, o Manchester United está no último lugar da Premier League. Dois jogos, zero pontos e diferença negativa de cinco golos.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.